Red Bull Racing

Da Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para a navegação Ir para a pesquisa
Red Bull Racing Honda
Red Bull Racing 2021.png
Local Áustria Áustria
Reino Unido Reino Unido
Milton Keynes
Categorias
Fórmula 1
Deutsche Tourenwagen Masters
Dados gerais
Anos de atividade desde 2005
Fundador Áustria Dietrich Mateschitz
Diretor Reino Unido Christian Horner
Fórmula 1
Anos de participação Desde 2005
Melhor resultado 4 Campeonato Mundial de Fórmula 1 Construtores
(2010 ,2011 ,2012 , 2013 )
4 Fórmula 1 Drivers campeonatos mundo
(2010 ,2011 ,2012 , 2013 )
Competições jogadas 314
Vitórias 70
Atualização: Grande Prêmio da Hungria de 2021
Pilotos em 2021
33 Holanda Max Verstappen
11 México Sergio Pérez
Carro em 2021 Red Bull RB16B
Deutsche Tourenwagen Masters
Competições jogadas 6
Vitórias 1
Pilotos em 2021
Tailândia Alexander Albon
Nova Zelândia Liam Lawson
Nova Zelândia Nick Cassidy
Carro em 2021 Ferrari 488 GT3 Evo
Observação
Herdeiro de Jaguar Racing

A Red Bull Racing é um estável austríaca de Fórmula 1 baseada em Milton Keynes no Reino Unido , de propriedade da empresa Red Bull (fabricante da bebida homônima de energia e ex-patrocinadores, acima, de outras equipes de corrida), após este assumiu a equipe britânica Jaguar Racing . Desde2021 que está inscrito no campeonato mundial de Fórmula 1 sob o nome de Red Bull Racing Honda , seguindo a motorização acordo com a japonesa fabricante de automóveis começou em2019 . [1]

Ele ganhou 'Campeonato de Construtores e Pilotos Campeonato por quatro anos consecutivos (2010 ,2011 ,2012 e 2013 ), com Sebastian Vettel ao volante. Desde 2021 que também participa do alemão turismo campeonato DTM .

História

Os Primórdios (2005)

Em 1996 Jackie Stewart fundou a equipe chamado Stewart Grand Prix receber apoio oficial da Ford . Em 2000, o fabricante de automóveis americano assumiu o controle total da equipe, renomeando-o Jaguar Racing ; a equipe britânica não alcançaram resultados significativos e em 2004 , devido a problemas financeiros, a Ford vendeu toda a equipe, para a soma simbólica de um dólar, para o austríaco multinacional de bebidas Red Bull . No início de 2005 a gestão ex-Jaguar foi substituído por um novo grupo liderado por Christian Horner , com Günther Steiner como diretor técnico. A equipe continua a usar Cosworth motores, mas recebe um Ferrari de fornecimento para 2006 , quando os regulamentos técnicos mudar com a introdução das 2400cc motores V8 .

2005

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2005 .

Na primeira temporada, o veterano e especialista David Coulthard foi contratado como motorista, ladeado pelo jovem Christian Klien , Jaguar motorista em 2004 , e Vitantonio Liuzzi, ex- Fórmula 3000 campeão com a Arden International equipe chefiada por Horner . Este último deveria ter dividido as corridas da temporada, com Klien tomar parte nas primeiras corridas e Liuzzi fazendo sua estréia no Grande Prêmio de San Marino e depois voltando a roda para Klien , mas no geral Klien participa de 14 corridas (mais o abortado Grand Prix dos Estados Unidos ) contra Liuzzi é apenas 4.

Em 2005 , a Red Bull alcançou bons resultados, terminando em 7º lugar nos construtores, e marcar pontos regularmente graças, em particular, para Coulthard , que renovou seu contrato para 2006 , bem como Klien , mais uma vez preferiu Liuzzi , que é sequestrado ao Toro Rosso equipa satélite. Durante a temporada, a equipe também testa o motorista US Scott Speed como piloto de testes, que também recebe o volante da equipe primo para a temporada seguinte.

A expansão e as primeiras vitórias (2006-2009)

A fim de acomodar alguns dos jovens condutores dos Red Bull Junior Team iniciativas nas pequenas fórmulas, Red Bull comprou a histórica Minardi equipe em 10 de Setembro de 2005, que se junta Red Bull Racing como uma segunda equipe a partir da 2006 estação com o nome de Scuderia Toro Rosso (tradução literal da equipe Red bull) e Liuzzi e velocidade como motoristas.

2006

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2006 .

Em 2006, o Coulthard e Klien foram juntados por teste de motorista Robert Doornbos , e Red Bull também garantiu a contratação do designer Adrian Newey, ex-projetista de ganhar carros de Williams e McLaren , assim como o seu braço direito no setor de aerodinâmica Peter Prodromou que deixou a McLaren apenas no final de 2006. Junto com a disponibilidade de uma nova 2400cc motor V8 da Ferrari . Estas aquisições indicam uma forte propensão a investir recursos substanciais para um projeto destinado a desempenhar um papel de liderança na F1 após a temporada de aprendizado inicial. Também em 2006 veio o primeiro pódio da equipe, conquistado por Coulthard no GP de Mônaco, terminando em terceiro lugar. Nesta temporada, no entanto, a equipe recebe apenas 16 pontos, confirmando o 7º lugar do ano anterior.

2007

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2007 .

Em outubro de 2006, a equipe anunciou a substituição do motor, que trocou o Ferrari à Renault motor enquanto o piloto australiano Mark Webber foi contratado, que se juntou Coulthard . Em 2007, a equipe melhorou suas performances e muitas vezes obtido pontos acabamentos, o melhor ser resultado a de Webber , 3º no Nürburgring . No entanto, vários problemas de confiabilidade vai tirar outros pontos possíveis da equipe, depois de boa qualificação performances (especialmente por Mark Webber ). No final da temporada, a equipe vai terminar em 5º lugar com 24 pontos, atrás de Williams e à frente da Toyota .

2008

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2008 .

As coisas correram menos bem em 2008 , onde a equipe, com os mesmos drivers, obtido mais pontos do que no ano anterior (com um 3º lugar por Coulthard no Canadá ), mas sétimo acabado, mesmo superado por seu primo Toro Rosso . A partir desta equipa vem a nova contratação para 2009 , Sebastian Vettel (vencedor com a equipa satélite em Monza ), que substitui Coulthard , que se aposentou da Fórmula 1 no final da temporada.

2009

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2009 .
Mark Webber no Grande Prémio da Alemanha de 2009 , onde obteve sua primeira pole position ea primeira vitória de sua carreira.

O piloto alemão jovem, em 19 de abril, ganha o Grande Prêmio da China com seu companheiro de equipe Mark Webber atrás dele para assinar o dobro, registrando, assim, o primeiro sucesso importante para a equipe que, juntamente com a Brawn GP , torna-se o protagonista do campeonato depois a começar. duro. No dia anterior, Vettel também havia conquistado a primeira pole position para a equipe, que também foi obtida no Grande Prêmio da Turquia no dia 6 de junho e no Grande Prêmio da Inglaterra , em Silverstone , em 21 de junho. Em seguida, vem a segunda dupla para a equipe, em Silverstone , desta vez em uma corrida completamente seco, ao contrário dos outros vitória, obtida em condições de chuva. Duas semanas mais tarde, no Nürburgring , a equipe marcou duas vezes, mas desta vez o vencedor foi Webber , que largou da pole e marcou uma corrida impecável, apesar da sofreram para tocar drive-through de Rubens Barrichello Brawn GP no início. Posteriormente, a equipe consolidou o segundo lugar entre os construtores, e em outubro-lo centrado mais 2 vitórias, com Vettel no Japão e com Webber no Brasil . Os 2009 termina a temporada da melhor forma possível, com a quarta dupla vitória da temporada obtido em Abu Dhabi , onde Vettel cruza a linha de chegada na frente de seu companheiro de equipe Webber e toma o segundo lugar no campeonato de pilotos.

Os anos de dominação (2010-2013)

2010

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 2010 .
Sebastian Vettel vence o 2010 Abu Dhabi Grand Prix , a partir de pólo, e leva o primeiro de quatro títulos mundiais consecutivos.

Ambos os pilotos estão confirmados para o 2010 campeonato. A temporada começa muito bem com 7 pólos nos primeiros 7 corridas, 3 para Vettel e 4 para Webber . No entanto, grandes performances na qualificação (para lembrar também 4 completos primeiras linhas) alternados corridas medíocres, com apenas 3 vitórias. No entanto, a Red Bull em Mônaco , depois de Webber vitória, vê seus pilotos na liderança. Duas semanas mais tarde, os dois motoristas colidem enquanto eles estão primeiro e segundo, efetivamente marcando o início de uma guerra que irá durar todo o mundo. No verão e início do outono, Webber provou mais consistente, vencendo dois Grand Prix e liderando o campeonato mundial na Hungria até Suzuka . Vettel, por outro lado, com bons testes, como a vitória na suplentes Japão erros grosseiros como o de Spa-Francorchamps , quando ele colide com Jenson Button durante uma manobra de ultrapassagem. Nós, portanto, chegar em Coreia . Webber quebras para cima enquanto ele é o segundo, bate em uma parede e depois é atropelado por Nico Rosberg , sendo assim forçado a se aposentar. Vettel, por outro lado, funciona como um grande campeão, mas com 10 voltas do final, ele quebra o motor. A situação com duas corridas para ir parece desesperada, com Webber em -11 e Vettel a -25 do líder Alonso . No Brasil , a Red Bull ganhou o campeonato seus primeiros construtores com uma cinta, mas primeiro vem Vettel . Nos dias que antecederam o Grande Prêmio de Abu Dhabi, todo mundo está falando sobre os jogos da equipe. Alonso leva com +8 em Webber e 15 sobre Vettel. Na última corrida Vettel começa a partir de pólo, Webber é 5, Alonso 3º. Na corrida, Ferrari se concentra na marcação Webber, esquecendo Vettel . Assim, as últimas vitórias a corrida eo campeonato mundial como Alonso é de apenas 7 e Webber 8ª. O australiano chega 3º na classificação geral e Alonso perde o campeonato do mundo com apenas 4 pontos atrás do Vettel .

2011

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2011 .

Para o 2011 campeonato, Red Bull usa um carro novo, chamado RB7 , impulsionado pela terceira temporada consecutiva por Vettel e Webber . O papel de piloto de testes e terceiro piloto é atribuído a Daniel Ricciardo . Depois de uma incrível início de temporada com 9 pólos fora de 9 corridas (7 Vettel , 2 Webber ) e 6 vitórias em 8 corridas, a supremacia da Red Bull parece estar em crise também e acima de tudo devido à súbita mudança na regulamentação, imposta pela a federação para o Grande Prêmio da Inglaterra . Ele inclui um padrão que reduz o efeito de sopro do escape. O Grand Prix foi sensacionalmente ganhou por Fernando Alonso e pela Ferrari , que assumiu o máximo partido desta mudança na regulamentação. Na verdade Alonso nas últimas 15 voltas, depois de ter feito o pit stop quase emparelhado com Vettel , atinge a linha de chegada com 16.551 segundos no piloto da Red Bull. O retorno à regulação no início da temporada coincide com o retorno para a vitória do Red Bull. No final do Grande Prêmio do Japão , ganhou por Jenson Button , Sebastian Vettel confirma-se como campeão do mundo, com 4 corridas ainda a ser jogado. Na corrida seguinte, no Grand Prix-coreano , a equipe austríaca confirma-se como campeão mundial de construtores. Ele termina a temporada com uma cinta no Brasil .

2012

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2012 .

Para o 2012 campeonato Red Bull Racing usa o novo RB8 carro, novamente dirigido por Sebastian Vettel e Mark Webber . O papel de piloto de testes e terceiro piloto é atribuído a Sébastien Buemi , ex-piloto da Toro Rosso equipa satélite. Apesar do domínio de2011 , a vantagem de Red Bull foi significativamente reduzida, e os testes de pré-temporada sugerem isso. A confirmação vem depois que o australiano e Malaysian Grand Prix, no qual McLaren com Jenson Button e Ferrari com Fernando Alonso , respectivamente ganhar. Naqueles raças Red Bull desmantelada 42 pontos, 24 com Webber e 18 com Vettel . O 2012 olhares campeonato muito equilibrado eo time favorito, o que todo mundo está apostando em, é McLaren . Depois de mais um fim de semana magra, gasto na China e terminou com mais 22 pontos, da Red Bull volta para o topo dos motoristas e fabricantes classificação ao vencer no Bahrein com Vettel. Em Monaco foi Webber que marcou a vitória. Neste caso, ele é Michael Schumacher que marca a pole position, mas é relegado por 5 posições devido a uma penalização do Grand Prix anterior, tornando Webber encaixar na frente de todos; Vettel vem em quarto lugar.

No Canadá Vettel 4ª acabado, graças sobretudo à deterioração dos pneus de Alonso nos últimos 2 voltas; Webber, em vez chega 7ª. No European Grand Prix Vettel começa na frente de todos; a meio da corrida, ele tem mais de 20 segundos vantagem sobre o segundo, Fernando Alonso, mas a falha do alternador da Renault motor faz com que ele se aposentar (mesma coisa aconteceu com Romain Grosjean com a Lotus , também alimentado por Renault ), enquanto Webber ainda vem 4º. No Silverstone Webber recebe sua 2ª vitória da temporada, à frente de Alonso e seu companheiro Vettel. No Grande Prêmio da Alemanha, Vettel é apoiado por inúmeros fãs, e quer quebrar a tradição negativa que nunca o vi vencer na Alemanha , em julho. Ele começa a partir de segundo lugar e atinge a linha de chegada na segunda posição, mas uma manobra incorrecta contra Jenson Button penaliza-lo por 20 segundos no momento de chegada. Ele está em quinto lugar, com Webber em oitavo. O final da temporada é tudo ladeira abaixo para a equipe de Milton Keynes que, com Vettel consegue vencer quatro Grand Prix em uma fileira, respectivamente, em Cingapura, Japão, Coréia e Índia. Estes resultados, combinados com outros quatro pódios, dois segundo e dois terceiros lugares, permitir que a Red Bull Racing para ganhar os construtores e pilotos título pelo terceiro ano consecutivo, o último merecidamente, apesar de alguns acidentes e inconvenientes no último Grand Prix de o Brasil , com Sebastian Vettel que, depois de uma cabeça e cauda nos estágios iniciais, recuperado do último para o 6º lugar, vendo a sua vantagem inicial reduzida em 13 pontos para apenas 3 pontos sobre Ferrari motorista Fernando Alonso , que chegou segunda na linha de chegada , zombou novamente como no de 2010, para um punhado de pontos.

2013

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 2013 .
Vettel vence o 2013 Belgian Grand Prix , o primeiro de 9 vitórias consecutivas para o alemão.

Da Red Bull 2013 temporada começa com a apresentação do novo carro, o Red Bull RB9 , apresentado em Milton Keynes , sede da equipe, em 3 de fevereiro; os drivers são os mesmos que nos últimos 4 estações, Sebastian Vettel e Mark Webber . Entre as inovações sazonais, o novo patrocinador principal Infiniti destaca-se, em primeiro lugar um patrocinador simples e agora o principal patrocinador da equipe, rebatizado oficialmente Infiniti Red Bull Racing. O novo RB9 também possui uma farda azul-violeta refrescado em virtude de acordos de publicidade. No Grande Prêmio inaugural na Austrália, Red Bull fechado com Vettel em terceiro lugar e Webber em sexto lugar. Na segunda ronda do Campeonato do Mundo no Grande Prêmio da Malásia, o campeão mundial começa na pole e após um longo duelo com seu companheiro de equipe, ele consegue vencer, no entanto desobedecendo as ordens de equipe que tinha impostas aos dois para preservar o carro e levá -lo para a linha de chegada.. Na China, o Red Bull RB9 parece não se adaptar bem às características da pista e assim na fase de qualificação Vettel decide salvar um conjunto de pneus macios para ser usado na corrida, dando-se no objectivo de pólo ea partir nona posição . Webber, por outro lado, é retardado por um problema de gasolina e é forçado a prática acabamento mesmo em Q2. No domingo, o alemão recuperou aproveitando ao máximo os pneus médios, mas quando ele montado os pneus macios já era tarde demais e ele terminou em quarto lugar muito próximo de Lewis Hamilton . A Webber infeliz até perdeu um pneu que tinha sido mal fixado anteriormente. Este evento também irá custar a equipe de uma multa. Uma semana depois, o Grand Prix do Bahrein é executado e Sebastian Vettel começa na primeira fila atrás de Nico Rosberg Mercedes F1 W04 , Webber vez começa a partir oitava posição após um rebaixamento. Na terceira volta Vettel passa facilmente o seu compatriota já lutando com o desgaste dos pneus e voa para a vitória e campeonato de liderança. Webber, por outro lado, irá fechar apenas na sétima posição. Mais tarde na temporada, Red Bull começará seu monólogo até o final da temporada, chegando a 9 vitórias consecutivas novamente com Sebastian Vettel. Apenas Alonso vai tentar em vão para conter o com uma F138 não tão rápido como no início do ano. A competição continuará a ser migalhas e quando você chega em Brasil Copa do Mundo termina com a vitória oficial na classificação de construtores da Red Bull, que termina a temporada com Vettel, já campeão mundial pela quarta vez em o GP da Índia , seguido por Mark Webber.

A era do motor turbo (2014-presente)

2014

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2014 .

Infiniti Red Bull anunciou Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo , vindo da Toro Rosso, como os motoristas de partida para o 2014 temporada; este último substitui Mark Webber , que anunciou sua aposentadoria da Fórmula 1 [2] . A temporada não começou na direção certa, no Australian Grand Prix Vettel foi forçado a se aposentar, enquanto Daniel Ricciardo, que terminou em segundo na linha de chegada, foi desclassificado devido a uma irregularidade em seu carro. Em Malásia Vettel terminado terceiro enquanto Ricciardo retirado. Em Espanha e Mónaco o australiano Daniel Ricciardo vem em terceiro lugar, conquistando assim os seus primeiros pódios na carreira. No Grande Prêmio do Canadá Ricciardo cruzou a linha em primeiro lugar (também obter sua primeira vitória na Fórmula 1 ) e Vettel terminou em terceiro. Na Grã-Bretanha Ricciardo vem em terceiro lugar.

Em húngaro Grand Prix e o Grande Prêmio da Bélgica, Daniel Ricciardo cruzou a linha na primeira posição, conquistando assim a segunda e a terceira vitória da temporada. No Grande Prêmio de Cingapura vem a segunda dupla no pódio da temporada, com Vettel em segundo e terceiro Ricciardo. Na véspera do Grande Prêmio do Japão, a despedida oficial ao Infiniti Red Bull de Sebastian Vettel no final do campeonato e sua chegada a Ferrari chegou, com a consequente anúncio de Daniil Kvjat da Toro Rosso como companheiro de Ricciardo para atemporada 2015 [3] . Também no Japão vem em terceiro lugar de Vettel e em Austin oitavo pódio do Ricciardo na temporada e da carreira chega, terceiro na linha de chegada. Vettel, que tinha dominado os últimos 4 temporadas, incrivelmente fecha o campeonato com 0 vitórias e apenas 4 pódios, claramente batido em confronto direto com seu companheiro de equipe estreante na equipe austríaca, que ainda recebe o segundo lugar nos construtores.

2015

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 2015 .

Nos primeiros meses, o Red Bull RB11 é apresentado. Ele fez sua estréia nos testes de Jerez (Kvjat também fez sua primeira aparição) com uma libré disfarçada em preto e branco para esconder as formas do novo carro. Ele será apresentado oficialmente em sua farda original no final dos testes no início de março. Nas primeiras corridas do 2015 campeonato, Red Bull, sempre alcançando pontos, não tem a competitividade necessária para lutar nas primeiras posições, exceto no Mónaco , onde Kvjat termina quarta e Ricciardo quinto. Após decepcionante raças, Daniil Kvjat é o segundo na Hungria com Ricciardo terceiro na melhor corrida da temporada. Retornos Ricciardo ao pódio em Cingapura após o início da primeira fila ao lado de Vettel . No Japão, os dois pilotos terminar fora dos pontos, que não era o caso desde 2014 Australian Grand Prix. Na qualificação Kvjat é o autor de um acidente assustador onde ele destrói completamente sua Red Bull. Enquanto isso, as quebras da equipe (momentaneamente) com a Renault para o fornecimento de motores a partir de 2016, sob pena de lidar com outros engenheiros e construtores assustada com um possível retorno arrogante da equipe austríaca e permanecer por vários meses sem unidade de poder para 2016. , comprometendo seriamente a participação natemporada seguinte. Em Estados Unidos Grand Prix , Ricciardo e Kvjat, que começou a terceira e quarta, encontram-se lutando com os dois Mercedes na primeira parte da corrida, mas no final o australiano vai terminar décimo, enquanto o russo vai se aposentar. A época, o pior dos últimos sete anos, vai terminar em Abu Dhabi com o sexto lugar da Ricciardo e do Kvjat décimo lugar, e vai ver o slide equipe para o quarto lugar nos construtores.

Em dezembro, após a ruptura da Renault - Nissan acordo (liderado por Carlos Ghosn ), a equipe anunciou o fim da parceria entre a Infiniti e Red Bull. Então, em 2016, ele não vai mais estar presente como patrocinador do título. Renault , por outro lado, seguindo a diatribe pública com os líderes da Red Bull em que foi criticado várias vezes por Christian Horner e Dietrich Mateschitz durante o período de dois anos 2014-15, retornará como um engenheiro, mas não de forma oficial e apenas estritamente técnico para 2016 somente. o parceiro patrocinador famosa historicamente pertencentes a McLaren , TAG Heuer , chega na equipe austríaca marcando os motores franceses [4] .

2016

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: 2016 Formula 1 World Championship .
Max Verstappen comemora após vencer a 2016 espanhola Grand Prix , seu primeiro sucesso na Fórmula 1 em sua estréia com a equipe austríaca.

Em 4 de janeiro, o novo logotipo da equipe foi apresentado, agora despojado do antigo patrocinador Infiniti (os estados texto e retorna Red Bull Racing - Formula One Team, como tinha sido até2012 ). O novo patrocinador Exness permanece para a 2016 estação. O novo carro é apresentado nos testes coletivos em Barcelona , onde Ricciardo diz que ele está em melhor forma do que 12 meses antes. No Grande Prêmio da Austrália , Ricciardo termina em quarto lugar, enquanto Kvjat se aposenta. Em Bahrain Ricciardo repete o resultado da Austrália, com Kvjat sétimo. No Grande Prêmio da China , Kvjat traz o primeiro pódio da temporada para a equipe austríaca, terminando em terceiro lugar. Ricciardo, que largou da primeira fila, fecha imediatamente atrás do russo. Na Rússia Ricciardo fecha XI e Kvyat, em sua corrida em casa, mesmo XV. Em 5 de maio, uma troca sensacional de motoristas entre Red Bull e Toro Rosso é anunciado, começando com o Grande Prêmio da Espanha , com Max Verstappen promovido para a equipe austríaca e Daniil Kvjat relegado para o italiano, onde, entre outras coisas, ele tinha já correu em 2014. [5] . Precisamente na corrida em 15 de maio, o holandês obteve uma surpreendente vitória (graças ao acidente envolvendo os dois Mercedes), tornando-se o mais jovem vencedor de um GP na F1 história, aos 18 anos e 7 meses [6] . Duas semanas mais tarde, no entanto, no Grande Prêmio de Mônaco , Max Verstappen foi forçado a se aposentar devido a um acidente. A corrida será vencida por Lewis Hamilton na frente de Daniel Ricciardo , este último que largou na pole, e Sergio Pérez autor de um grande retorno. No Canadá Verstappen chega quarta, protagonista de uma grande defesa em Nico Rosberg nas últimas voltas, enquanto Ricciardo é o sétimo. No Azerbaijão no novo circuito do European Grand Prix outra sétimo lugar para Ricciardo, enquanto Verstappen conclui oitavo. Nos quatro corridas seguintes, cinco pódios chegar, dois para Ricciardo (terceiro na Hungria e em segundo lugar na Alemanha), e três para Verstappen, com segundos lugares na Áustria e na Grã-Bretanha (este último aproveitando da pena infligida a Rosberg, que alcançou a segunda e deslizou terceiro) e terceiro lugar na Alemanha. No Grande Prêmio da Bélgica mais um pódio para Ricciardo, segundo atrás de Rosberg, enquanto Verstappen, que começou segunda não excede o décimo primeiro lugar, também graças a um contato no início com os dois Ferraris. Nel Gran Premio d'Italia i due alfieri Red Bull disputano una prova non brillantissima, con Ricciardo quinto e Verstappen settimo, che permette un riavvicinamento della Ferrari nei costruttori. Ma il pronto riscatto si ha nel Gran Premio di Singapore , con un altro podio per Ricciardo, giunto secondo insidiando Rosberg nel finale per la vittoria, e Verstappen sesto. Nulla in confronto alla clamorosa doppietta ottenuta nel Gran Premio della Malesia , approfittando del ritiro di Hamilton, con Ricciardo che precede Verstappen. Il pilota australiano torna così alla vittoria dopo due anni. Piccolo passo indietro invece nel Gran Premio del Giappone di una settimana dopo, con Verstappen che si conferma secondo, ma con Ricciardo che giunge solo sesto. Nel Gran Premio degli Stati Uniti Ricciardo torna sul podio, giungendo terzo, mentre Verstappen è costretto al ritiro per un problema alla power unit . Nel seguente Gran Premio del Messico , l'ordine d'arrivo vedrebbe Verstappen terzo e Ricciardo quinto, con Sebastian Vettel quarto, ma un concitato dopo gara riscrive tutto, con Verstappen penalizzato di cinque secondi, chiudendo così quarto e Vettel di dieci, retrocedendo in quinta posizione: ne approfitta Ricciardo, che sale al terzo posto [7] . Nel Gran Premio del Brasile è pazzesca la gara di Verstappen, che sotto una pioggia intensa riesce a chiudere terzo dopo essersi ritrovato sedicesimo a 16 giri dal termine, con una serie di sorpassi da applausi [8] . Non altrettanto brillante Ricciardo, che non va oltre l'ottavo posto. La stagione si chiude col quarto posto di Verstappen (con un'altra serie di sorpassi dal fondo dovuta ad un contatto nelle fasi iniziali, e che gli ha permesso per un certo periodo della corsa di essere secondo davanti a Rosberg), e il quinto posto di Ricciardo nel Gran Premio di Abu Dhabi , con la scuderia che ottiene così il secondo posto finale nei costruttori con 468 punti, portando a casa 2 vittorie, 1 doppietta e 1 pole position.

Proprio prima del GP di Abu Dhabi vengono annunciate le partnership rinnovate con Exness e TAG Heuer. Anche la line-up 2017 rimane invariata con Daniel Ricciardo e Max Verstappen.

2017

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Campionato mondiale di Formula 1 2017 .

Il 2017 vede il team austriaco meno competitivo rispetto al 2016, soprattutto nella prima parte della stagione, dove in particolare il giovane olandese Max Verstappen viene afflitto da svariati ritiri. La prima guida Daniel Ricciardo sembra invece più costante, con diversi podi ottenuti che culminano nella vittoria del Gran Premio d'Azerbaigian .

Il 25 settembre la scuderia annuncia la collaborazione, a partire dal 2018, con Aston Martin , che avrà il ruolo di title sponsor [9] .

La seconda parte della stagione, approfittando anche del contemporaneo calo della Ferrari , si rivela invece più positiva, tant'è che Verstappen riesce a cogliere due vittorie nel giro di quattro gare, nel Gran Premio della Malesia e nel Gran Premio del Messico . Tuttavia al contrario è proprio Ricciardo ad accusare un calo, tanto da perdere il quarto posto finale nella classifica piloti proprio all'ultima gara, a discapito del ferrarista Kimi Räikkönen . Il bilancio conclusivo, nonostante una vittoria in più rispetto al 2016, vede la Red Bull scivolare al terzo posto nei costruttori, con un bottino di 368 punti.

2018

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Campionato mondiale di Formula 1 2018 .
Daniel Ricciardo , qui impegnato nelle prove libere, si aggiudica il Gran Premio di Cina 2018 .

Nel 2018 il team si iscrive dunque come Aston Martin Red Bull Racing , e la stagione si apre con un quarto posto di Daniel Ricciardo in Australia , mentre Verstappen termina solo sesto. Due settimane dopo, in Bahrein , entrambi i piloti son costretti al ritiro, Ricciardo per problemi tecnici, Max per una foratura. La Cina sorride alla scuderia anglo-austriaca, con Ricciardo che riporta la Red Bull a vincere dopo il Gran Premio del Messico 2017 . Ma al Gran Premio d'Azerbaigian entrambi son costretti al ritiro per un incidente dopo un acceso duello per il quarto posto. Dopo un podio di Verstappen al Gran Premio di Spagna (3º), la Red Bull conquista la prima pole position dopo 2 anni al successivo Gran Premio di Monaco , dopo quella conquistata nell'edizione 2016 dello stesso GP. In gara nonostante alcuni problemi tecnici sulla vettura di Ricciardo , l'australiano ottiene la sua settima vittoria in Formula 1 . Dopo altre due gare a podio, tutte con Verstappen, l'olandese conquista la sua quarta vittoria nel mondiale di Formula 1 al Gran Premio d'Austria , complice anche il ritiro delle due Mercedes . Le gare successive vedono i due piloti costretti al ritiro, a turno, per problemi tecnici; l'unico piazzamento di rilievo è il terzo posto di Max Verstappen al Gran Premio del Belgio . Dal Gran Premio di Singapore il team torna regolarmente a punti con entrambi i piloti, riuscendo anche ad ottenere due podi: il secondo posto di Verstappen proprio a Singapore e il terzo posto dello stesso olandese al Gran Premio del Giappone . Nel Gran Premio degli Stati Uniti Ricciardo si ritira, mentre Verstappen giunge ancora a podio chiudendo al secondo posto. Una settimana dopo, in Messico , il team austriaco è protagonista di un ottimo week-end : dopo la prima fila tutta Red Bull conquistata al sabato, con Ricciardo in pole e Verstappen secondo, in gara una possibile doppietta sfuma a 10 giri dal termine; l'australiano infatti, mentre era in seconda posizione, è costretto al ritiro per un problema al motore. L'olandese invece prosegue senza intoppi e conquista la sua quinta vittoria in Formula 1, la quarta stagionale per la scuderia. Buona prestazione anche nel successivo Gran Premio del Brasile , con il decimo podio stagionale di Verstappen che giunge secondo e il quarto posto di Ricciardo. Nell'ultima gara stagionale ad Abu Dhabi Verstappen si conferma sul podio, giungendo terzo, mentre Ricciardo si congeda dal team austriaco chiudendo al quarto posto. Il bilancio finale vede un miglioramento in termini di punti rispetto alla stagione precedente (419), con 4 vittorie e 2 pole position, che valgono la conferma del terzo posto nei costruttori.

2019

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Campionato mondiale di Formula 1 2019 .

Il 19 giugno 2018 viene annunciato che la scuderia dal 2019 non utilizzerà più il motore Renault marchiato TAG Heuer ma il motore Honda [1] . Il 20 agosto 2018 viene annunciato che Pierre Gasly della Toro Rosso diventerà un pilota Red Bull a partire dal 2019, in sostituzione di Daniel Ricciardo che passerà alla Renault [10] . La stagione vede la Red Bull confermarsi come terza forza del mondiale dietro Mercedes e Ferrari, ma nel corso delle gare la differenza con il Cavallino Rampante si assottiglia, e nella prima parte del campionato arrivano anche 2 vittorie (nel Gran Premio di casa in Austria e in Germania ) e 1 pole position in Ungheria , sempre con Verstappen.

Il 12 agosto viene annunciato uno scambio di piloti tra Red Bull e Toro Rosso, con Alexander Albon che prende il posto di Gasly a partire dal Gran Premio del Belgio fino alla fine del campionato. [11]

Dopo la pausa estiva Albon si rivela un ottimo innesto in grado di andare costantemente a punti, mentre Verstappen riesce ad ottenere un'ulteriore pole position e un'ulteriore vittoria, entrambe nel rocambolesco Gran Premio del Brasile . Il bilancio finale è di 417 punti, con 3 vittorie e 2 pole position, e vale per il terzo anno consecutivo la terza posizione nel mondiale costruttori.

2020

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Campionato mondiale di Formula 1 2020 .
Alexander Albon impegnato nei test di Barcellona nel 2020.

Confermata la coppia di piloti della seconda parte della stagione precedente, il 2020 vede la scuderia austriaca issarsi a seconda forza del campionato, visto il contemporaneo crollo di competitività da parte della Ferrari. Nelle prime nove gare stagionali Verstappen giunge sei volte sul podio, vincendo anche il Gran Premio del 70º Anniversario . L'altro pilota Albon conferma una buona regolarità nel giungere a punti, e nel Gran Premio della Toscana coglie il suo primo podio in Formula 1, tagliando il traguardo in terza posizione. Si tratta anche del primo podio di un pilota thailandese nella categoria. Nella seconda parte della stagione Verstappen conquista altri cinque podi, tra cui una vittoria nel conclusivo Gran Premio di Abu Dhabi , partendo dalla pole , mentre Albon ottiene il suo secondo podio nel Gran Premio del Bahrein . Il bilancio finale è di 319 punti, con 2 vittorie e 1 pole position, e vale alla Red Bull il secondo posto nel mondiale costruttori.

2021

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Campionato mondiale di Formula 1 2021 .

Il 18 dicembre 2020 viene annunciato che per la stagione 2021 il messicano Sergio Pérez della Racing Point prenderà il posto di Alexander Albon come compagno di squadra di Verstappen; il pilota thailandese resta nel ruolo di terzo pilota. [12] Inoltre dopo tre stagioni Aston Martin , in procinto di diventare costruttore rinominando la Racing Point, non sarà più il title sponsor della scuderia, che torna ad iscriversi semplicemente come Red Bull Racing . [13] Col ritiro di Honda dalla fornitura dei suoi motori V6 in Formula 1 , il 14 febbraio è stato votato dalla FIA e da tutta la dirigenza della Formula 1 il congelamento dei motori a partire dal 2022 fino al 2025 [14] , portando a compimento l'accordo tra la Red Bull e il suo motorista di utilizzare i motori Honda anche dopo il ritiro, assorbendone la proprietà intellettuale che darà entro il 2025 la possibilità alla Red Bull di essere autosufficiente. [15]

Curiosità

Il team di F1 (in crisi e indebitato, ancora chiamato Jaguar dal 2000 al 2004) venne venduto dalla Ford (ne deteneva parte del pacchetto in seguito alla motorizzazione della ex Stewart fino al 1999) all'industria di bevande energetiche Red Bull per la simbolica cifra di 1 dollaro nel 2004.

Il più giovane pilota a guidare una Red Bull è stato Kevin Ceccon ad Abu Dhabi nel 2010 , superando il record di Sebastian Vettel di qualche mese.

Il pilota più giovane ad aver vinto un Gran Premio di Formula 1 con una Red Bull è stato Max Verstappen nel Gran Premio di Spagna 2016 (18 anni, 7 mesi e 15 giorni), facendo registrare anche il primato mondiale di pilota più giovane di sempre a trionfare nel campionato.

Gestione Sportiva

  • Piloti: Max Verstappen , Sergio Pérez
  • Team Principal: Christian Horner
  • Responsabile dello sviluppo dei piloti: Helmut Marko
  • Direttore sportivo: Jonathan Wheatley
  • Direttore tecnico: Pierre Waché
  • Direttore della tecnologia: Adrian Newey
  • Consulente: Helmut Marko
  • Capo progettista: Rob Marshall
  • Capo aerodinamico: Dan Fallows
  • Capo ingegneri: Paul Monaghan
  • Responsabile delle prestazioni: Ben Waterhouse
  • Responsabile delle progettazioni tecnologiche avanzate: Ben Butler
  • Responsabile della produzione e della logistica: Paul Field
  • Responsabile ingegneri di gara: Guillaume Rocquelin
  • Ingegneri di pista: Gianpiero Lambiase, Simon Rennie
  • Collaudatori: Alexander Albon , Sébastien Buemi

Monoposto

Monoposto Red Bull Racing
Nome Anno
Red Bull RB1 2005
Red Bull RB2 2006
Red Bull RB3 2007
Red Bull RB4 2008
Red Bull RB5 2009
Red Bull RB6 2010
Red Bull RB7 2011
Red Bull RB8 2012
Red Bull RB9 2013
Red Bull RB10 2014
Red Bull RB11 2015
Red Bull RB12 2016
Red Bull RB13 2017
Red Bull RB14 2018
Red Bull RB15 2019
Red Bull RB16 2020
Red Bull RB16B 2021

Statistiche

Vittorie

Anno Vittorie
2009 6 Cina Cina , Regno Unito Gran Bretagna , Germania Germania , Giappone Giappone , Brasile Brasile , Emirati Arabi Uniti Abu Dhabi
2010 9 Malaysia Malesia , Spagna Spagna , Monaco Monaco , Europa Europa , Regno Unito Gran Bretagna , Ungheria Ungheria , Giappone Giappone , Brasile Brasile , Emirati Arabi Uniti Abu Dhabi
2011 12 Australia Australia , Malaysia Malesia , Turchia Turchia , Spagna Spagna , Monaco Monaco , Europa Europa , Belgio Belgio , Italia Italia , Singapore Singapore , Corea del Sud Corea , India India , Brasile Brasile
2012 7 Bahrein Bahrein , Monaco Monaco , Regno Unito Gran Bretagna , Singapore Singapore , Giappone Giappone , Corea del Sud Corea , India India
2013 13 Malaysia Malesia , Bahrein Bahrein , Canada Canada , Germania Germania , Belgio Belgio , Italia Italia , Singapore Singapore , Corea del Sud Corea , Giappone Giappone , India India , Emirati Arabi Uniti Abu Dhabi , Stati Uniti Stati Uniti , Brasile Brasile
2014 3 Canada Canada , Ungheria Ungheria , Belgio Belgio
2016 2 Spagna Spagna , Malaysia Malesia
2017 3 Azerbaigian Azerbaigian , Malaysia Malesia , Messico Messico
2018 4 Cina Cina , Monaco Monaco , Austria Austria , Messico Messico
2019 3 Austria Austria , Germania Germania , Brasile Brasile
2020 2 F1 - GP del 70º anniversario 2020.png 70º Anniversario , Emirati Arabi Uniti Abu Dhabi
2021 6 Emilia-RomagnaEmilia-Romagna , Monaco Monaco , Azerbaigian Azerbaigian , Francia Francia , Stiria Stiria , Austria Austria

Pole position

Anno Pole position
2009 5 Cina Cina , Turchia Turchia , Regno Unito Gran Bretagna , Germania Germania , Giappone Giappone
2010 15 Bahrein Bahrein , Australia Australia , Malaysia Malesia , Cina Cina , Spagna Spagna , Monaco Monaco , Turchia Turchia , Europa Europa , Regno Unito Gran Bretagna , Germania Germania , Ungheria Ungheria , Belgio Belgio , Giappone Giappone , Corea del Sud Corea , Emirati Arabi Uniti Abu Dhabi
2011 18 Australia Australia , Malaysia Malesia , Cina Cina , Turchia Turchia , Spagna Spagna , Monaco Monaco , Canada Canada , Europa Europa , Regno Unito Gran Bretagna , Germania Germania , Ungheria Ungheria , Belgio Belgio , Italia Italia , Singapore Singapore , Giappone Giappone , India India , Emirati Arabi Uniti Abu Dhabi , Brasile Brasile
2012 8 Bahrein Bahrein , Monaco Monaco , Canada Canada , Europa Europa , Giappone Giappone , Corea del Sud Corea , India India , Stati Uniti Stati Uniti
2013 10 Australia Australia , Malaysia Malesia , Canada Canada , Italia Italia , Singapore Singapore , Corea del Sud Corea , Giappone Giappone , India India , Emirati Arabi Uniti Abu Dhabi , Stati Uniti Stati Uniti
2016 1 Monaco Monaco
2018 2 Monaco Monaco , Messico Messico
2019 2 Ungheria Ungheria , Brasile Brasile
2020 1 Emirati Arabi Uniti Abu Dhabi
2021 5 Bahrein Bahrein , Francia Francia , Stiria Stiria , Austria Austria , Regno Unito Gran Bretagna

Piloti migliori

Pilota Anni Titoli mondiali Gran Premi Vittorie Podi
Germania Sebastian Vettel2009 -2014 4 113 38 65
Paesi Bassi Max Verstappen2016 - - 107 15 50
Australia Mark Webber2007 -2013 - 129 9 41
Australia Daniel Ricciardo2014 -2018 - 100 7 29
Messico Sergio Pérez2021 - - 11 1 2
Regno Unito David Coulthard2005 -2008 - 71 - 2
Thailandia Alexander Albon2019 -2020 - 26 - 2
Russia Daniil Kvjat2015 -2016 - 21 - 2

Risultati in Formula 1

Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of San Marino.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Europe.svg Flag of Canada.svg Flag of the United States.svg Flag of France.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Turkey.svg Flag of Italy.svg Flag of Belgium.svg Flag of Brazil.svg Flag of Japan.svg Flag of the People's Republic of China.svg Punti Pos.
2005 RB1 Cosworth TJ2005 3.0 V10 M Regno Unito Coulthard 4 6 8 11 8 Rit 4 7 NP 10 13 7 Rit 7 15 Rit Rit 6 9 34
Austria Klien 7 8 NP 8 NP Rit 15 9 Rit 8 13 9 9 9 5
Italia Liuzzi 8 Rit Rit 9
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Bahrain.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Australia.svg Flag of San Marino.svg Flag of Europe.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Canada.svg Flag of the United States.svg Flag of France.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Turkey.svg Flag of Italy.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Japan.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
2006 RB2 Ferrari 056 2.4 V8 M Regno Unito Coulthard 10 Rit 8 Rit Rit 14 3 12 8 7 9 11 5 15 12 9 Rit Rit 16
Austria Klien 8 Rit Rit Rit Rit 13 Rit 14 11 Rit 12 8 Rit 11 11
Paesi Bassi Doornbos 12 13 12
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of the United States.svg Flag of France.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Europe.svg Flag of Hungary.svg Flag of Turkey.svg Flag of Italy.svg Flag of Belgium.svg Flag of Japan.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
2007 RB3 Renault RS27 2.4 V8 B Regno Unito Coulthard Rit Rit Rit 5 14 Rit Rit 13 11 5 11 10 Rit Rit 4 8 9 24
Australia Webber 13 10 Rit Rit Rit 9 7 12 Rit 3 9 Rit 9 7 Rit 10 Rit
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Turkey.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of France.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Europe.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
2008 RB4 Renault RS27 2.4 V8 B Regno Unito Coulthard Rit 9 18 12 9 Rit 3 9 Rit 13 14 17 11 16 7 Rit 10 Rit 29
Australia Webber Rit 7 7 5 7 4 12 6 10 Rit 9 12 8 8 Rit 8 14 9
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Turkey.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Europe.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
2009 RB5 Renault RS27 2.4 V8 B Australia Webber 12 6 2 11 3 5 2 2 1 3 9 9 Rit Rit 17 1 2 153,5
Germania Vettel 13 15 1 2 4 Rit 3 1 2 Rit Rit 3 8 4 1 4 1
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Bahrain.svg Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Turkey.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of South Korea.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
2010 RB6 Renault RS27 2.4 V8 B Germania Vettel 4 Rit 1 6 3 2 Rit 4 1 7 3 3 15 4 2 1 Rit 1 1 498
Australia Webber 8 9 2 8 1 1 3 5 Rit 1 6 1 2 6 3 2 Rit 2 8
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Turkey.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of South Korea.svg Flag of India.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
2011 RB7 Renault RS27 2.4 V8 P Germania Vettel 1 1 2 1 1 1 2 1 2 4 2 1 1 1 3 1 1 Rit 2 650
Australia Webber 5 4 3 2 4 4 3 3 3 3 5 2 Rit 3 4 3 4 4 1
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of South Korea.svg Flag of India.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
2012 RB8 Renault RS27 2.4 V8 P Germania Vettel 2 11 5 1 6 4 4 Rit 3 5 4 2 22 1 1 1 1 3 2 6 460
Australia Webber 4 4 4 4 11 1 7 4 1 8 8 6 20 11 9 2 3 Rit Rit 4
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of South Korea.svg Flag of Japan.svg Flag of India.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
2013 RB9 Renault RS27 2.4 V8 P Germania Vettel 3 1 4 1 4 2 1 Rit 1 3 1 1 1 1 1 1 1 1 1 596
Australia Webber 6 2 Rit 7 5 3 4 2 7 4 5 3 15 Rit 2 Rit 2 3 2
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of Russia.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
2014 RB10 Renault Energy F1-2014 V6 P Germania Vettel Rit 3 6 5 5 Rit 3 Rit 5 4 7 5 6 2 3 8 7 5 8 405
Australia Ricciardo SQ Rit 4 4 3 3 1 8 3 6 1 1 5 3 4 7 3 Rit 4
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of Russia.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
2015 RB11 Renault Energy F1-2015 V6 P Australia Ricciardo 6 10 9 6 7 5 13 10 Rit 3 Rit 8 2 15 15 10 5 11 6 187
Russia Kvjat NP 9 Rit 9 10 4 9 12 6 2 4 10 6 13 5 Rit 4 7 10
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Russia.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Hungary.svg Flag of Germany.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Japan.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
2016 RB12 TAG Heuer V6 P Australia Ricciardo 4 4 4 11 4 2 7 7 5 4 3 2 2 5 2 1 6 3 3 8 5 468
Russia Kvjat NP 7 3 15
Paesi Bassi Verstappen 1 Rit 4 8 2 2 5 3 11 7 6 2 2 Rit 4 3 4
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Russia.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Azerbaijan.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Japan.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
2017 RB13 TAG Heuer V6 P Australia Ricciardo Rit 4 5 Rit 3 3 3 1 3 5 Rit 3 4 2 3 3 Rit Rit 6 Rit 368
Paesi Bassi Verstappen 5 3 Rit 5 Rit 5 Rit Rit Rit 4 5 Rit 10 Rit 1 2 4 1 5 5
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Azerbaijan.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of France.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Russia.svg Flag of Japan.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
2018 RB14 TAG Heuer V6 P Australia Ricciardo 4 Rit 1 Rit 5 1 4 4 Rit 5 Rit 4 Rit Rit 6 6 4 Rit Rit 4 4 419
Paesi Bassi Verstappen 6 Rit 5 Rit 3 9 3 2 1 15 4 Rit 3 5 2 5 3 2 1 2 3
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Australia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Azerbaijan.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of France.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Russia.svg Flag of Japan.svg Flag of Mexico.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
2019 RB15 Honda RA619H V6 P Paesi Bassi Verstappen 3 4 4 4 3 4 5 4 1 5 1 2 Rit 8 3 4 Rit 6 3 1 2 417
Francia Gasly 11 8 6 Rit 6 5 8 10 7 4 14 6
Thailandia Albon 5 6 6 5 4 5 5 14 6
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Austria.svg Flag of Styria (state).svg Flag of Hungary.svg Flag of the United Kingdom.svg F1 - GP del 70º anniversario 2020.png Flag of Spain.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Tuscany.svg Flag of Russia.svg Flag of Rhineland-Palatinate.svg Flag of Portugal.svgBandiera Emilia-Romagna.svg Flag of Turkey.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
2020 RB16 Honda RA620H V6 P Paesi Bassi Verstappen Rit 3 2 2 1 2 3 Rit Rit 2 2 3 Rit 6 2 Rit 1 319
Thailandia Albon 13 4 5 8 5 8 6 15 3 10 Rit 12 15 7 3 6 4
Anno Vettura Motore Gomme Piloti Flag of Bahrain.svgBandiera Emilia-Romagna.svg Flag of Portugal.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Azerbaijan.svg Flag of France.svg Flag of Styria (state).svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of the Netherlands.svg Flag of Italy.svg White flag of surrender.svg Flag of Turkey.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of none.svg Flag of Saudi Arabia.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
2021 RB16B Honda RA621H V6 P Paesi Bassi Verstappen 2 1 2 2 1 18 1 1 1 Rit 1 9 291
Messico Pérez 5 11 4 5 4 1 3 4 6 16 Rit
Legenda 1º posto 2º posto 3º posto A punti Senza punti/Non class. Grassetto – Pole position
Corsivo – Giro più veloce
Apice – Risultato Qualifica Sprint
Squalificato Ritirato Non partito Non qualificato Solo prove/Terzo pilota

Note

  1. ^ a b Formula 1 - Red Bull lascia la Renault: dal 2019 passa alla Honda , su gazzetta.it , 19 giugno 2018. URL consultato il 3 marzo 2019 .
  2. ^ Red Bull, l'australiano Ricciardo con Vettel nel team 2014 , su corriere.it , 3 settembre 2013. URL consultato il 3 marzo 2019 .
  3. ^ Vettel lascia la Red Bull, ora è ufficiale: destinazione Ferrari, che saluta Alonso , su ilmessaggero.it , 4 ottobre 2014. URL consultato il 3 marzo 2019 .
  4. ^ F1: ufficiale, i motori Red Bull 2016 avranno il marchio TAG Heuer , su gazzetta.it , 4 dicembre 2015. URL consultato il 3 marzo 2019 .
  5. ^ Red Bull, ufficiale: Verstappen sostituisce Kvyat! , su corrieredellosport.it , 5 maggio 2016. URL consultato il 26 febbraio 2017 .
  6. ^ Tutti gli 8 record di Max Verstappen, il più giovane a... , su circusf1.com , 17 maggio 2016. URL consultato il 26 febbraio 2017 .
  7. ^ F1 Messico: dominio Hamilton, Vettel penalizzato cede il podio a Ricciardo , su corrieredellosport.it , 30 ottobre 2016. URL consultato il 26 febbraio 2017 .
  8. ^ Formula 1 Brasile, Verstappen: elogio della follia , su corrieredellosport.it , 13 novembre 2016. URL consultato il 1º marzo 2017 .
  9. ^ Ufficiale: Aston Martin diverrà title sponsor della Red Bull dal 2018 , su motorsport.com , 25 settembre 2017. URL consultato il 13 dicembre 2017 .
  10. ^ Formula 1: Gasly alla Red Bull nel 2019 , su autoblog.it , 21 agosto 2018. URL consultato il 3 marzo 2019 .
  11. ^ La Red Bull promuove Albon al fianco di Verstappen da Spa , su formulapassion.it , 12 agosto 2019. URL consultato il 12 agosto 2019 .
  12. ^ F1 Red Bull, arriva Perez: correrà con Verstappen nel 2021 , su gazzetta.it , 18 dicembre 2020. URL consultato il 18 dicembre 2020 .
  13. ^ Red Bull: senza Aston Martin non avrà title sponsor , su it.motorsport.com , 17 dicembre 2020. URL consultato il 3 gennaio 2021 .
  14. ^ Sì all'unanimità al congelamento dei motori, rinvio per la sprint race e il salario dei piloti , su gazzetta.it , 11 febbraio 2021. URL consultato il 15 febbraio 2021 .
  15. ^ F1, c'è l'accordo: la Red Bull userà i motori Honda anche dal 2022 in poi , su gazzetta.it , 15 febbraio 2021. URL consultato il 15 febbraio 2021 .

Altri progetti

Collegamenti esterni

Formula 1 Portale Formula 1 : accedi alle voci di Wikipedia che trattano di Formula 1