Macedônia do Norte

Da Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para a navegação Ir para a pesquisa
Macedônia do Norte
Macedônia do Norte - Bandeira Macedônia do Norte - Brasão de Armas
( detalhes ) ( detalhes )
Macedônia do Norte - Localização
Dados administrativos
Nome completo República da Macedônia do Norte [1]
Nome oficial ( MK ) Република Северна Македонија
( SQ ) Republika e Maqedonisë së Veriut
Línguas oficiais Macedônio e albanês [2] [3]
Outras línguas Turco , Romani , Sérvio [2]
Capital Brasão de Skopje.svg Skopje (568.000 habitantes / 2018)
Política
Forma de governo República parlamentar
Presidente Stevo Pendarovski
primeiro ministro Zoran Zaev
Independência Da Iugoslávia ,
25 de setembro de 1991
Entrada na ONU 8 de abril de 1993
Superfície
Total 25 713 km² ( 148º )
% de água 1,9%
População
Total 2 076 255 hab. (2019 [4] ) ( 148º )
Densidade 83,57 habitantes / km²
Taxa de crescimento 0,15% (2020) [2]
Nome dos habitantes Macedônios
Geografia
Continente Europa
Fronteiras Albânia , Bulgária , Sérvia , Kosovo (território disputado), Grécia
Jet lag UTC +1
horário de verão : UTC + 2
Economia
Moeda Dinar macedônio
PIB (nominal) 9 630 [5] milhões $ (2018) ( 135º )
PIB per capita (nominal) 14 500 $ (2016) ( 100º )
PIB ( PPP ) $ 21 625 milhões (2016) ( 124º )
PIB per capita ( PPP ) 21 465 $ (2012) ( 87º )
ISU (2016) 0,748 (alto) ( 82º )
Fertilidade 1.4 (2011) [6]
Vários
Códigos ISO 3166 MK , MKD, 807
TLD .mk , .мкд
Prefixo tel. +389
Autom. NMK
Hino Nacional Denes nad Makedonija (em italiano Oggi na Macedônia )
feriado nacional 8 de setembro
Macedônia do Norte - Mapa
Evolução histórica
Estado anterior Iugoslávia Iugoslávia
Bandeira da República Socialista da Macedônia.svg RS macedônio

Coordenadas : 41 ° 39'N 21 ° 43'E / 41,65 ° N 21,716667 ° E 41,65; 21,716667

Norte Macedónia, oficialmente o Republic of North Macedónia (em macedônio : Република Северна Македонија ,? Transliterado : Republika Severna Makedonija, em albanês : Republika e Maqedonisë Së Veriut), é um estado da sudeste da Península Balcânica na Europa . A capital é Skopje .

Até 2019, o nome oficial do estado era República da Macedônia : por isso o país estava envolvido em uma disputa de longa data sobre seu nome com a Grécia , que terminou em junho de 2018 graças ao acordo Prespa . Apesar do fracasso em atingir o quorum no referendo confirmatório de 30 de setembro, o parlamento macedônio aprovou em janeiro de 2019 uma emenda constitucional para adotar o nome de Macedônia do Norte , que se tornou oficial no dia 12 de fevereiro seguinte, [7] e, portanto, poderá aderir à OTAN com o novo nome em 27 de março de 2020 e abrir caminho para a entrada na União Europeia , [8] [9] sendo o país um dos candidatos formalmente à adesão à UE . [10]

Por alguns estados, incluindo os da União Europeia , bem como pela própria União e outras entidades supranacionais, foi reconhecida como a Antiga República Jugoslava da Macedónia [11] (abreviado ERJM ou FYROM; [12] em inglês Antiga República Jugoslava da Macedônia , FYROM; em macedônio Πоранешна Југословенска Република Македонија, Poranešna Jugoslovenska Republika Makedonija ) após a adesão do país à ONU (1993) com este "nome provisório". [13]

Um estado sem litoral , a Macedônia do Norte faz fronteira com a Albânia a sudoeste, a Bulgária a nordeste, a Sérvia e Kosovo a norte e a Grécia a sudeste. O território governado pela Macedônia era anteriormente o extremo sul da Iugoslávia . As fronteiras de hoje foram estabelecidas logo após a Segunda Guerra Mundial , quando a Iugoslávia socialista estabeleceu a República Popular da Macedônia na área, reconhecendo os macedônios como uma nação separada dentro da Iugoslávia. Renomeada República da Macedônia em 8 de setembro de 1991, ela se separou pacificamente da Iugoslávia, sem outras mudanças territoriais.

Composto principalmente por uma população macedônia e uma albanesa , a coexistência freqüentemente resultou em disputas étnicas e territoriais de longa data, bem como políticas [14] [15] [16] [17] [18] . Existem também pequenas minorias ciganas , turcas e servo-búlgaras.

As línguas oficiais faladas na Macedônia do Norte são o macedônio ( escrita cirílica ) e o albanês .

Geografia

Geografia física

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Geografia da Macedônia do Norte .
O rio Radika com a aldeia de Dolno Kosovrasti

A Macedônia do Norte compreende apenas uma parte da região geográfica da Macedônia : o restante é dividido entre a vizinha Grécia (com pouco mais da metade do total ), Bulgária (com menos de um décimo ), Albânia e Sérvia.

O terreno é principalmente montanhoso, acidentado com vales profundos e bacias, localizado entre o Šar e Rhodope em torno do vale de Vardar . Três grandes lagos, o Lago Ohrid , o Lago Prespa e o Lago Dojran estão localizados na fronteira sul da República, cortados pelas fronteiras com a Albânia e a Grécia. O rio mais importante é o Vardar , que continua na Grécia com o nome de Axios.

O clima é temperado quente, com verões e outonos secos, e invernos relativamente frios com neve pesada. A região é sismicamente muito ativa e já sofreu terremotos destrutivos no passado, o mais recente ocorreu em 1963 , quando Skopje foi fortemente danificada por um terremoto muito violento.

Geografia política

A maior cidade é a capital Skopje , que tem cerca de 500.000 habitantes. Depois disso, as maiores cidades são Kumanovo , Tetovo , Gostivar , Struga , Bitola , Prilep , Ohrid e Veles , com uma população entre 50.000 e 100.000 habitantes.

Divisão administrativa

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Municípios da Macedônia do Norte .


O país está dividido em 85 municípios (na língua macedônia : oпштини, opštini; singular: oпштина, opština), dez dos quais estão agrupados na Grande Skopje , uma cidade metropolitana .

Ambiente

Mais de 7% do território está total / parcialmente protegido. [19] Na Macedônia do Norte, existem:

  • 3 parques nacionais (Pelister desde 1948, Mavrovo desde 1949, Galičica desde 1958) [20]
  • 4 reservas naturais integrais
  • 3 paisagens protegidas
  • 14 áreas com flora ou fauna particular
  • 33 áreas declaradas monumentos naturais

Sociedade

Cidade

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Cidades da Macedônia do Norte .

Existem 34 cidades na Macedônia do Norte, das quais apenas cinco têm população superior a 50.000. A capital Skopje sozinha representa cerca de 25% da população nacional total.

Etnias

O estado macedônio é composto por dois grupos étnicos principais. De acordo com as últimas pesquisas da CIA de 2016, eles estão divididos da seguinte forma: [2]

  • o grupo principal (66,5% da população) são os macedônios , cuja língua materna, o macedônio , uma língua eslava do sul , é falada por cerca de 1,5 milhão de habitantes.
  • o segundo grupo étnico (25,1%) são os albaneses , cuja língua é falada há cerca de 500.000 pessoas ; por lei, o albanês é a língua oficial a nível municipal nos municípios onde existe uma presença étnica albanesa de mais de 20% da população. [21]

Existem também algumas minorias, entre as quais as mais importantes são: búlgaros , turcos , sérvios , arumenianos , ciganos .

Centro histórico de Bitola .

Demografia

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Demografia da Macedônia do Norte .

Como em todas as repúblicas da ex-Iugoslávia, a queda causou uma significativa emigração, motivada pela crise econômica e acentuada por tensões étnicas. Mais de 4.000 cidadãos macedônios do noroeste da então República da Macedônia - em particular das aldeias de Skudrinje, Žirovnica, Trebište, Rostuša, Golem Papradnik , Centar Zupa e a cidade de Gostivar - emigraram para a Itália do meio do anos noventa, instalando-se em cidades como Roma , Ancona , Treviso .

línguas

As línguas oficiais do país são o macedônio , uma língua eslava do sul escrita no alfabeto cirílico , e o albanês .

As línguas de grupos étnicos minoritários são localmente reconhecidas, incluindo o turco , o Romani falado pelos Roma [22] , o sérvio , o Aromaniano e a variante deste último, o Meglenoromaniano falado pelos meglenorumens.

O estado macedônio é o único a reconhecer oficialmente a língua aromena, uma língua indígena da região, falada como língua materna por 9.695 aromeni (censo de 2002), mas conhecida por milhares de outros cidadãos macedônios de ascendência aromena que se urbanizaram.

Religiões

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Igreja Ortodoxa da Macedônia .

De acordo com o censo de 2002 , a maioria da população é composta por membros da Igreja Ortodoxa da Macedônia (64,8%) [2] , seguida em grande parte pelos Eslavos-Macedônios.

A segunda religião mais difundida no país é o Islã (33,3%), praticado principalmente pela população albanesa e pelos turcos (ou seja, os eslavo-macedônios de fé muçulmana) e pelas minorias turcas [2] . 1,5% é representado por outros cultos não especificados (Arumeni, Romani). O catolicismo de rito romano, inferior a 1%, é observado em alguns territórios habitados por albaneses.

  • Cristãos ~ 65%
    • Ortodoxa 64,8%
    • Católicos <1%
  • Muçulmanos 33,3%
  • Cultos não especificados 1,5%

História

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: História da Macedônia do Norte .

O território da atual Macedônia do Norte fez parte, ao longo dos séculos, de vários estados e impérios antigos. Peônia , a antiga Macedônia , o Império Romano e o Império Bizantino ; no século VI-VII DC os primeiros eslavos chegaram e mais tarde os estados medievais da Bulgária e da Sérvia foram formados. No século 15, a região foi conquistada pelo Império Otomano .

Após as duas guerras dos Bálcãs em 1912 e 1913 e a dissolução do Império Otomano , tornou-se parte da Sérvia e foi reconhecida como Јужна Србија ( Južna Srbija , "sul da Sérvia"). Após a Primeira Guerra Mundial , a Sérvia juntou-se ao recém-formado Reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos . Em 1929 , o reino foi rebatizado de Iugoslávia e dividido em províncias chamadas " banovina ". O território da Macedônia do Norte moderna tornou-se Vardar banovina ( Vardarska Banovina ).

Em 1941, o Reino da Iugoslávia foi ocupado pelos Poderes do Eixo . A Banovina del Vardar foi dividida entre a Bulgária e a Itália , que na época ocupava a Albânia . O rígido governo que as forças de ocupação estabeleceram na área encorajou muitos macedônios eslavos a apoiar o movimento de resistência de Josip Broz Tito , que se tornou presidente da Iugoslávia no final da guerra. Após a conclusão da Segunda Guerra Mundial , a República Popular da Macedônia na Iugoslávia tornou - se uma das seis repúblicas da República Popular Federal da Iugoslávia . Após a renomeação da Federação Iugoslava para República Federal Socialista da Iugoslávia em 1963 , a República Federal da Macedônia foi renomeada da mesma forma como República Socialista da Macedônia . A república se renomeou República da Macedônia em 1991 , quando se separou pacificamente da Iugoslávia : desde então, entrou em conflito formal com a Grécia pelo nome oficial do estado após sua declaração de independência, e somente em 2018 houve uma séria tentativa de resolução a disputa. [23]

Vista de Skopje

A República da Macedônia permaneceu em paz durante a guerra civil iugoslava no início de 1990, mas esteve parcialmente envolvida na guerra de Kosovo em 1999 , quando cerca de 360.000 albaneses fugiram de Kosovo para o país. Os refugiados retornaram rapidamente à sua região no final da guerra, mas logo depois disso, os radicais albaneses de ambos os lados da fronteira pegaram em armas para reivindicar autonomia ou independência para as áreas de maioria albanesa da república. Uma pequena guerra civil foi travada e os albaneses étnicos se rebelaram, especialmente no norte e leste do país, em março / junho de 2001 . O conflito terminou com a intervenção de um pequeno contingente de vigilância da OTAN e com o compromisso do governo de reconhecer culturalmente a minoria albanesa.

De acordo com o acordo Prespa de junho de 2018, a República da Macedônia mudou seu nome, após um referendo não vinculativo confirmatório em 30 de setembro de 2018, na República da Macedônia do Norte; o referendo teve um resultado inesperado: 94,18% dos eleitores votaram sim para mudar, mas o quorum necessário de 50% mais um não foi alcançado (os participantes eram apenas 36,91%). O primeiro-ministro macedônio Zoran Zaev , no entanto, decidiu prosseguir com os procedimentos para a mudança de nome e conseguiu que a revisão constitucional fosse aprovada no Parlamento em janeiro de 2019, [24] e a Grécia também aprovou o acordo alguns dias depois.

Em 27 de março de 2020, o país aderiu oficialmente à OTAN, embora também deva aderir à UE em 2025 . [8] [9]

Política

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Política da Macedônia do Norte .

Política interna

A Macedônia do Norte é uma democracia parlamentar com um governo composto por uma coalizão de partidos com uma legislatura unicameral ( Собрание , Sobranie ) e um judiciário independente com um tribunal constitucional. O papel do Presidente da República é principalmente cerimonial, o verdadeiro poder está nas mãos do Presidente do Governo da Macedônia.

Ao mudar para um novo sistema de leis e eleições realizadas em 2005, as funções do governo local foram divididas em 78 municípios (општини opštini, singular - општина Opština). A capital, Skopje, é governada por um conjunto de 10 municípios, referidos coletivamente como "Град Скопjе" "a cidade de Skopje".

Na Macedônia do Norte, a principal divergência política é entre os partidos, em sua maior parte, baseada em distinções étnicas e representando a maioria macedônia do país e a minoria albanesa. A questão do equilíbrio de poder entre as duas comunidades levou a uma breve guerra civil em 2001 , após a qual se chegou a um acordo sobre a divisão de poderes.

Política estrangeira

A Macedônia do Norte é membro de várias organizações internacionais, como as Nações Unidas e a OSCE , onde está registrada com o nome provisório de " Antiga República Iugoslava da Macedônia " (Antiga República Jugoslava da Macedônia [25] ).

Desde 27 de março de 2020, é oficialmente membro da OTAN [26] , e ainda está em negociações para acessar a União Europeia (já aceito como país candidato à entrada, como a Turquia).

Relações com a União Europeia

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Adesão da Macedônia do Norte à União Europeia .

Desde 2001, ano da assinatura do Acordo de Estabilização e Associação, o processo de integração europeia do país passou por uma série de altos e baixos, que o prolongaram consideravelmente. No entanto, o país é oficialmente candidato à entrada na União Europeia.

Estas são as etapas já cobertas:

  • 9 de abril de 2001 : assinatura do Acordo de Estabilização e Associação ;
  • 27 de abril de 2002 : envio dos instrumentos de ratificação do Acordo de Estabilização e de Associação ao Secretariado-Geral da União Europeia;
  • 22 de março de 2004 : apresentação do pedido de adesão à União Europeia;
  • 1 de abril de 2004 : entrada em vigor do Acordo de Estabilização e Associação;
  • 17 de dezembro de 2005 : o Conselho Europeu concede o status de candidato a membro da UE.

A disputa de nome

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Disputa sobre o nome da República da Macedônia .

A República da Macedônia, desde sua independência ( 1991 ), tem se envolvido em uma disputa com a Grécia sobre o nome oficial do país, símbolos nacionais e constituição.

No momento da proclamação da independência do novo estado, o governo grego levantou três objeções que impediram seu reconhecimento:

  • o primeiro foi resolvido após o referendo confirmatório e a posterior revisão constitucional sobre o uso do nome "Macedônia", em virtude do fato de que o termo (considerado pela Grécia como parte exclusiva de sua história e patrimônio cultural [27] ) também indica a Macedônia moderna na Grécia ;
  • a segunda relacionada à bandeira originalmente adotada pela República da Macedônia, na qual estava o Sol de Vergina , símbolo da dinastia de Filipe, o macedônio , pai de Alexandre o Grande , enquanto a Grécia reprovava a nova República por ter se apropriado indevidamente de um símbolo da antigo Estado da Macedônia e que até agora foi resolvido graças à mudança de bandeira .
  • finalmente, a terceira objeção dizia respeito a algumas cláusulas incluídas na constituição da nova República, que poderiam ser interpretadas como um presságio de possíveis reivindicações territoriais. [ sem fonte ]

Por outro lado, a República da Macedônia estava preocupada que possíveis soluções alternativas pudessem constituir pontos de apoio para reivindicações territoriais, primeiro da Iugoslávia e depois da Sérvia.

As oposições avançadas pela Grécia ao uso do nome Macedônia pelo novo estado são as já mencionadas origens helênicas do nome, que contrastam com o fato de que as tribos eslavas não se estabeleceram no território até o século VI . Posteriormente, o governo grego declarou que o nome Macedônia havia sido atribuído ao país pela primeira vez por Tito , presidente da Iugoslávia, por volta de 1950 , quando era a província do extremo sul da Iugoslávia: sob o Reino da Iugoslávia , na verdade, o território constituiu a "província ( banovina ) de Vardar ". No entanto, no Império Otomano, a região entre o Mar Egeu no sul, o Lago Ohrid no oeste, o Rio Mesta no leste e a cordilheira Sar Planina no norte era comumente chamada de Macedônia . [28]

Como um compromisso, a Organização das Nações Unidas reconheceu a república na primavera de 1993 sob o nome de Antiga República Iugoslava da Macedônia ( Antiga República Iugoslava da Macedônia). Após a admissão do novo estado às Nações Unidas sob esse nome, outras organizações internacionais adotaram a mesma convenção, incluindo a União Europeia, a OTAN e o Comitê Olímpico Internacional .

As disputas foram todas resolvidas.

Cento e dezoito estados (incluindo os Estados Unidos da América , Rússia , China e Bulgária) reconheceram o estado como a " República da Macedônia " ou simplesmente " Macedônia ", [27] enquanto outros países o reconheceram como a " Antiga República Iugoslava da Macedônia "; outros ainda não tinham uma posição unívoca. No entanto, todos concordaram em reconhecer qualquer acordo final resultante de negociações dentro das Nações Unidas. Mesmo lá, onde este estado é reconhecido com o nome de "Antiga República Iugoslava da Macedônia", é muitas vezes referido, pela simplicidade, como Macedônia. [ sem fonte ] .

Depois de propor como uma solução para a disputa os nomes "República de Skopje" e "República de Vardar" (ambos rejeitados pela República da Macedônia), [27] [29] a Grécia passou da oposição absoluta ao nome " Macedônia " no denominação oficial do novo Estado mediante solicitação que o nome seja acompanhado por um qualificador ( "Alta Macedonia", 'New Macedonia', 'Macedónia-Skopje', ...), [27] convergindo assim com as propostas dos mediadores nomeados pela Organização das Nações Unidas, Cyrus Vance e, mais tarde, Matthew Nimitz . [27] Mas a República da Macedônia recusou qualquer qualificação e estava disposta a admitir um nome duplo escolhido pelo estado que o utiliza, o que implica, no entanto, o nome sem qualificadores em organizações internacionais, que geralmente adotam o nome preferido pelo próprio estado .

Embora a disputa pelo nome com a Grécia tenha continuado até 2018 e tenha bloqueado o acesso da República da Macedônia à União Europeia e à OTAN [30] (embora na prática os dois países concordassem nas outras questões), as relações econômicas e de cooperação desenvolveram-se a tal ponto desde então 1995 que a Grécia é agora considerada um dos mais importantes parceiros e investidores estrangeiros. [31]

No final de longas negociações, em 12 de junho de 2018, o primeiro-ministro macedônio Zoran Zaev e o primeiro-ministro grego Alexīs Tsipras anunciaram o acordo sobre o nome: o estado será denominado "República da Macedônia do Norte". Este nome deve ser incluído na Constituição do país e ratificado por referendo ; no final deste processo, podem ser iniciadas as negociações para a adesão do país à NATO e à União Europeia. [32] [33]

Em 30 de setembro de 2018, o referendo , conforme estabelecido pelo acordo com a Grécia, para o novo nome do país (Macedônia do Norte) fracassou. A participação eleitoral não atingiu o quorum de 50% mais um, parando em 36,87%. A maioria dos eleitores, 91,48%, foi a favor da mudança de nome, enquanto apenas 5,64% expressou sua oposição à mudança [34] .

Apesar do resultado do referendo, em outubro de 2018, por maioria de 2/3, foi iniciado o procedimento de alteração da denominação para República da Macedónia do Norte . [35] As mudanças constitucionais necessárias foram aprovadas pela Sobranie , com 81 votos a favor de 120, em 11 de janeiro de 2019. [36] [37] No dia 25 de janeiro seguinte, o Parlamento Helênico também aprovou o acordo de Prespa, com um maioria estreita de 153 votos a favor e 146 contra. [38] [39] Para que a mudança de nome entre em vigor, o acordo prevê que a Grécia também deve aprovar a adesão da Macedônia do Norte à OTAN (cujo protocolo foi assinado em Bruxelas em 6 de fevereiro de 2019 [40] [41] ) e que o O governo macedônio informa os estados com os quais mantém relações diplomáticas e organizações internacionais sobre a mudança do nome [42] [43] . Em 8 de fevereiro de 2019, o parlamento grego ratificou o protocolo de adesão da Macedônia do Norte à OTAN, completando assim todas as cláusulas previstas para a entrada em vigor do acordo sobre o nome [44] .

Em 12 de fevereiro de 2019, o governo da República da Macedônia do Norte anunciou a entrada em vigor do acordo e das emendas constitucionais que efetivamente implementaram a mudança do nome do estado, encerrando a disputa com a Grécia [45] [46] .

Instituições

Universidade

Entre as universidades mais importantes, lembramos a Universidade dos Santos Cirilo e Metódio de Skopje , a maior da Macedônia do Norte, fundada em 1949.

E entre outras universidades, lembramos a Universidade de San Clemente de Ohrid de Bitola , criada em 1979 e a Universidade de Goce Delcev de Stip , criada em 2007.

Economia

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Economia da Macedônia do Norte .

A República da Macedônia era uma das áreas mais pobres da ex-Iugoslávia . Nel settembre 1991, anno della sua pacifica indipendenza, produceva soltanto il 5% di tutti i beni e servizi della Repubblica Federale. L'indipendenza ha fatto cessare l'arrivo dei fondi provenienti dal governo federale, acuendo la difficile situazione economica. I primi anni di indipendenza hanno risentito gli effetti negativi di molte situazioni: l'assenza di infrastrutture; la mancanza di un mercato libero; le sanzioni dell'ONU alla Serbia che rappresenta uno dei suoi principali mercati; l'embargo economico dalla Grecia per la controversia legata al nome e alla costituzione. Per tutto questo l'economia è ristagnata fino al 1996; dopo di che si è avuta una ripresa fino al 2000. Successivamente si è avuto l'effetto negativo dell'insurrezione albanese del 2001, che ha comportato una riduzione degli scambi commerciali. L'aumento della disoccupazione e la diffusione del mercato nero continuano a essere un grave peso per lo sviluppo dell'economia macedone. Il PIL pro capite rimane uno dei più bassi d'Europa.

Cultura

Icona dell'Annunciazione, chiesa di San Clemente di Ocrida, XIV secolo

In Macedonia del Nord vi si trovano siti religiosi di rilevanza.

Gli stili musicali macedoni si sono sviluppati sotto la forte influenza della musica ecclesiastica bizantina, delle danze e delle musiche albanesi e turco-ottomane.

La Macedonia del Nord è uno dei paesi dove si trovano i meglio preservati affreschi bizantini dal periodo tra l'XI e il XVI secolo [ senza fonte ] . Ci sono varie migliaia di metri quadrati di affreschi ben preservati, la maggior parte delle quali è in ottime condizioni e rappresenta i capolavori della pittura della scuola bizantino-macedone.

Nella Repubblica l'architettura passata incontra spesso quella presente; l'architettura antica dei monasteri e delle chiese provocano contrasto con l'architettura moderna. La maggior parte dei monasteri macedoni, costruiti in vari periodi, e particolarmente quelli costruiti tra l'XI e il XV-XVI secolo, sono giunti a oggi perfettamente conservati. Le icone macedoni, e in particolare quelle di Ocrida fanno parte delle collezioni più preziose del mondo odierno. Secondo il punto di vista degli studi bizantini , sono quasi uniche.

Letteratura

Una letteratura propria macedone si afferma nel XX secolo con il poeta Kočo Racin , il fondatore della letteratura macedone moderna.

Musica

Lo strumento propriamente macedone è la gaida , usato anche il fyelli o kaval, anche la çiftelia (queste ultime in uso soprattutto presso l'etnia albanese) trova posto nella musica tradizionale del paese.

Gli eventi culturali più importanti del paese sono il Festival estivo di Ocrida di musica classica e del dramma, le serate poetiche con poeti da più di 50 paesi del mondo, le Serate all'Opera di Sofia di maggio, il Camera Festival a Bitola , Il Teatro aperto giovanile ei festival jazz a Skopje, ecc.

Tra i cantanti macedoni più affermati a livello internazionale ricordiamo Toše Proeski , noto per vari album e per il brano Aria cantato in italiano assieme a Gianna Nannini [47] ; tra gli altri cantanti macedoni ricordiamo Kaliopi .

Cinema

Per quanto riguarda l'ambito cinematografico la Macedonia del Nord si è affermata in campo internazionale con il regista Milčo Mančevski , il cui film Prima della pioggia (1994) ha ottenuto la nomination all' Oscar al miglior film straniero , nel 1995.

Festività pubbliche

Le principali festività della Macedonia del Nord sono:

Data Nome italiano Nome locale Note
1º–2 gennaio Capodanno Нова Година, Nova Godina
7 gennaio Natale ( ortodosso ) Прв ден Божик, Prv den Božik
Aprile/maggio Venerdì santo (ortodosso) Велики Петок, Veliki Petok
Aprile/maggio Pasqua (ortodossa) Прв ден Велигден, Prv den Veligden La Pasqua ortodossa non coincide con quella cattolica
Aprile/maggio Lunedì dell'Angelo (ortodosso) Втор ден Велигден, Vtor den Veligden
1º maggio Festa dei lavoratori Ден на трудот, Den na trudot
24 maggio Giorno di San Cirillo e San Metodio Св. Кирил и Методиј, Ден на сѐсловенските просветители; Sv. Kiril i Metodij, Den na sèslovenskite prosvetiteli
2 agosto Giorno della Repubblica Ден на Републиката, Den na Republikata Giorno in cui fu fondata la Repubblica di Macedonia nel 1944, coincidente con la rivolta di Ilinden nel 1903 e la vittoria nella battaglia di Cheronea nel 338 aC
8 settembre Giorno dell'indipendenza della Repubblica di Macedonia Ден на независноста, Den na nezavisnosta Giorno dell'indipendenza dalla Jugoslavia, nel 1991
11 ottobre Giorno della rivoluzione Ден на востанието, Den na vostanieto Inizio della guerra antifascista durante la seconda guerra mondiale nel 1941
23 ottobre Giorno della lotta rivoluzionaria macedone Ден на македонската револуционерна борба, Den na makedonskata revolucionarna borba Giorno in cui fu fondata l' Organizzazione Rivoluzionaria Interna Macedone (VMRO) nel 1893
8 dicembre Giorno di San Clemente di Ocrida Св. Климент Охридски, Sv. Kliment Ohridski Santo Patrono della Macedonia del Nord

Oltre a queste ci sono svariate festività religiose minori

Alfabetizzazione

Popolazione totale (di età maggiore di anni 15): 97.8% (Stime 2020) [2]

  • maschi: 98,8%
  • femmine: 96,8%

Istruzione

L'istruzione è gratuita e obbligatoria per 12 anni, divisi in due cicli: 9 anni di scuola elementare, 4 anni di scuola superiore. Nel paese vi sono 7 università.

Gastronomia

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Cucina macedone .

La cucina macedone raccoglie in parte le influenze della cucina mediterranea e di quella mediorientale e il clima favorisce le condizioni di crescita per vari tipi di alimenti.

Arte

Uno dei più celebri artisti macedoni è Vlado Goreski .

Sport

Lo sport più praticato in Macedonia del Nord è il calcio ; il giocatore più famoso è Goran Pandev , un idolo per la popolazione macedone e capocannoniere della Nazionale di calcio della Macedonia del Nord , con 38 reti. Un altro sport molto diffuso è la pallamano , mentre la pallacanestro ha avuto un grande successo nel corso degli anni duemila, prevalentemente grazie alla qualificazione della nazionale macedone al campionato europeo del 2009 e alle semifinali ottenute negli europei del 2011.

Giochi olimpici

LaMacedonia del Nord ai Giochi olimpici ha ottenuto a oggi una sola medaglia, aggiudicata al lottatore Mogamed Ibragimov , medaglia di bronzo nella categoria 85 kg di lotta libera ai Giochi olimpici estivi del 2000 .

Galleria d'immagini

Note

  1. ^ La Macedonia del Nord si appresta ad aderire a NATO e UE .
  2. ^ a b c d e f g ( EN ) North Macedonia , su The World fact book , cia.gov , CIA. URL consultato il 25 maggio 2020 .
  3. ^ Lingua co-ufficiale a livello statale (esclusa la difesa, la polizia centrale e la politica monetaria) e nelle unità di autogoverno locale in cui i parlanti sono il 20% o più.
  4. ^ ( EN ) North Macedonia in Figures 2020 ( PDF ), su stat.gov.mk . URL consultato il 5 marzo 2021 .
  5. ^ Dati dal Fondo Monetario Internazionale, ottobre 2013 , su imf.org . URL consultato il 2 maggio 2019 ( archiviato il 19 maggio 2019) .
  6. ^ Tasso di fertilità nel 2011 , su data.worldbank.org . URL consultato il 12 febbraio 2013 ( archiviato il 23 febbraio 2013) .
  7. ^ ( EN ) Announcement of the Government of the Republic of North Macedonia for entry into force of the Final Agreement, Constitutional Amendments and Constitutional Law for Implementation of Amendments , Governo della Repubblica della Macedonia del Nord, 12 febbraio 2019. URL consultato il 13 febbraio 2019 ( archiviato il 13 febbraio 2019) .
  8. ^ a b Macedonia del Nord, un nuovo nome sigla la pace con la Grecia e apre le strade per la Nato , in LaStampa.it . URL consultato il 13 giugno 2018 .
  9. ^ a b Flop referendum nome, per Macedonia Ue-Nato più lontane , in Ansa.it . URL consultato il 1º ottobre 2018 .
  10. ^ L'entrata della Repubblica della Macedonia del Nord nella UE permetterebbe al paese di migliorare la situazione interna: attualmente il paese è dilaniato dalla crescente polarizzazione fra europeisti ed irredentisti (albanesi) e nazionalisti (slavo-macedoni), questi ultimi appiattiti su posizioni anti-Nato, filo-russe, e anti-greche. Tutto questo sullo sfondo dell'agenda neo-ottomana e pan-islamista che la Turchia sta perseguendo da alcuni anni nella regione a maggioranza musulmana, finanziando centri culturali, moschee e scuole. La Cina e soprattutto la Russia influiscono, inoltre, per acquisire maggiore peso e ostacolare i piani dell'asse Washington-Bruxelles, nella pericolosa influenza giocata per radicalizzare la regione balcanica.
  11. ^ Ex Repubblica Jugoslavia di Macedonia , su Ministero degli Affari Esteri . URL consultato il 30 settembre 2018 .
  12. ^ ERJM , su Dipartimento per le Politiche Europee . URL consultato il 30 settembre 2018 .
  13. ^ Igor Janev , Legal Aspects of the Use of a Provisional Name for Macedonia in the United Nations System, AJIL, Vol. 93. no 1. 1999.
  14. ^ La popolazione albanese nella parte di confine con Albania, Kosovo e Grecia, si sente discriminata e non rappresentata dalla classe politica macedone di lingua slava, e spera ancora ad un ricongiungimento nazionale con la Repubblica d'Albania, formando così la cosiddetta Albania etnica , ovvero l'Albania comprendente tutti i territori di lingua albanese lasciati fuori dalla nazione dal Trattato di Londra (1913) .
  15. ^ Euronews reporter - FYROM, ritorno delle tensioni interetniche , su youtube.com . URL consultato il 14 maggio 2020 .
  16. ^ Macedonia: una sentenza fa riemergere le spaccature con la minoranza albanese , su youtube.com . URL consultato il 14 maggio 2020 .
  17. ^ Macedonia: dopo l'attacco a Kumanovo si teme che il Paese precipiti nell'instabilità , su youtube.com . URL consultato il 14 maggio 2020 .
  18. ^ Macedonia, oltre 100 feriti nell'assalto al Parlamento di Skopje , su youtube.com . URL consultato il 15 maggio 2020 .
  19. ^ ( EN ) the former Yugoslav Republic of Macedonia , su whc.unesco.org .
  20. ^ ( EN ) National Parks , su exploringmacedonia.com . URL consultato il 5 marzo 2021 .
  21. ^ La legge sulla lingua ufficiale è stata approvata dal Parlamento , in macedoniaonline.eu , 26 luglio 2008. URL consultato il 27 luglio 2008 (archiviato dall' url originale il 21 settembre 2012) .
    «Користејќи ги Бадентеровите принципи, Парламентот го изгласа законот за употреба на јазиците кој ги засега сите етнички групи во Македонија. Законот не дозволува употреба на албанскиот или било кој малцински јазик како втор официјален јазик на територијата на Македонија.» .
  22. ^ A Šuto Orizari , frazione della capitale Skopje, è ufficiale la lingua romaní .
  23. ^ ( EN ) Macedonia name dispute: PMs watch as ministers sign 'historic' deal , su BBC , 17 giugno 2018.
  24. ^ Macedonia cambia nome, si del parlamento di Skopje , Euronews, 11 gennaio 2019.
  25. ^ Risoluzione Assemblea Generale dell'ONU "By resolution A/RES/47/225 of 8 April 1993, the General Assembly decided to admit as a Member of the United Nations the State being provisionally referred to for all purposes within the United Nations as "the former Yugoslav Republic of Macedonia" pending settlement of the difference that had arisen over its name."
  26. ^ North Macedonia joins NATO as 30th Ally
  27. ^ a b c d e Risto Karajkov, Il nome della discordia - Un riepilogo , su osservatoriobalcani.org , Osservatorio Balcani, 3 aprile 2008. URL consultato il 18 luglio 2009 .
  28. ^ Dott. Rodolfo Bastianelli, La questione macedone , Informazioni della Difesa, 2/2004 ( PDF [ collegamento interrotto ] )
  29. ^ Matteo Tacconi, Chi ha il diritto di chiamarsi Macedonia? Il duello tra Atene e Skopje , su europaquotidiano.it . URL consultato il 18 luglio 2009 (archiviato dall' url originale il 22 luglio 2011) .
  30. ^ Il 5 dicembre 2011 la Corte internazionale di giustizia (ICJ) ha stabilito che la Grecia, nell'ostacolare l'ingresso della Repubblica di Macedonia nella NATO, ha violato l' Interim Accord stipulato tra i due paesi il 13 settembre 1995. La Corte ha altresì riconosciuto che la Macedonia, nel 2004, ha violato lo stesso accordo facendo uso di un simbolo da esso proibito.
    ( EN ) International Court of Justice, Press Release Unofficial No. 2011/37 ( PDF ), 5 dicembre 2011. URL consultato il 15 luglio 2013 (archiviato dall' url originale l'11 gennaio 2012) .
  31. ^ ( EN ) Banca Nazionale della Repubblica di Macedonia, Rapporto annuale 2003 , ( PDF Archiviato il 5 marzo 2016 in Internet Archive .)
  32. ^ Ansa, Su nome Macedonia accordo Atene-Skopje , 12 giugno 2018. URL consultato il 13 giugno 2018 .
  33. ^ Ettore Livini, Macedonia, Atene e Skopje si accordano sul nuovo nome , su repubblica.it . URL consultato il 13 giugno 2018 ( archiviato il 13 giugno 2018) .
  34. ^ Giordano Merlicco, La Grecia e la Macedonia (del Nord): storia, politica e geopolitica di una contesa balcanica , in Rivista di Studi Politici , vol. 2018, n. 3-4, pp. 157-76. URL consultato il 1º aprile 2019 ( archiviato il 1º aprile 2019) .
  35. ^ Macedonia, il cambio di nome approvato dal Parlamento. Si chiamerà Macedonia del Nord per entrare in Ue e Nato , Il Fatto Quotidiano. URL consultato il 12 dicembre 2019 ( archiviato il 22 ottobre 2018) .
  36. ^ Macedonia: via libera a nuovo nome 'Macedonia del Nord' , su ansa.it , 11 gennaio 2019. URL consultato il 15 gennaio 2019 ( archiviato il 13 gennaio 2019) .
  37. ^ ( EN ) Sinisa Jakov Marusic, Macedonia MPs Pass Amendments to Change Country's Name , su balkaninsight.com , 11 gennaio 2019. URL consultato il 15 gennaio 2019 ( archiviato l'11 gennaio 2019) .
  38. ^ Il Parlamento di Atene ratifica l'accordo sul nome della Macedonia , su rainews.it , 25 gennaio 2019. URL consultato il 26 gennaio 2019 ( archiviato il 26 gennaio 2019) .
  39. ^ Ettore Livini, Sì della Grecia all'intesa sulla Macedonia. Skopje pronta a entrare in Ue e Nato , su repubblica.it , 25 gennaio 2019. URL consultato il 26 gennaio 2019 .
  40. ^ Macedonia: siglato protocollo adesione alla Nato , su ansa.it , 6 febbraio 2019. URL consultato l'8 febbraio 2019 .
  41. ^ ( EN ) Vukašin Živković, All 29 Permanent NATO Representatives sign the Accession Protocol with Skopje , su europeanwesternbalkans.com , 6 febbraio 2019. URL consultato l'8 febbraio 2019 .
  42. ^ ( EN ) Greek Parliament approves the Prespa Agreement: Reactions, what happens next , su europeanwesternbalkans.com , 26 gennaio 2019. URL consultato il 26 gennaio 2019 .
  43. ^ Ilcho Cvetanoski, La Macedonia (del Nord) e gli accordi di Prespa, trionfo o disfatta? , su balcanicaucaso.org , 6 febbraio 2019. URL consultato l'8 febbraio 2019 .
  44. ^ ( EN ) Greek Parliament approves the Protocol for Macedonia's NATO membership , su europeanwesternbalkans.com , 8 febbraio 2019. URL consultato il 10 febbraio 2019 .
  45. ^ ( EN ) Announcement of the Government of the Republic of North Macedonia for entry into force of the Final Agreement, Constitutional Amendments and Constitutional Law for Implementation of Amendments , su vlada.mk , 12 febbraio 2019. URL consultato il 13 febbraio 2019 ( archiviato il 13 febbraio 2019) .
  46. ^ Ufficiale, è nata ieri la Macedonia del Nord , su balcanicaucaso.org , 13 febbraio 2019. URL consultato il 13 febbraio 2019 .
  47. ^ https://www.balcanicaucaso.org/aree/Macedonia-del-Nord/Tose-Proeski-cinque-anni-dopo

Altri progetti

Collegamenti esterni

  • ( MK , EN , SQ ) Sito ufficiale , su vlada.mk . Modifica su Wikidata
  • Macedonia del Nord , in Dizionario di storia , Istituto dell'Enciclopedia Italiana , 2010. Modifica su Wikidata
  • ( IT , DE , FR ) Macedonia del Nord , su hls-dhs-dss.ch , Dizionario storico della Svizzera . Modifica su Wikidata
  • ( EN ) Macedonia del Nord / Macedonia del Nord (altra versione) , su Enciclopedia Britannica , Encyclopædia Britannica, Inc. Modifica su Wikidata
Controllo di autorità VIAF ( EN ) 135978180 · ISNI ( EN ) 0000 0004 0581 699X · LCCN ( EN ) n81038515 · GND ( DE ) 1181214262 · BNF ( FR ) cb15518086d (data) · BNE ( ES ) XX455971 (data) · NLA ( EN ) 36589876 · NDL ( EN , JA ) 01054539 · WorldCat Identities ( EN ) lccn-n81038515