Nicolas Hülkenberg

Da Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para a navegação Ir para a pesquisa
Nicolas Hülkenberg
Nico Hulkenberg 2016 Malaysia.jpg
Hülkenberg em 2016
Nacionalidade Alemanha Alemanha
Altura 184 cm
Automobilismo Capacete Kubica BMW.svg
Categoria Fórmula 1
Função Terceiro piloto, piloto de teste
Pelotão Aston Martin (terceiro piloto, piloto de teste)
Mercedes (terceiro piloto)
Carreira
Carreira de Fórmula 1
Estréia 14 de março de2010
Temporadas2010 ,2012 -2020
Estábulos Williams 2010
Force India 2012
Sauber 2013
Force India 2014-2016
Renault 2017-2019
Racing Point 2020
Melhor resultado final 7º (2018 )
GP disputou 182 (179 inícios)
Pontos obtidos 521
Primeira posição 1
Voltas rápidas 2
Carreira na FIA WEC
Estréia 2 de maio de 2015
Temporadas 2015
Estábulos Alemanha Porsche 2015
Melhor resultado final
GP disputou 2
GPs venceram 1
Pódios 1
Pontos obtidos 58
Estatísticas atualizadas para 2020 Eifel Grand Prix

Nicolas Hülkenberg , também conhecido como Nico ( IPA : [ˈniːko ˈhʏlkənbɛɐ̯k] ; Emmerich am Rhein , 19 de agosto de 1987 ), é um piloto alemão , ativo na Fórmula 1 de2010 a2020 com Williams , Force India , Sauber , Renault e Racing Point . Desde2021 ele é o piloto reserva da Aston Martin e Mercedes . Ele é o piloto que fez as corridas mais válidas para o campeonato mundial de Fórmula 1 sem nunca chegar ao pódio . [1]

Além de sua atividade na Fórmula 1, Hülkenberg competiu em duas corridas do Campeonato Mundial de Resistência , vencendo as 24 Horas de Le Mans de 2015 ao volante do Porsche 919 Hybrid .

Carreira

Você começa

Hülkenberg na ronda de Sepang do Grande Prémio A1 de 2006 .

Hülkenberg começou a correr de kart em 1997 , aos dez anos. Em 2002, ele ganhou o título nacional juvenil no karting alemão, vencendo o campeonato geral na temporada seguinte [2] .

Em 2005, após mais uma temporada no campeonato alemão de karting, Hülkenberg estreou-se na Fórmula BMW alemã, vencendo o campeonato na primeira tentativa. No mesmo ano conquistou também a final mundial do campeonato de Fórmula BMW, que reúne todos os melhores pilotos dos diversos campeonatos nacionais, mas foi rebaixado para a terceira posição por ter mantido um comportamento incorreto atrás do safety car [2] .

Em 2006, Hülkenberg mudou para a Fórmula 3 , vencendo uma corrida no campeonato alemão . Posteriormente, ele competiu na temporada 2006-2007 do campeonato A1 Grand Prix nas fileiras da equipe alemã; conquistou nove vitórias, praticamente levando seu time à vitória final do campeonato [2] .

Em 2007 mudou-se para o Campeonato Europeu de Fórmula 3 com a equipe ASM , vencedora dos dois campeonatos anteriores com Lewis Hamilton e Paul di Resta . Ele ganhou quatro vitórias (em Norisring [2] , Zandvoort [3] , Nürburgring[4] e no circuito Paul Armagnac , França) e terceiro lugar no campeonato; ele também participou da corrida não- campeonato do Masters de Fórmula 3 , vencendo-a [5] .

Hülkenberg conduzindo seu ART Grand Prix na corrida da GP2 em Mônaco .

No final da temporada, Williams ofereceu-lhe a oportunidade de fazer um teste em um carro de Fórmula 1 . O jovem alemão revelou-se bastante rápido já na sua estreia, tanto que a equipa inglesa o contratou como piloto de testes para 2008 , cargo em que também foi confirmado para 2009 [6] [7] .

Em 2008, em paralelo com esta missão, Hülkenberg continuou a correr na F3 Euro Series , desta vez vencendo o campeonato; ele também participou do campeonato GP2 Asia Series , terminando em sexto, apesar de ter participado apenas de quatro das doze corridas. Em 2009 correu, novamente pela equipa ART , no campeonato GP2 . Na rodada dupla de Nürburgring, ele conquistou a vitória nas corridas longas e rápidas; outras vitórias vieram na longa corrida da Hungria e na corrida de Valência. Essas vitórias e várias colocações o levaram à vitória no campeonato, batendo o rival Vitalij Petrov e igualando Lewis Hamilton com a vitória pelo título em seu primeiro ano na categoria.

Fórmula 1

2010: Williams

2010
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2010 .
Hülkenberg no Canadá em 2010

Depois de duas temporadas como piloto de testes, no início de novembro de 2009 a Williams o promoveu a piloto de corrida, contratando-o ao lado do especialista Rubens Barrichello para atemporada de 2010 . A primeira parte do Campeonato não foi fácil, também devido à fraca competitividade do carro : nas primeiras nove corridas Hülkenberg só conquistou um ponto no Grande Prémio da Malásia , no qual largou da quinta posição da grelha de partida. Na segunda metade da temporada o piloto alemão melhorou claramente seus resultados, também graças ao considerável progresso feito pelo carro. Depois de mais um 10º lugar no Grande Prêmio da Inglaterra , Hülkenberg terminou em sexto na Hungria , obtendo seu melhor resultado da temporada. O alemão também terminou nos pontos em Monza , onde terminou em sétimo, em Cingapura e na Coréia , onde conquistou dois décimos lugares.

No Grande Prêmio do Brasil , aproveitando as condições climáticas particulares e a rápida secagem da pista, o piloto alemão conquistou a pole position, a primeira da Williams desde o Grande Prêmio da Europa de 2005 . Na corrida, Hülkenberg foi rapidamente ultrapassado por vários pilotos que tinham carros mais competitivos, tendo que se contentar com o oitavo lugar. O alemão fechou a temporada na décima quarta posição, com 22 pontos.

Apesar dos bons resultados obtidos e dos elogios do próprio Frank Williams [8] , a equipe inglesa não o confirmou para2011 , preferindo o venezuelano Pastor Maldonado , fortemente pressionado pela petroleira estatal PDVSA . Além disso, o alemão recusou uma oferta da Virgin Racing .

2011-2012: Force India

2011

Sem volante, em2011 o piloto alemão foi contratado pela Force India como o terceiro piloto, competindo nos treinos de sexta-feira em vários Grandes Prêmios. No final da temporada, Hülkenberg é promovido a piloto titular em2012 ao lado de Paul Di Resta . [9]

2012
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2012 .

Depois de uma primeira parte difícil da temporada, com apenas sete pontos marcados nas primeiras sete corridas contra 21 de seu companheiro de equipe, ele cruzou a linha de chegada do Grande Prêmio da Europa na quinta posição, após largar da oitava colocação no grid . No Grande Prêmio da Bélgica, Hülkenberg melhorou essa posição, terminando em quarto lugar, depois de também ter ocupado a segunda posição nos primeiros momentos da corrida.

Em Cingapura , duas corridas depois, o piloto alemão fez a volta mais rápida pela primeira vez em sua carreira, mas apenas cruzou a meta na décima quarta posição. Nos seis Grandes Prêmios restantes, Hülkenberg sempre terminou nos pontos, com exceção do Grande Prêmio de Abu Dhabi , em que se aposentou logo após a largada por conta de um acidente. Na última corrida da temporada, no Brasil , o piloto alemão foi um dos poucos, junto com Jenson Button , a não montar pneus de chuva após um breve aguaceiro no início da prova. Isso permitiu que ele assumisse a liderança, após ter ultrapassado o piloto inglês: no entanto, a entrada do safety car anulou sua vantagem sobre o grupo e um erro de direção custou-lhe a primeira posição em vantagem de Lewis Hamilton . Na tentativa de recuperar a liderança, Hülkenberg entrou em contato com Hamilton, sendo penalizado e cruzando a linha na quinta posição.

Concordando com a Sauber para a temporada 2013, o piloto alemão fechou o campeonato na décima primeira colocação, com 63 pontos.

2013: Sauber

2013
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 2013 .
Hülkenberg no Sauber no Grande Prêmio da Malásia de 2013.

Na primeira parte da temporada, a Sauber não se mostrou tão competitiva quanto no campeonato anterior, na maioria das vezes relegando Hülkenberg para a segunda metade do grid. Na abertura do Grande Prêmio da Austrália, o piloto alemão não conseguiu decolar devido a um problema técnico, não conseguindo completar nem uma volta da corrida pela terceira vez em três inscrições na carreira. No Grande Prêmio da Malásia subsequente , Hülkenberg aproveitou as mudanças nas condições climáticas para subir na classificação, alcançando a quinta posição e terminando em oitavo no final.

Depois de marcar um ponto no Grande Prêmio da China , o piloto alemão sempre cruzou a linha de chegada nas três corridas seguintes, mas não conseguiu chegar aos pontos. A virada da temporada veio em Monza , onde, graças também às melhorias feitas no carro suíço, Hülkenberg cruzou a meta na quinta posição, após largar da terceira. A partir deste momento, o piloto alemão alcançou várias boas colocações, incluindo um quarto lugar no Grande Prêmio da Coreia e dois sextos no Japão e nos Estados Unidos .

O Hülkenberg terminou a temporada na décima posição da classificação geral, com 51 pontos.

Durante 2013 seu nome foi muitas vezes comparado a Ferrari : depois de um interesse, ele foi torpedeado com um SMS por Stefano Domenicali .

2014-2016: Return to Force India

2014
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2014 .

Depois de uma boa temporada com a Sauber , na qual venceu claramente a comparação com seu companheiro de equipe Gutierrez, Hülkenberg voltou à Force India em2014 , encontrando ao seu lado o mexicano Sergio Pérez .

A primeira parte da temporada foi positiva para o piloto alemão, que sempre pontuou nos dez primeiros Grandes Prémios, conquistando quatro quintos lugares como melhor resultado. A série foi interrompida no Grande Prêmio da Hungria , no qual Hülkenberg foi forçado a se retirar após um contato com seu companheiro de equipe.

Na segunda metade do ano a competitividade do carro diminuiu e Hülkenberg nem sempre conseguiu brigar por pontos. Depois de se aposentar pela segunda vez nesta temporada no Grande Prêmio dos Estados Unidos , nesta ocasião devido a uma falha técnica, o piloto alemão fechou a temporada com a sexta colocação no Grande Prêmio de Abu Dhabi , conquistando a nona colocação na classificação geral com 96 . pontos. Os bons resultados obtidos, no entanto, valeram-lhe a confirmação para2015 , sempre ao lado de Pérez. [10]

2015
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 2015 .
Hülkenberg na Malásia.

O início da temporada de 2015 acabou sendo bastante difícil para a Force India : devido a alguns problemas econômicos, tanto pelo aumento dos custos para competir na Fórmula 1 quanto pelos problemas financeiros da proprietária Mallya, as obras de design do o novo, o carro estava lento e o novo VJM08 foi trazido para a pista apenas durante a última sessão de testes de inverno. [11] Apesar dos poucos quilômetros acumulados, no primeiro Grande Prêmio da temporada, na Austrália , Hülkenberg ainda conseguiu marcar pontos, aproveitando as muitas aposentadorias para cruzar a linha de chegada na sétima posição. Nos três Grandes Prémios seguintes, no entanto, o piloto alemão não conseguiu repetir-se e terminou sempre fora dos dez primeiros. Apenas no Grande Prêmio do Canadá ele foi capaz de ficar em oitavo depois de largar em sétimo.

A partir do Grande Prêmio da Áustria houve uma reviravolta clara: graças a um novo pacote aerodinâmico, que previa uma versão atualizada do carro que iria estrear na Grã-Bretanha , [12] Hülkenberg conseguiu se classificar em quinto e terminar em sexto, melhor resultado sazonal. Com a versão B do VJM08, Hülkenberg conseguiu se repetir também no Japão e no Brasil , marcando de forma mais consistente, apesar de em algumas ocasiões ter se tornado protagonista de alguns acidentes, inclusive aquele com Felipe Massa em Cingapura que lhe custou desde aos comissários uma penalidade de três cargos a cumprir na corrida seguinte. [13] Ele terminou a temporada com um sétimo lugar em Abu Dhabi e terminou em décimo na classificação geral, atrás de seu companheiro de equipe.

2016
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: 2016 Formula 1 World Championship .
Hülkenberg para Silverstone.

Em 2016, Hülkenberg abriu a temporada com um sétimo lugar na Austrália. Nas quatro corridas seguintes, o piloto alemão não obteve resultados positivos: marcou dois décimos quintos lugares e duas retiradas, marcando a volta mais rápida no Grande Prêmio da China . A situação melhorou no Grande Prêmio de Mônaco , terminando na sexta posição. Também nas corridas seguintes Hülkenberg marcou pontos, conquistando um oitavo lugar no Canadá e no Azerbaijão ; no entanto, na segunda ocasião ele foi ofuscado por seu companheiro de equipe Pérez , autor da segunda apresentação na qualificação e terceiro na chegada.

No Grande Prêmio da Áustria subsequente , o piloto alemão obteve o terceiro melhor desempenho na qualificação, sendo capaz de largar da primeira linha devido a uma penalidade infligida ao autor do segundo tempo Nico Rosberg . A corrida, no entanto, foi prejudicada por problemas de configuração, que causaram desgaste excessivo dos pneus; Hülkenberg foi então forçado a retirar-se devido a problemas de travagem nas fases finais da corrida, enquanto estava na retaguarda, no entanto foi classificado em décimo nono [14] . Nas três corridas seguintes, o piloto alemão voltou a somar pontos, conquistando dois sétimos lugares e um décimo lugar. Em 13 de outubro de 2016, ele anunciou sua mudança para a Renault para a temporada de 2017; no Grande Prêmio da Bélgica seguinte , Hülkenberg obteve o melhor resultado da temporada, terminando em quarto no final. Nas restantes corridas, o piloto alemão marcou pontos de forma estável, com exceção de duas retiradas devido a um acidente nas primeiras etapas da corrida em Cingapura e Austin . Hülkenberg igualou sua melhor classificação geral, terminando a temporada em nono lugar com 72 pontos.

2017-2019: Renault

2017
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 2017 .

Em 2017, a Hülkenberg ficou do lado da Renault, ao lado do britânico Jolyon Palmer . A estreia da temporada, na Austrália , foi bastante negativa para Hülkenberg, que foi excluído do grupo dos dez primeiros na qualificação e terminou em décimo primeiro lugar e sem pontos na corrida. No Grande Prémio da China e Bahrein que se seguiu o piloto alemão conseguiu bons resultados na qualificação, estabelecendo o sétimo tempo mais rápido nas duas ocasiões, mas não conseguiu confirmar esta competitividade na corrida. Em Xangai, aliás, o piloto da Renault terminou em décimo segundo, enquanto em Sakhir Hülkenberg, apesar de perder posições na classificação, conquistou os primeiros pontos da temporada para si e para a equipe, chegando à linha de chegada em nono.

Hülkenberg melhorou este resultado no subsequente Grande Prêmio da Rússia e da Espanha , no qual terminou em oitavo e sexto, respectivamente. Estes resultados úteis foram seguidos por uma série de corridas mais difíceis: em Munique, o piloto alemão retirou-se nos primeiros estágios da corrida devido a um problema técnico, enquanto no oitavo lugar no Grande Prêmio do Canadá, seguiu-se outra aposentadoria no Azerbaijão (devido a um acidente)., enquanto ocupava a quinta posição) e uma colocação fora de pontos na Áustria .

Em Silverstone, a Renault trouxe atualizações importantes para o carro, incluindo um novo fundo [15] . Hülkenberg disputou o melhor Grande Prêmio da temporada para si e para a equipe, se classificando e terminando a prova na sexta colocação. O subsequente Grande Prêmio da Hungria foi menos positivo: penalizado por cinco posições no grid de largada por trocar a caixa de câmbio, o piloto alemão perdeu mais tempo devido a uma troca lenta de pneus e se envolveu em um contato com Kevin Magnussen nos estágios finais da corrida enquanto ele estava competindo com o piloto dinamarquês pela décima primeira posição, finalmente desistindo nas últimas voltas devido a um problema técnico.

Hülkenberg voltou a pontuar no Grande Prémio da Bélgica subsequente, no qual conquistou o terceiro sexto lugar da temporada. Nas seis corridas seguintes, porém, o alemão não conseguiu se repetir, somando quatro desistências devido a problemas técnicos e duas finalizações fora dos pontos. Hülkenberg fechou a temporada com a décima colocação no Grande Prêmio do Brasil e a sexta colocação no Grande Prêmio de Abu Dhabi , resultados que o levaram à décima colocação na classificação final, com 43 pontos.

2018
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2018 .

Confirmado na Renault para 2018, Hülkenberg foi acompanhado por Carlos Sainz Jr. , que já havia substituído Palmer nas últimas corridas da temporada anterior.

O piloto alemão abriu a temporada com uma série de três resultados úteis consecutivos, conseguindo um sétimo e dois sextos lugares. A série foi interrompida no Grande Prêmio do Azerbaijão , no qual, como no ano anterior, Hülkenberg se aposentou após um acidente. Pela mesma razão, ele também teve que se retirar no Grande Prêmio da Espanha subsequente, quando se envolveu em uma colisão com Romain Grosjean nos primeiros momentos da corrida: o piloto francês foi totalmente responsabilizado pela queda e penalizado. No Grande Prêmio de Mônaco , após uma decepcionante qualificação que não o viu atingir a Q3, ele foi o protagonista de uma boa recuperação na corrida até a oitava colocação. No Canadá alcançou o sétimo lugar na qualificação e na corrida, confirmando-se como "o primeiro dos outros" após os 6 pilotos das 3 primeiras equipes. No Grande Prêmio da França , corrida caseira da Renault , ele terminou em nono, atrás de seu companheiro de equipe Sainz . Depois de mais uma aposentadoria no Grande Prêmio da Áustria e um sexto lugar no Grande Prêmio da Inglaterra , ele alcançou o melhor resultado da temporada no Grande Prêmio da Alemanha , onde conquistou o quinto lugar. As três corridas seguintes não foram tão felizes: no Grande Prêmio da Hungria ele terminou fora da zona de pontuação, décimo segundo, enquanto no Grande Prêmio da Bélgica ele se tornou o protagonista de uma engenhosidade na primeira curva logo após a largada, atrasando muito a frenagem muito e indo assim para colidir com a McLaren de Alonso, que por sua vez impactou violentamente com a Sauber de Leclerc . Os três pilotos foram forçados a se aposentar, enquanto os carros de Ricciardo e Raikkonen também foram fortemente danificados. O alemão, responsável pelo incidente, foi penalizado com 10 posições na linha de largada do próximo Grande Prêmio da Itália , que terminou na décima terceira posição. Depois de três corridas consecutivas sem pontos, ele terminou em décimo no Grande Prêmio de Cingapura .

2019
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Formula 1 World Championship 2019 .

O alemão, que permaneceu na seleção francesa também em2019 , estreou-se ao conquistar a 7ª colocação na Austrália pela quarta vez. Nas cinco corridas seguintes, Hülkenberg não levou para casa nenhum ponto, voltando ao top 10 no Grande Prêmio do Canadá e na França . Depois de somar apenas um ponto nas quatro corridas que antecederam as férias de verão, Nico se recuperou ligeiramente na segunda metade da temporada, marcando pontos do Grande Prêmio da Bélgica ao Grande Prêmio da Rússia , levando também para casa um excelente 5º lugar na Itália . No Japão, ele terminou em 10º, mas foi desclassificado junto com seu parceiro Daniel Ricciardo por quebrar as regras esportivas devido a um sistema de travagem automática que não estava de acordo com as regras. Terminou em 10º no México e 9º nos Estados Unidos , enquanto no Brasil e em Abu Dhabi não pontuou, terminando em 15º e 12º respectivamente, encerrando o ano na 14ª posição com 37 pontos, 32 a menos que em2018 .

Com o anúncio de Esteban Ocon na Renault para2020 e a confirmação de Ricciardo , Nico Hülkenberg ficou sem assento após oito temporadas consecutivas. [16]

2020: Racing Point

2020
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2020 .

Em 31 de julho de 2020 , após a positividade de Sergio Pérez para o SARS-CoV-2 , ele foi escolhido como substituto do piloto mexicano no Grande Prêmio da Inglaterra ao lado de Lance Stroll , [17] ao qual não pôde participar devido a problemas de motor. Ele também foi confirmado no Grande Prêmio de 70º aniversário subsequente, onde terminou em sétimo após obter um terceiro lugar no grid.

Devido à indisponibilidade do Lance Stroll pelo mesmo motivo, Hülkenberg é convocado in extremis pela Racing Point para participar no Eifel Grand Prix , que também termina em pontos após largar da vigésima e última posição.

2021-: Reserva em Aston Martin e Mercedes

2021
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: 2021 Formula 1 World Championship .

Após as atuações nos três Grandes Prêmios em 2020 com o Racing Point, a equipe, agora Aston Martin, decide confirmá-lo como piloto reserva e piloto de testes para toda atemporada de 2021 . [18] Além de assinar com a Aston Martin, Hülkenberg também assina contrato com a Mercedes , colocando-se à disposição da equipe nos fins de semana em que as outras duas reservas, Stoffel Vandoorne e Nyck De Vries , estão engajadas nas corridas de Fórmula E. [19]

Resistência

O vencedor do Porsche 919 Hybrid nas 24 Horas de Le Mans.

Em 2015, paralelamente à Fórmula 1, Hülkenberg participou de duas corridas do WEC a bordo do terceiro Porsche 919 de fábrica , ladeado por Nick Tandy e Earl Bamber . Ele fez sua estreia nas 6 Horas de Spa-Francorchamps , onde conseguiu uma boa primeira linha, mas foi apenas o sexto na corrida, devido a um acidente durante uma dub enquanto Tandy dirigia. Poucos dias depois da corrida canadense de F1 ele voltou a competir no WEC, onde obteve um importante sucesso: o piloto alemão na verdade venceu as 24 Horas de Le Mans em sua estreia, sempre em tripulação com Tandy e Bamber. [20] .

Resultados

Resultados completos de carreira

Campeonatos

Temporada Series Pelotão Carro Competições Pólo GPV Vitórias Pódios Pontos Pos
2005 Fórmula BMW ADAC Josef Kaufmann Racing 20 8 6 9 14 287
2006 Fórmula 3 Alemã Josef Kaufmann Racing Dallara F305 / Ligier JS47- Opel 18 3 5 1 6 78 5 ª
Desafio V de V Proto Griffith's Ligier JS 49 2 2 ? 1 1 50 17º
2006-2007 A1 Grand Prix A1 Team Germany Lola B05 / 52 - Zytek 20 3 5 9 13 N / D N / D
2007 F3 Euro Series ASM Formule Team 3 Dallara F305-Mercedes 20 2 3 4 8 72
2008 F3 Euro Series ART Grand Prix Dallara F308-Mercedes 20 6 7 7 8 85
2008-2009 GP2 Asia Series ART Grand Prix Dallara GP2 4 2 1 1 2 27
2009 GP2 Series ART Grand Prix Dallara GP2 20 3 6 5 5 100
2010 Fórmula 1 AT&T Williams Williams FW32 - Cosworth 19 1 0 0 0 22 14º
2012 Fórmula 1 Equipe Sahara Force India F1 Force India VJM05 - Mercedes 20 0 1 0 0 63 11º
2013 Fórmula 1 Sauber F1 Team Sauber C32 - Ferrari 19 0 0 0 0 51 10º
2014 Fórmula 1 Equipe Sahara Force India F1 Force India VJM07 - Mercedes 19 0 0 0 0 96
2015 Fórmula 1 Equipe Sahara Force India F1 Force India VJM08 - Mercedes 18 0 0 0 0 52 10º
WEC Porsche Team Porsche 919 Hybrid 2 0 0 1 1 58
2016 Fórmula 1 Equipe Sahara Force India F1 Force India VJM09 - Mercedes 21 0 1 0 0 72
2017Fórmula 1 Renault F1 Renault RS17 20 0 0 0 0 43 10º
2018Fórmula 1 Renault F1 Renault RS18 21 0 0 0 0 69
2019Formula 1 Renault F1 Renault RS19 21 0 0 0 0 37 14°
2020Formula 1 Racing Point Racing Point RP20 3 0 0 0 0 10

Gare extra-campionati

Data Gara Squadra Vettura Posizione
16 dicembre 2005 Formula BMW World Final Josef Kaufmann Racing ?
5 agosto 2007 Masters di Formula 3 ASM Formule 3 ?
18 novembre 2007 Gran Premio di Macao ASM Formule 3 ? 23º
10 agosto 2008 Masters di Formula 3 ART Grand Prix ?

A1 Grand Prix

( legenda ) (Le gare in grassetto indicano la pole) (Le gare in corsivo indicano il giro veloce)

Anno Team 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 Punti Pos
2006 A1 Team Germany ZAN
Paesi Bassi
BRN
Rep. Ceca
BEI
Cina
SEP
Malaysia
SEN
Indonesia
TAU
Nuova Zelanda
SYD
Australia
DUR
Sudafrica
MEX
Messico
SHA
Cina
BRH
Regno Unito
128
4 1 Rit 4 5 Rit 2 1 5 2 1 1 1 1 1 1 3 3 2 1

F3 Euro Series

( legenda ) (Le gare in grassetto indicano la pole) (Le gare in corsivo indicano il giro veloce)

Anno Team Telaio Motore 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Punti Pos
2007 ASM Formule 3 Dallara F305/021 Mercedes HOC
Germania
BRH
Regno Unito
NOR
Germania
MAG
Francia
MUG
Italia
ZAN
Paesi Bassi
NÜR
Germania
CAT
Spagna
NOG
Francia
HOC
Germania
72
2 7 4 6 Rit 1 Rit 14 21 14 6 1 1 4 2 8 3 3 1 7
2008 ART Grand Prix Dallara F308/009 Mercedes HOC
Germania
MUG
Italia
PAU
Francia
NOR
Germania
ZAN
Paesi Bassi
NÜR
Germania
BRH
Regno Unito
CAT
Spagna
LMS
Francia
HOC
Germania
87
Rit Rit 1 5 Rit 16 1 Rit 1 13 1 4 1 5 1 Rit 24 8 1 3

GP2 Series

( legenda ) (le gare in grassetto indicano la pole position) (le gare in corsivo indicano il giro più veloce)

Anno Team 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Punti Pos
2009 ART Grand Prix CAT
Spagna
MON
Monaco
IST
Turchia
SIL
Regno Unito
NÜR
Germania
HUN
Ungheria
VAL
Spagna
SPA
Belgio
MNZ
Italia
ALG
Portogallo
100
9 14 5 3 5 4 3 5 1 1 1 7 2 1 2 Rit 6 3 1 16

GP2 Asia Series

( legenda ) (le gare in grassetto indicano la pole position)(le gare in corsivo indicano il giro più veloce)

Stagione Team 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Punti Pos
2008-09 ART Grand Prix SHA
Cina
DUB
Emirati Arabi Uniti
BHR1
Bahrein
LOS
Qatar
SEP
Malaysia
BHR2
Bahrein
27
4 4 1 3

Campionato mondiale Formula 1

2010 Scuderia Vettura Flag of Bahrain.svg Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Turkey.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of South Korea.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Williams Williams FW32 14 Rit 10 15 16 Rit 17 13 Rit 10 13 6 14 7 10 Rit 10 8 16 22 14º
2011 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Turkey.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of South Korea.svg Flag of India.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
Force India Force India VJM04 SP SP SP SP SP SP SP SP SP SP SP SP SP SP
2012 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of South Korea.svg Flag of India.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
Force India Force India VJM05 Rit 9 15 12 10 8 12 5 12 9 11 4 21 14 7 6 8 Rit 8 5 63 11º
2013 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of South Korea.svg Flag of Japan.svg Flag of India.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
Sauber Sauber C32 NP 8 10 12 15 11 Rit 10 10 11 13 5 9 4 6 19 14 6 8 51 10º
2014 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of Russia.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Force India Force India VJM07 6 5 5 6 10 5 5 9 8 7 Rit 10 12 9 8 12 Rit 8 6 96
2015 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of Russia.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Force India Force India VJM08 7 14 Rit 13 15 11 8 6 7 Rit NP 7 Rit 6 Rit Rit 7 6 7 58 10º
2016 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Russia.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Hungary.svg Flag of Germany.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Japan.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Force India Force India VJM09 7 15 15 Rit Rit 6 8 9 19 7 10 7 4 10 Rit 8 8 Rit 7 7 7 72
2017 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Russia.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Azerbaijan.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Japan.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Renault Renault RS17 11 12 9 8 6 Rit 8 Rit 13 6 17 6 13 Rit 16 Rit Rit Rit 10 6 43 10º
2018 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Azerbaijan.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of France.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Russia.svg Flag of Japan.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Renault Renault RS18 7 6 6 Rit Rit 8 7 9 Rit 6 5 12 Rit 13 10 12 Rit 6 6 Rit Rit 69
2019 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Azerbaijan.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of France.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Russia.svg Flag of Japan.svg Flag of Mexico.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Renault Renault RS19 7 17 Rit 14 13 13 7 8 13 10 Rit 12 8 5 9 10 SQ 10 9 15 12 37 14º
2020 Scuderia Vettura Flag of Austria.svg Flag of Styria (state).svg Flag of Hungary.svg Flag of the United Kingdom.svg F1 - GP del 70º anniversario 2020.png Flag of Spain.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Tuscany.svg Flag of Russia.svg Flag of Rhineland-Palatinate.svg Flag of Portugal.svgBandiera Emilia-Romagna.svg Flag of Turkey.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Racing Point Racing Point RP20 NP 7 8 10 15º
Legenda 1º posto 2º posto 3º posto A punti Senza punti/Non class. Grassetto – Pole position
Corsivo – Giro più veloce
Squalificato Ritirato Non partito Non qualificato Solo prove/Terzo pilota

24 Ore di Le Mans

Anno Classe Gomme Vettura Squadra Co-piloti Giri Pos.
Assol.
Pos. di
Classe
2015 LMP1 19 M Porsche 919 Hybrid
Porsche 2.0L Turbo V4
Germania Porsche Team Nuova Zelanda Earl Bamber
Regno Unito Nick Tandy
395

Campionato mondiale endurance

Anno Squadra Classe Vettura Regno Unito SIL Belgio SPA Francia LMS Germania NÜR Stati Uniti COA Giappone FUJ Cina SHA Bahrein BHR Punti Pos
2015 Porsche Team LMP1 Porsche 919 Hybrid 6 1 58

Note

  1. ^ ( EN ) F1 - Hulkenberg laughs at F1 record in Singapore , su motorsport.nextgen-auto.com , 15 settembre 2017. URL consultato il 18 settembre 2017 .
  2. ^ a b c d Meet the rookies: Nico Hülkenberg , su f1fanatic.co.uk , 2007. URL consultato il 16 agosto 2007 .
  3. ^ F3 Euro Zandvoort 2: Hülkenberg wins in wet , su maximummotorsport.co.uk , 2007. URL consultato il 16 agosto 2007 .
  4. ^ F3 Euro Nürburgring 1: Hülkenberg dominates , su maximummotorsport.co.uk , 2007. URL consultato il 3 settembre 2007 .
  5. ^ Hülkenberg wins F3 Masters as Grosjean stalls , su maximummotorsport.co.uk , 2007. URL consultato il 16 agosto 2007 .
  6. ^ Williams sign Hulkenberg as test driver , su autosport.com , 13 dicembre 2007. URL consultato il 14 dicembre 2007 .
  7. ^ Copia archiviata , su itv-f1.com . URL consultato il 6 novembre 2010 (archiviato dall' url originale il 16 aprile 2009) .
  8. ^ Formula 1: Williams rivaluta Hulkenberg , Autosprint.it Archiviato il 7 novembre 2010 in Internet Archive .
  9. ^ La Force India conferma Di Resta e Hulkenberg [ collegamento interrotto ] 422race.com
  10. ^ Roberto Chinchero, Hulkenberg-Force India: conferma per il 2015 , in autosprint.corrieredellosport.it , 20 ottobre 2014. URL consultato il 30 novembre 2015 (archiviato dall' url originale l'8 dicembre 2015) .
  11. ^ Luca Stefanini, F1 I problemi della Force India non sono (solo) i risultati , su f1sport.it . URL consultato il 30 novembre 2015 (archiviato dall' url originale l'8 dicembre 2015) .
  12. ^ Luca Ferrari, Force India: antipastodi versione B in attesa di Silverstone , su formulapassion.it . URL consultato il 30 novembre 2015 .
  13. ^ F. 1: Hulkenberg perdera' tre posti in griglia in Giappone , su agi.it , 20 settembre 2015. URL consultato il 22 settembre 2015 (archiviato dall' url originale il 23 settembre 2015) .
  14. ^ ( EN ) Nico Hülkenberg: “I'm pretty disappointed and gutted” , in thecheckeredflag.co.uk , 3 luglio 2016. URL consultato il 4 luglio 2016 .
  15. ^ Renault made “big step forward” at Silverstone , su f1fanatic.co.uk , 21 luglio 2017. URL consultato il 31 luglio 2017 .
  16. ^ Sky Sport, Formula 1, Esteban Ocon in Renault dal 2020 con Daniel Ricciardo | Sky Sport , su sport.sky.it . URL consultato il 25 aprile 2020 .
  17. ^ Formula 1, Hülkenberg per la Racing Point al posto di Perez , su La Gazzetta dello Sport . URL consultato il 31 luglio 2020 .
  18. ^ Ufficiale, torna Nico Hulkenberg: riserva e collaudatore Aston Martin , su La Gazzetta dello Sport . URL consultato il 9 aprile 2021 .
  19. ^ Hulkenberg di nuovo in F1: sarà pilota di riserva Mercedes e Aston Martin , su La Gazzetta dello Sport . URL consultato il 9 aprile 2021 .
  20. ^ Gara: Hulkenberg vince al debutto , in formulapassion.com , 14 giugno 2015. URL consultato il 23 giugno 2015 .

Altri progetti

Collegamenti esterni