Inglaterra

Da Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para a navegação Ir para a pesquisa
Disambiguation note.svg Desambiguação - "Inglaterra" se refere aqui. Se você estiver procurando por outros significados, consulte Inglaterra (desambiguação) .
Inglaterra
Nação constitutiva
( EN ) Inglaterra
Inglaterra - Brasão de Armas Inglaterra - Bandeira
( detalhes ) ( detalhes )
Localização
Estado Reino Unido Reino Unido
Administração
Capital Brasão de armas da cidade de Londres.svg Londres
Línguas oficiais inglês
Território
Coordenadas
da capital
51 ° 18'09,36 "N 0 ° 04'26,04" E / 51,3026 ° N 0,0739 ° E 51,3026; 0,0739 (Inglaterra) Coordenadas : 51 ° 18'09,36 "N 0 ° 04'26,04" E / 51,3026 ° N 0,0739 ° E 51,3026; 0,0739 ( Inglaterra )
Superfície 130 278,43 km²
Habitantes 55 619 400 (2017)
Densidade 426,93 habitantes / km²
Outra informação
Jet lag UTC + 0
ISO 3166-2 GB-ENG
Nomeie os habitantes inglês
Patrono São Jorge
Hino Deus Salve a Rainha junto com outros
Lema ( FR ) Dieu et mon droit ("Deus e meu direito")
Cartografia
Inglaterra - Localização
Site institucional

A Inglaterra ( inglês : Inglaterra , / ˈɪŋɡlənd / ; no quadro : Pow Sows ) é uma das quatro nações constituintes do Reino Unido , a única que não constitui uma entidade administrativa e não tem um governo autônomo [1] [2] como o outras nações domésticas. Faz fronteira com a Escócia ao norte e a oeste com o País de Gales . A noroeste está o mar da Irlanda , a sudoeste o mar Céltico , a leste o mar do Norte e a sul o canal da Mancha , que o separa da Europa continental . A Inglaterra abrange quase toda a parte centro-sul da ilha da Grã-Bretanha. O país tem, entre outras coisas, mais de 100 ilhas menores, como as Ilhas de Scilly e a Ilha de Wight . A capital é Londres , capital do Reino Unido .

A área que hoje é chamada de Inglaterra já era habitada por homens do Paleolítico superior , mas leva o nome dos Angli , uma das tribos germânicas que se estabeleceram durante os séculos V e VI . Os ângulos da Grã-Bretanha são chamados de anglo-saxões . Na verdade, o nome "Inglaterra" deriva do antigo nome inglês Englaland , que significa: "Terra dos Ângulos" ( latim : Anglia ). A Inglaterra tornou-se um estado unitário em 927 (durante o reinado de Æthelstan de Wessex ) e no século 15 começou a ter um impacto cultural e geopolítico significativo no resto do mundo. [3] A língua inglesa, a Igreja Anglicana e as leis inglesas são a base das organizações dos países pertencentes à Comunidade Britânica . O sistema político parlamentar britânico foi amplamente adotado por outras nações. [4] Precisamente na Inglaterra, a revolução industrial começou no século XVIII , transformando-a na primeira nação industrializada do mundo. [5] A Sociedade Real Inglesa lançou as bases para a ciência experimental moderna. [6]

O território inglês compreende principalmente colinas e planícies baixas, localizadas especialmente no centro e no sul da Inglaterra. No entanto, existem regiões montanhosas no norte (por exemplo, as montanhas Lake District , Pennines e Yorkshire Dales ) e no sudoeste (por exemplo, Dartmoor e Cotswolds ). Londres , a capital da Inglaterra, é a maior área metropolitana do Reino Unido. A população inglesa é de cerca de 53 milhões, cerca de 84% de toda a população do Reino Unido, e está amplamente concentrada em Londres, Midlands e Yorkshire . Prados e pastagens são encontrados em áreas fora das grandes cidades.

O Reino da Inglaterra também incluía o País de Gales , cuja conquista foi concluída pelo Rei Eduardo I em 1282, mas a união formal ocorreu apenas em 1536. Em 1º de maio de 1707, com o Ato de União, o Reino da Inglaterra juntou-se ao Reino da Escócia para formar o novo Reino Unido da Grã-Bretanha . [7] [8] Em 1801, a Grã-Bretanha e o reino da Irlanda se fundiram no Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda por meio de um segundo Ato de União .

História

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: História da Inglaterra .

Inglaterra pré-histórica e antiga

Stonehenge , um monumento neolítico

A primeira evidência da presença humana, na área hoje conhecida como Inglaterra, foi atribuída ao antecessor Homo , que remonta a cerca de 780.000 anos atrás. Os mais antigos ossos proto-humanos descobertos datam de 500.000 anos atrás. [9] Os humanos modernos formaram os primeiros núcleos habitados durante o período do Paleolítico Superior , embora assentamentos permanentes tenham sido estabelecidos apenas nos últimos 6.000 anos. [10] [11] Após a última era do gelo, apenas grandes mamíferos como mamutes , bisões e rinocerontes lanosos permaneceram. Cerca de 11.000 anos atrás, quando o gelo começou a recuar, os humanos repovoaram a área. A pesquisa genética sugere que os povos vieram da parte norte da Península Ibérica . [12] O nível do mar estava mais baixo do que agora e a Grã-Bretanha estava conectada por terra à Irlanda e à Eurásia . [13]

A chamada " cultura redoma " chegou por volta de 2500 aC [14]. Os principais monumentos neolíticos remanescentes, como Stonehenge e Avebury, são desse período. O desenvolvimento da fundição do ferro permitiu a construção de melhores arados , levando ao avanço da agricultura, bem como à produção de armas mais eficazes. [15]

Durante a Idade do Ferro , a cultura celta , derivada de Hallstatt e La Tène , veio da Europa central. A sociedade era tribal, de acordo com a Geografia de Ptolomeu, havia cerca de vinte tribos diferentes na área. No entanto, as divisões anteriores não são conhecidas porque os britânicos não sabiam ler nem escrever. Como outras regiões na orla do Império, a Grã-Bretanha há muito desfrutava de laços comerciais com os romanos . Júlio César tentou invadi-lo duas vezes em 55 aC, embora sem sucesso.

Os romanos invadiram a Grã-Bretanha em 43 DC durante o reinado do imperador Claudius , conquistando posteriormente grande parte da Grã-Bretanha, e a área foi incorporada ao Império Romano como uma província da Britannia. [16] A mais conhecida das tribos nativas que tentaram resistir foram os Catuvellauni liderados por Carataco . Mais tarde, uma revolta liderada por Boudicca , rainha dos Iceni , terminou com o suicídio da rainha após sua derrota na batalha de Watling Road . [17] A partir daqui, na Inglaterra, a cultura greco-romana começou a prevalecer, com a introdução do direito romano , arquitetura romana , sistemas de esgoto , muitas ferramentas agrícolas e seda . [18] [19] [20] No terceiro século , o imperador Septímio Severo morreu em Eboracum (a moderna York ), onde Constantino foi posteriormente proclamado imperador. [21]

A data de introdução do Cristianismo na Inglaterra ainda é uma questão de debate, mas certamente por volta do século IV . A partir de 410, o Império Romano começou seu declínio e muitas unidades do exército deixaram a Inglaterra para defender a Europa continental e participar de guerras civis. [22]

Inglaterra na Idade Média

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Idade Média inglesa .

A retirada dos romanos deixou a Inglaterra aberta a invasões de povos do norte da Europa, em particular os anglos , saxões e jutos, que começaram a se estabelecer inicialmente na parte oriental do país. [22]

Durante este período, as propriedades de terra parecem ter se fragmentado em vários territórios tribais, mas no século 7 , eles se fundiram em uma dúzia de reinos, incluindo os reinos da Nortúmbria , Mércia , Wessex , Essex , Kent e Sussex . Nos séculos seguintes, o processo de consolidação política continuou. [23] Durante o século IX, os ataques contínuos e crescentes dos dinamarqueses culminaram na derrota de muitos reinos ingleses e com o reinado de Alfredo, o Grande, o único sobrevivente.

Os séculos seguintes viram duras batalhas pelo poder até que a dinastia real foi restabelecida por Eduardo, o Confessor, em 1042 . Após a morte de Eduardo, uma disputa de sucessão levou à conquista normanda da Inglaterra por um exército liderado pelo duque Guilherme da Normandia . [24] Esta conquista levou à desapropriação quase total da elite inglesa e à sua substituição por uma nova aristocracia francófona , que teve um efeito profundo e permanente na língua inglesa . [25]

O Rei Henrique V na Batalha de Azincourt , lutou no Dia de São Crispim, que terminou com uma vitória inglesa contra um exército francês maior, durante a Guerra dos Cem Anos .

Os Plantagenetas herdaram o trono inglês com Henrique II , acrescentando a Inglaterra ao império angevino , que incluía feudos que a família havia herdado na França. [26] Eles reinaram por três séculos, com monarcas famosos como Ricardo I , Eduardo I , Eduardo III . [26] Esta era viu mudanças radicais no comércio e na legislação, incluindo a assinatura da Magna Carta , uma lei inglesa usada para limitar os poderes do soberano e proteger os privilégios dos homens livres. O monaquismo católico floresceu e as universidades de Oxford e Cambridge foram fundadas sob o patrocínio real. O Principado de Gales se tornou um feudo Plantageneta durante o século 13 [27] e o senhorio da Irlanda foi dado à monarquia inglesa pelo papa.

Durante o século 14 , os Plantagenetas e a dinastia Valois reivindicaram ser ambos descendentes legítimos dos Capetianos e, portanto, possuidores dos domínios na França. Os dois poderes acabaram entrando em conflito no que mais tarde foi chamado de Guerra dos Cem Anos . [28] Uma epidemia de peste negra atingiu a Inglaterra, começando em 1348, e levou à morte de quase metade dos habitantes. [29] [30]

De 1453 a 1487, uma guerra civil foi travada entre os dois ramos da família real, os Yorks e os Lancasters , conhecida como a Guerra das Rosas . [31] A conclusão da guerra levou os Yorkistas a perderem o trono para uma família nobre galesa, os Tudors , um ramo dos Lancastrianos liderados por Henry Tudor, que invadiu a Inglaterra com os mercenários galeses e bretões, obtendo a vitória na Batalha de Bosworth Field , no qual o rei Ricardo III de York foi morto.

O símbolo da Inglaterra, a rosa tundor , é dedicado a Ricardo III de York pela família tundor, que se tornou duque de cambrige, local onde a rosa foi colhida, à sombra da universidade.

Idade Moderna

O rei Henrique VIII tornou-se o chefe supremo da Igreja da Inglaterra .

Durante o período Tudor , o Renascimento chegou à Inglaterra graças à chegada de cortesãos italianos que introduziram a arte, a filosofia e as ciências da antiguidade clássica. [32] Durante este período, a Inglaterra começou a desenvolver sua própria frota marítima e iniciou a exploração do Ocidente. [33] [34]

Henrique VIII rompeu relações com a Igreja Católica e, de acordo com o ato de supremacia de 1534, proclamou o monarca à frente da Igreja Anglicana . Em contraste com grande parte do protestantismo europeu, as raízes da cisão foram mais políticas do que teológicas . Ele também uniu Gales com o Reino da Inglaterra . A filha de Henrique, Maria I, tentou restaurar o catolicismo, mas a tentativa falhou após sua morte e sucessão a Isabel I, que reafirmou a supremacia do anglicanismo.

Durante a Idade Elisabetana , a frota inglesa sob o comando de Francis Drake derrotou a Armada Invencível Espanhola. Em competição com a Espanha , a primeira colônia inglesa na América foi fundada em 1585 pelo explorador Walter Raleigh na Virgínia com o nome de Roanoke . Os aspectos econômicos das colônias do Novo Mundo eram administrados pela Companhia Britânica das Índias Orientais , em competição com a Espanha e a Holanda.

Com base em posições políticas, religiosas e sociais conflitantes, a Guerra Civil Inglesa foi travada entre os partidários do Parlamento e os do rei Carlos I , os Roundheads e os Cavaliers, respectivamente . Isso foi uma parte dos confrontos maiores que tomaram o nome de Guerras dos Três Reinos e que também envolveram a Escócia e a Irlanda. Os parlamentares saíram vitoriosos, Carlos I foi executado e o reino foi substituído pela Comunidade . À frente das forças do Parlamento, Oliver Cromwell , que se declarou Lorde Protetor em 1653. [35] Após a morte de Cromwell, Carlos II foi convidado a retornar como monarca em 1660 e assim veio a Restauração Inglesa . Foi estabelecido constitucionalmente, por meio da Declaração de Direitos , que o rei e o Parlamento governariam juntos, mesmo se o poder estivesse de fato no Parlamento. Entre as leis, ficou estabelecido que o poder legislativo era prerrogativa do Parlamento e que o Rei não podia, sem o seu consentimento, cobrar impostos ou mobilizar o exército. [36] Com a fundação da Royal Society em 1660, o desenvolvimento da ciência foi muito encorajado.

O Grande Incêndio de Londres de 1666 destruiu grande parte da cidade, mas ela foi reconstruída logo depois. [37] Duas facções opostas surgiram no Parlamento, os Conservadores e os Whigs . Os primeiros eram monárquicos, os últimos liberais. Embora os conservadores inicialmente apoiassem o rei católico Jaime II , alguns deles, junto com os whigs , o depuseram durante a " Revolução Gloriosa " de 1688 e convidaram o príncipe holandês William III para se tornar monarca. Em 1707 houve uma união política entre a Inglaterra e a Escócia, formando assim o Reino da Grã-Bretanha . [38] As instituições das duas nações, como a justiça e a igreja, no entanto, permaneceram independentes. [39]

Era moderna tardia e contemporânea

Saltaire , West Yorkshire , é uma cidade modelo da Revolução Industrial e foi declarada Patrimônio Mundial .

O novo Reino da Grã-Bretanha, sob a pressão do progresso científico da Royal Society , das idéias iluministas que se espalhavam e graças a outras iniciativas, passou por um período de grandes inovações no campo da ciência e da engenharia . Isso pavimentou o caminho para o estabelecimento do Império Britânico . A chamada revolução industrial , que nasceu na Inglaterra, foi um período de profundas mudanças nas condições socioeconômicas e culturais da Inglaterra, com a industrialização da agricultura, manufatura e mineração . A abertura do Canal Bridgewater no noroeste da Inglaterra em 1761 marcou o início da era do transporte marítimo na Grã-Bretanha. [40] Em 1825, a locomotiva a vapor para transporte de passageiros fez sua primeira aparição. [41]

Durante a Revolução Industrial, muitos trabalhadores se mudaram do campo inglês para novas áreas urbanas para trabalhar nas fábricas. Manchester e Birmingham , respectivamente, foram apelidados de "armazém mundial" e "oficina mundial". [42] [43] A Inglaterra manteve uma relativa estabilidade durante toda a turbulência da Revolução Francesa ; William Pitt, o Jovem, foi o primeiro-ministro britânico no reinado de George III . Durante as guerras napoleônicas , Napoleão planejou a invasão da ilha. No entanto, isso falhou e as forças francesas foram derrotadas pelos britânicos, primeiro por mar por Lord Nelson e depois em terra pelo duque de Wellington . As Guerras Napoleônicas promoveram o conceito de britanicidade e unidade nacional compartilhada com os escoceses e galeses. [44]

O Cenotáfio, em Whitehall. Um memorial aos membros das Forças Armadas Britânicas que morreram durante as duas guerras mundiais e todas as guerras subsequentes.

Durante a era vitoriana , Londres se tornou a maior e mais populosa metrópole do mundo, o exército e a marinha ingleses gozavam de um prestígio muito alto e o comércio dentro do Império Britânico estava florescendo. [45] Alguns distúrbios políticos em casa, como os dos cartistas e das sufragistas, levaram à reforma legislativa e ao sufrágio universal . [46]

As tensões entre as potências da Europa Central e Oriental levaram, em 1914 , à Primeira Guerra Mundial . Centenas de milhares de soldados britânicos morreram lutando pelo Reino Unido na Tríplice Entente . Duas décadas depois, na Segunda Guerra Mundial , o Reino Unido foi mais uma vez um dos aliados . No final da " Guerra Estranha ", Winston Churchill tornou-se primeiro-ministro, cargo que ocupou durante a Segunda Guerra Mundial. O desenvolvimento da tecnologia de guerra levou à destruição de muitas cidades inglesas devido aos bombardeios aéreos . Após a guerra, o Império Britânico experimentou uma rápida descolonização . No mesmo período, houve uma aceleração das inovações tecnológicas: os carros passaram a ser o principal meio de transporte e Frank Whittle desenvolveu o motor a jato . [47] Em 1948 , o Serviço Nacional de Saúde (NHS) foi criado, o qual oferece assistência médica gratuita por meio de financiamento público.

Desde o século 20, tem havido um crescimento populacional significativo na Inglaterra, principalmente de outras partes das Ilhas Britânicas, mas também de países da Commonwealth , particularmente o subcontinente indiano. [48] Desde 1970, a economia se afastou da manufatura, em direção ao setor de serviços. [49]

Geografia física

Território

Colinas inglesas.
Panorama de Keswick (Cumbria).

A Inglaterra compreende as partes central e sul da ilha da Grã-Bretanha, mais as ilhas localizadas ao sul da Grã-Bretanha: as Ilhas de Scilly e a Ilha de Wight . Faz fronteira ao norte com a Escócia e a oeste com Gales , o Mar da Irlanda e o Mar Céltico , enquanto a leste é banhada pelo Mar do Norte . É separada da Europa continental pelo Canal da Mancha , que separa a Inglaterra da França e cobre toda a costa sul do país. Ele está conectado ao continente europeu através do túnel da Mancha ( Eurotúnel ).

O território é predominantemente acidentado, ao norte existem algumas áreas montanhosas. A linha divisória entre as duas áreas é conhecida como linha Tees-Exe . Na parte oriental do país existe uma área plana cujos pântanos foram recuperados para permitir o seu cultivo.

O principal rio da Inglaterra é o rio Tamisa , ao longo de 323 km , tornando-o o segundo maior rio depois do estado Severn ao longo de 354 km. Outros rios importantes são: o Trent , o Humber , o Ouse , o Tyne , o Mersey , o Dee e o Avon .

Clima

O clima é temperado oceânico relativamente ameno quando comparado à sua latitude. As precipitações distribuem-se regularmente em todos os meses do ano mesmo que no verão e no inverno tenham um caráter de maior intensidade.

Maio e junho são os meses mais ensolarados, mas as temperaturas ainda são bastante baixas; o verão é um pouco mais quente, mas sempre há possibilidade de pancadas de chuva. Novembro e dezembro são os meses mais nublados com insolação fraca no noroeste, mas aumentando em direção ao sudeste.

INGLATERRA [50] Meses Temporadas Ano
Jan Fev Mar Abr Mag Abaixo Jul Atrás Definir Out 11 de novembro Dez Inv Pri leste Aut
T. máx. meioC ) 7 7 9 14 18 21 21 21 18 14 9 7 7 13,7 21 13,7 13,8
T. min. meioC ) 1 1 2 7 9 11 11 11 9 7 2 1 1 6 11 6 6
Precipitação ( mm ) 84 60 67 57 56 63 54 67 73 84 84 90 234 180 184 241 839

População

População dos condados ingleses

A Inglaterra, com seus aproximadamente 60 milhões de habitantes, não é apenas a nação mais populosa do Reino Unido, mas também aquela com mais grupos étnicos: cerca de um décimo da população pertence a grupos étnicos diferentes da Europa.

Os ingleses são anglo-saxões e houve muitas ondas de imigração, começando com os celtas por volta de 600 aC Os poucos romanos com suas legiões no sul da Grã-Bretanha chegaram entre 50 aC e 300 dC; seguido no período 350-550 pela grande transferência das populações dos anglos (todos), dos saxões (a maioria) e dos jutos (todos); no período de 800 a 900 , os vikings dinamarqueses (com o pequeno reino do enclave de Danelaw); em 1066 , os normandos ; em 1650 - 1750 , refugiados da Europa continental, incluindo os huguenotes ; entre 1880 e 1940 , alguns judeus , russos , italianos , espanhóis ; nos anos 1950 - 1985 , pessoas originárias da região do Caribe , África e Ásia ; desde 1985 , tem havido ondas de refugiados do Leste Europeu e curdos .

Grupos étnicos na Inglaterra em 2009

A prosperidade da nação também atraiu fluxos de imigração das vizinhas Escócia e Irlanda.

Sociedade

Religião

O cristianismo tem sido a religião mais amplamente praticada na Inglaterra desde a Idade Média, embora tenha sido introduzido muito antes, durante os tempos romano e gaélico. De acordo com o censo de 2011, 59,4% da população inglesa adere ao cristianismo, contra 71,7% em 2001. [51] A igreja tradicional do povo inglês é o anglicanismo [52] , que remonta ao século 16 , com a divisão da igreja de Roma pelo rei Henrique VIII . Muitas catedrais e igrejas paroquiais são edifícios históricos de importância arquitetônica significativa, como a Abadia de Westminster , a Catedral de York , a Catedral de Durham e a Catedral de Salisbury .

São Jorge, o matador de dragões , santo padroeiro da Inglaterra.

A segunda religião mais praticada é o rito latino da Igreja Católica , que teve suas origens na Inglaterra a partir do século VI com o apostolado de Agostinho de Cantuária . Na história também houve um Papa inglês, Adriano IV , enquanto os santos Beda e Anselmo são considerados Doutores da Igreja .

Uma forma de protestantismo , conhecida como metodismo , é a terceira forma de culto na Inglaterra que se desenvolveu a partir do anglicanismo por meio de John Wesley . [53] Ele ganhou popularidade nas cidades de Lancashire e Yorkshire e entre os mineiros de estanho na Cornualha . [54] Existem outras minorias conformistas, como batistas , quacres , congregacionalistas , unitaristas e o Exército de Salvação . [55] A imigração de Chipre (uma ex-colônia britânica) e do Oriente Médio adicionou uma minoria ortodoxa .

O santo padroeiro da Inglaterra é São Jorge , ele está representado na bandeira nacional (cruz vermelha em um campo branco, cuja adoção remonta a 1190 DC, quando a República de Gênova concedeu à Inglaterra o uso da bandeira em troca de uma taxa), bem como a bandeira da União. Existem muitos outros santos ingleses, alguns dos mais conhecidos incluem: Cuthbert de Lindisfarne , Alban da Inglaterra , Felfrid of York , Edward o Confessor , Aidan de Lindisfarnen , John Fisher , Thomas More , Petroc e Thomas Becket .

Existem também religiões não-cristãs praticadas na nação. Os judeus sempre representaram uma pequena minoria na ilha desde 1070 . [56] Posteriormente, foram expulsos da Inglaterra em 1290 e só puderam retornar em 1656. [56]

A partir de meados do século 20 , as religiões orientais das ex-colônias britânicas começaram a aparecer devido ao aumento da imigração estrangeira. De acordo com o censo de 2011, o Islã é a segunda maior religião da Inglaterra, reunindo 5% da população, seguido pelo Hinduísmo (1,5%), Sikhismo (0,8%), Budismo (0,5%) e outras religiões (0,4%). [51] 24,7% da população é composta por ateus, agnósticos e pessoas que não se reconhecem em nenhuma religião. [51]

Religiões 2001 [57] 2011 [51]
Número % Número %
cristandade 35.251.244 71,7 31.479.876 59,4
islamismo 1.524.887 3,1 2.660.116 5.0
Hinduísmo 546,982 1,1 806.199 1,5
Siquismo 327,343 0,7 420,196 0,8
judaísmo 257.671 0,5 261,282 0,5
budismo 139.046 0,3 238.626 0,5
Outras religiões 143.811 0,3 227.825 0,4
Ateus 7.171.332 14,6 13.114.232 24,7
Eles não declaram 3.776.515 7,7 3.804.104 7,2
População total 49.138.831 100,0 53.012.456 100,0

Política

A sede do governo está localizada em Londres , embora tecnicamente a cidade seja a capital da Inglaterra e do País de Gales. Ao contrário da Escócia , no País de Gales (ambos a partir de 1999) e na Irlanda do Norte , a Inglaterra não tem um governo e um parlamento precisamente: as funções do governo são exercidas pelo parlamento, pelo governo e pelo Reino Unido . Nelle decisioni riguardanti la sola Inghilterra i rappresentanti delle altre parti del regno si astengono.

Geografia antropica

Suddivisioni amministrative

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Suddivisioni dell'Inghilterra .

Dopo la recente riforma amministrativa del 2009 , l'Inghilterra è suddivisa in 48 contee cerimoniali , di cui 27 sono contee amministrative ( shire counties ), 6 sono aree metropolitane ( metropolitan counties ), 8 sono gruppi di distretti ( districts ), 5 sono autorità unitarie ( unitary authorities ), mentre le ultime due sono le aree amministrative speciali della Grande Londra e della City ( administrative areas ).

Cartina delle contee e dei distretti unitari.

Le 27 contee sono ulteriormente suddivise in 201 distretti non-urbani ( non-metropolitan districts ). Le 6 aree metropolitane, che dal 1986 non hanno organi amministrativi e consigli di governo, sono suddivise in 36 borghi metropolitani ( metropolitan boroughs ). Sono poi 55 le autorità unitarie, contando a tal fine sia le 5 contee non suddivise in distretti che i distretti non sottoposti alle contee. Calcolando anche le Isole Scilly , i 32 borghi londinesi ( boroughs ) e la città di Londra ( City of London , che ha status a parte) si ha un totale di 326 distretti.

Economia

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Economia dell'Inghilterra .
La City of London , uno dei più importanti distretti finanziari al mondo. [58] [59]
Una Bentley , uno dei marchi di automobili inglesi più conosciuti al mondo.

L'economia inglese è una delle più importanti del mondo, con un PIL medio pro capite di 22.907 £. [60] Considerata come una economia di mercato mista, ha da sempre adottato i principi del libero mercato e mantiene comunque un'avanzata infrastruttura di assistenza sociale. [61] La moneta ufficiale in Inghilterra è la sterlina , il cui codice ISO 4217 è GBP. Il sistema di tassazione in Inghilterra è molto competitivo rispetto a gran parte del resto d'Europa, a partire dal 2009 l' aliquota di base dell'imposta personale è del 20% sul reddito imponibile fino a 37.400 £ e il 40% su ogni guadagno supplementare al di sopra di tale importo. [62]

L'economia d'Inghilterra è la principale di tutto il Regno Unito , [60] che è la 18º al mondo per potere di acquisto . L'Inghilterra è uno dei leader nel settore chimico [63] e farmaceutico e nei principali settori tecnologici, in particolare nell'industria aerospaziale, l'industria delle armi e di software . A Londra vi è la sede della Borsa di Londra , la principale borsa valori del Regno Unito e la più grande d'Europa, nella capitale vi sono la sede di alcune delle più importanti società al mondo. [64]

La Banca d'Inghilterra , fondata nel 1694 dal banchiere scozzese William Paterson , è la banca centrale del Regno Unito. Nata come banca privata, dal 1946 è diventata un istituto statale. [65] La Banca ha il monopolio dell'emissione di banconote in Inghilterra e Galles, ma non in altre parti del Regno Unito. Il governo ha delegato la responsabilità sulla politica monetaria ad essa e il compito di fissare i tassi di interesse . [66]

L'Inghilterra è altamente industrializzata, ma dal 1970 c'è stato un declino nella tradizionale industria pesante e manifatturiera e una crescente attenzione verso un'economia orientata ai servizi . [49] Il turismo è diventato un settore importante, che attrae milioni di visitatori in Inghilterra ogni anno. Le principali esportazioni sono rappresentate in particolare dai prodotti farmaceutici, dalle automobili (anche se molti marchi inglesi sono ora di proprietà straniera, come Rolls-Royce , Lotus , Jaguar e Bentley ), dal petrolio ricavato dal Mare del Nord , dai motori aeronautici e dalle bevande alcoliche. [67] L' agricoltura è intensiva e altamente meccanizzata e produce il 60% del fabbisogno alimentare con solo il 2% della forza lavoro. Due terzi della produzione è dedicata al bestiame , l'altra a seminativi. [68]

Scienza e tecnologia

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Royal Society .

Eminenti personalità inglesi dal campo della scienza e della matematica includono: Sir Isaac Newton , Michael Faraday , Robert Hooke , Robert Boyle , Joseph Priestley , Joseph John Thomson , Charles Babbage , Charles Darwin , Christopher Wren , Alan Turing , Francis Crick , Joseph Lister , Tim Berners-Lee , Paul Dirac , Stephen Hawking , Andrew Wiles e Richard Dawkins . Alcuni esperti sostengono che il primo concetto di un sistema metrico sia stato inventato da John Wilkins , il primo segretario della Royal Society , nel 1668. [69] Come culla della rivoluzione industriale , l'Inghilterra fu la patria di molti inventori significativi durante la seconda parte del XVIII secolo e dell'inizio del XIX . Famosi ingegneri inglesi comprendono Isambard Kingdom Brunel , meglio conosciuto per la creazione della Great Western Railway , inoltre, una serie di piroscafi e la costruzione di ponti , hanno rivoluzionato i trasporti pubblici e messo le basi per la moderna ingegneria . [70] La macchina a vapore di Thomas Newcomen ha dato il via alla Rivoluzione industriale. [71] Il vaccino contro il vaiolo del medico Edward Jenner si dice che abbia "salvato più vite [...] di quelle perse in tutte le guerre del genere umano fin dall'inizio della storia documentata". [72] [73] [74]

Invenzioni e scoperte inglesi sono: il motore a reazione , la prima macchina industriale filatura, il primo computer e il primo computer moderno, il World Wide Web con l' HTML , la prima trasfusione di sangue umano effettuata con successo, l'aspirapolvere a motore,[75] il rasaerba, la cintura di sicurezza , l' hovercraft , il motore elettrico , il motore a vapore e teorie come la teoria darwiniana dell'evoluzione e la teoria atomica . Newton sviluppò i concetti sulla gravitazione universale , sulla meccanica newtoniana e il calcolo infinitesimale e Robert Hooke formulò la sua legge eponimo di elasticità. Altre invenzioni comprendono la ferrovia , il termosifone , l' asfalto , l' elastico , lo sviluppo congiunto della lampadina , la locomotiva a vapore , la seminatrice moderna e molte moderne tecniche e tecnologie utilizzate ancora oggi. [76] . Nel campo della medicina ricordiamo l'importante figura di Elizabeth Blackwell , prima donna a laurearsi in medicina, negli Stati Uniti d'America, il 23 gennaio 1849.

Trasporti

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Trasporti in Inghilterra .
Planes congregate by a building.
Aeroporto di Londra Heathrow , uno dei più importanti aeroporti al mondo. [77]

Il Department for Transport è l'organo di governo responsabile della supervisione sui trasporti in Inghilterra. Nel paese vi sono numerose autostrade e molte altre vie di grande comunicazione, come l' A1 Great North Road , che attraversa l'Inghilterra orientale da Londra a Newcastle [78] poi fino al confine scozzese. La più lunga autostrada in Inghilterra è la M6 , da Rugby attraverso il Nord Ovest fino al confine anglo-scozzese. [78] Altri importanti itinerari sono: M1 da Londra a Leeds , la M25 che circonda Londra, la M60 che circonda Manchester , la M4 da Londra a South Wales, la M62 da Liverpool a East Yorkshire via Manchester e la M5 da Birmingham a Bristol e per il sud ovest. [78]

Il trasporto mediante autobus è molto diffuso in tutto il paese; grandi aziende includono la National Express , Arriva e Go-Ahead Group . L' autobus a due piani rosso è diventato un simbolo dell'Inghilterra. C'è una rete ferroviaria rapida in due città inglesi: la metropolitana di Londra , e la Tyne and Wear Metro a Newcastle , Gateshead e Sunderland [79] Ci sono diverse reti di tram , come, ad esempio, il Metrolink di Manchester . [79]

Treno presso lastazione di London Victoria .

Il trasporto ferroviario in Inghilterra è il più antico del mondo: le ferrovie passeggeri sono nate in Inghilterra nel 1825 . [80] Gran parte della rete ferroviaria della Gran Bretagna (16.116 km), si trova in Inghilterra e copre il paese piuttosto ampiamente, anche se una percentuale elevata di linea è stata soppressa nella seconda metà del XX secolo . Queste linee sono in gran parte a scartamento normale (singolo, doppio binario o quadrupla) ma ci sono anche alcune linee a scartamento ridotto. È possibile il collegamento ferroviario diretto con Francia e Belgio , attraverso il tunnel della Manica , completato nel 1994.

L'Inghilterra vanta una vasta rete di collegamenti aerei nazionali e internazionali. L'aeroporto più grande è quello di Londra Heathrow , che è l'aeroporto più trafficato del mondo, misurato dal numero di passeggeri internazionali in transito. [81] Altri grandi aeroporti sono l' aeroporto di Manchester , Londra Stansted , Luton e l' aeroporto di Birmingham . [77] Via mare vi è il trasporto in traghetto , sia locale che internazionale con l' Irlanda , i Paesi Bassi e il Belgio . [82]

Ci sono circa 7.100 km di vie navigabili in Inghilterra, metà dei quali è di proprietà della British Waterways , [82] tuttavia il trasporto sull'acqua è molto limitato. Il Tamigi è il corso d'acqua più importante in Inghilterra, con le attività commerciali concentrate al porto di Tilbury nell' estuario del Tamigi , uno dei tre porti principali del Regno Unito. [82]

Sistema sanitario

Il Lister Hospital presso Stevenage nell' Hertfordshire .

Il National Health Service (NHS) è il sistema sanitario a finanziamento pubblico che ha la responsabilità di fornire la maggior parte delle prestazioni sanitarie. L'NHS è stato fondato il 5 luglio 1948, mettendo in atto le disposizioni del "National Health Service Act 1946", basato sui risultati del "rapporto Beveridge", preparato dall'economista e riformatore sociale William Beveridge . [83] Il Servizio Sanitario Nazionale è in gran parte finanziato dalle entrate fiscali, compresi i pagamenti della previdenza sociale , [84] e fornisce la maggior parte dei suoi servizi gratuitamente, anche se ci sono spese previste per alcune persone per esami della vista, cure dentarie e altri tipi di prestazioni. [85]

Il dipartimento governativo responsabile per il Servizio Sanitario Nazionale è il Ministero della Salute, presieduto dal Segretario di Stato per la Sanità, che siede nel Gabinetto del Regno Unito . La maggior parte della spesa del Ministero della Salute viene destinata al NHS: nel periodo tra il 2008 e il 2009 sono stati spesi 98 600 miliardi di sterline . [86] Negli ultimi anni il settore privato ha visto incrementare i suoi servizi, nonostante l'opposizione da parte di medici e sindacati. [87] L' aspettativa di vita media delle persone in Inghilterra è 77,5 anni per i maschi e 81,7 anni per le femmine, la più alta dei quattro paesi del Regno Unito. [88]

Note

  1. ^ Countries within a country , su number-10.gov.uk . URL consultato il 1º febbraio 2009 (archiviato dall' url originale il 9 febbraio 2008) .
  2. ^ Changes in the list of subdivision names and code elements ( PDF ), su iso.org , International Organization for Standardization , p. 11. URL consultato il 1º febbraio 2009 .
  3. ^ England – Culture , su britainusa.com . URL consultato il 1º febbraio 2009 (archiviato dall' url originale il 16 maggio 2008) .
  4. ^ Country profile: United Kingdom , in BBC News , news.bbc.co.uk, 26 ottobre 2009. URL consultato il 1º febbraio 2009 .
  5. ^ Industrial Revolution , su ace.mmu.ac.uk . URL consultato il 1º febbraio 2009 (archiviato dall' url originale il 27 aprile 2008) .
  6. ^ The Royal Society , History of the Royal Society , su royalsociety.org . URL consultato il 1º febbraio 2009 .
  7. ^ William E. Burns, A Brief History of Great Britain , p. xxi
  8. ^ Acts of Union 1707 parliament.uk, accessed 27 January 2011
  9. ^ 500,000 BC – Boxgrove , su Current Archaeology , Current Publishing. URL consultato il 20 dicembre 2010 .
  10. ^ Palaeolithic Archaeology Teaching Resource Box ( PDF ), su personal.rdg.ac.uk , Palaeolithic Rivers of South-West Britain Project(2006). URL consultato il 20 dicembre 2010 .
  11. ^ Chalk east , su geo-east.org.uk , A Geo East Project. URL consultato il 20 dicembre 2010 (archiviato dall' url originale il 5 marzo 2011) .
  12. ^ Oppenheimer , p. 173 .
  13. ^ Tertiary Rivers: Tectonic and structural background , su qpg.geog.cam.ac.uk , University of Cambridge. URL consultato il 9 settembre 2009 .
  14. ^ Function and significance of Bell Beaker pottery according to data from residue analyses , su tp.revistas.csic.es . URL consultato il 21 dicembre 2010 .
  15. ^ Struan Reid, Inventions and Trade. P.8 , 1994, ISBN 978-0-921921-30-1 . URL consultato il 23 dicembre 2010 .
  16. ^ Jason Burke, Dig uncovers Boudicca's brutal streak , in The Observer , Londra, 2 dicembre 2000. URL consultato il 5 settembre 2009 (archiviato dall' url originale il 22 ottobre 2003) .
  17. ^ Cornelius Tacitus, The Annals , su perseus.tufts.edu , Alfred John Church, William Jackson Brudribh, Ed. URL consultato il 22 dicembre 2010 .
  18. ^ Guy Bedoyere, Architecture in Roman Britain , su Heritage Key . URL consultato il 23 dicembre 2010 (archiviato dall' url originale il 3 luglio 2009) .
  19. ^ Robert Philip, Thr History of Progress in Great Britain, Volume 2 , 1860. URL consultato il 23 dicembre 2010 .
  20. ^ Bob Rees, Paul Shute, Nigel Kelly, Medicine through time , Heinemann, 9 gennaio 2003, ISBN 978-0-435-30841-4 . URL consultato il 24 dicembre 2010 .
  21. ^ Rankov , p. 16 .
  22. ^ a b Edward James, Overview: Anglo-Saxons, 410 to 800 , su bbc.co.uk , BBC. URL consultato il 3 dicembre 2010 .
  23. ^ Kirby , p. 4
  24. ^ Overview: The Normans, 1066–1154 , su bbc.co.uk , BBC. URL consultato il 3 dicembre 2010 .
  25. ^ Norman invasion word impact study , BBC News, 20 febbraio 2008. URL consultato il 3 dicembre 2010 .
  26. ^ a b Bartlett , p. 124 .
  27. ^ Edward I (r. 1272–1307) , su royal.gov.uk . URL consultato il 21 settembre 2009 (archiviato dall' url originale il 24 giugno 2008) .
  28. ^ Fowler , p. 208 .
  29. ^ Ziegler , p. 230 .
  30. ^ Goldberg , p. 4 .
  31. ^ Crofton , p. 111 .
  32. ^ Denys Hay, Renaissance essays , 1988, p. 65, ISBN 978-0-907628-96-5 . URL consultato il 26 dicembre 2010 .
  33. ^ Royal Navy History, Tudor Period and the Birth of a Regular Navy , su royal-navy.org . URL consultato il 24 dicembre 2010 (archiviato dall' url originale il 27 maggio 2012) .
  34. ^ Goldwin Smith, England Under the Tudors , p. 176, ISBN 978-1-60620-939-4 . URL consultato il 26 dicembre 2010 .
  35. ^ Oliver Cromwell (English statesman) , su Encyclopædia Britannica , britannica.com, 2009. URL consultato l'8 agosto 2009 .
  36. ^ Philip J. Adler, Randall L. Pouwels, World Civilization , 27 novembre 2007, p. 340, ISBN 978-0-495-50262-3 . URL consultato il 24 dicembre 2010 .
  37. ^ London's Burning: The Great Fire , su bbc.co.uk , BBC News. URL consultato il 25 settembre 2009 .
  38. ^ Colley , p. 12 .
  39. ^ Gallagher , p. 14 .
  40. ^ Hudson, Pat, The Workshop of the World , su bbc.co.uk , BBC. URL consultato il 10 dicembre 2010 .
  41. ^ Office for National Statistics , p. 5
  42. ^ McNeil e Nevell , p. 9 .
  43. ^ Birmingham City Council , Heritage , su visitbirmingham.com . URL consultato il 4 ottobre 2009 .
  44. ^ Colley , p. 1 .
  45. ^ Robert F. Haggard, The persistence of Victorian liberalism:The Politics of Social Reform in Britain, 1870–1900 , 2001, p. 13, ISBN 978-0-313-31305-9 . URL consultato il 26 dicembre 2010 .
  46. ^ Crawford, Elizabeth, Women: From Abolition to the Vote , su bbc.co.uk , BBC. URL consultato il 10 dicembre 2010 .
  47. ^ Golley, John, Obituaries: Air Commodore Sir Frank Whittle , in The Independent , Londra, 10 agosto 1996. URL consultato il 2 dicembre 2010 .
  48. ^ Gallagher , pp. 10–11 .
  49. ^ a b Reitan , p. 50 .
  50. ^ England 1971–2000 averages , su metoffice.gov.uk , Met Office, agosto 2011.
  51. ^ a b c d 2011 Census: KS209EW Religion, local authorities in England and Wales , su ons.gov.uk . URL consultato il 15 dicembre 2012 .
  52. ^ Church of England , su bbc.co.uk , BBC. URL consultato il 4 dicembre 2010 .
  53. ^ The Methodist Church , su bbc.co.uk , BBC News. URL consultato il 5 settembre 2009 .
  54. ^ AN INDEPENDENT ACADEMIC STUDY ON CORNISH ( PDF ), su linguae-celticae.org , p. 8. URL consultato il 26 dicembre 2010 .
  55. ^ Cambridge History of Christianity , su cambridge.org , Hugh McLeod. URL consultato il 5 settembre 2009 .
  56. ^ a b United Kingdom – History of the Bandiera , su flagspot.net . URL consultato il 5 settembre 2009 .
  57. ^ Religion (2001 Census) , su data.gov.uk . URL consultato il 31 luglio 2017 .
  58. ^ London vs. New York, 2005–06 , su cincodias.com , Cinco Dias. URL consultato il 5 settembre 2009 .
  59. ^ Global Financial Centres Index, 2009-03 ( PDF ), su 217.154.230.218 , City of London Corporation. URL consultato il 5 settembre 2009 (archiviato dall' url originale il 7 ottobre 2009) .
  60. ^ a b Office for National Statistics , Regional Accounts , su statistics.gov.uk . URL consultato il 17 settembre 2009 (archiviato dall' url originale il 26 agosto 2009) .
  61. ^ The Welfare State – Never Ending Reform , su bbc.co.uk , BBC News. URL consultato il 17 settembre 2009 .
  62. ^ Tax in England , su adviceguide.org.uk . URL consultato il 5 settembre 2009 .
  63. ^ CIA - The World Factbook , su cia.gov .
  64. ^ City of London Policy and Resources Committee , The Global Financial Centres Index ( PDF ), su 217.154.230.218 , cityoflondon.gov.uk. URL consultato il 5 settembre 2009 (archiviato dall' url originale il 7 ottobre 2009) .
  65. ^ The Bank's relationship with Parliament , su bankofengland.co.uk . URL consultato il 5 settembre 2009 .
  66. ^ Monetary Policy Committee , su bankofengland.co.uk . URL consultato il 5 settembre 2009 (archiviato dall' url originale l'8 luglio 2009) .
  67. ^ England Exports , su mambiz.com , EconomyWatch.com. URL consultato il 5 settembre 2009 (archiviato dall' url originale il 5 gennaio 2012) .
  68. ^ World Guide – England – Economy Overview , su World Guide , Intute. URL consultato il 9 settembre 2009 .
  69. ^ Metric system was British , BBC News, 13 luglio 2007. URL consultato il 5 settembre 2009 .
  70. ^ Isambard Kingdom Brunel , su designmuseum.org . URL consultato il 5 settembre 2009 (archiviato dall' url originale il 12 settembre 2009) .
  71. ^ Oakes , p. 214
  72. ^ Saunders , p. 13
  73. ^ White , p. 335
  74. ^ Levine , p. 183
  75. ^ ( EN ) Curt Wohleber, The Vacuum Cleaner , in Invention & Technology Magazine , vol. 21, n. 4, American Heritage Publishing, Spring 2006. URL consultato il 27 dicembre 2015 (archiviato dall' url originale il 13 marzo 2010) .
  76. ^ ( EN ) English Inventors and Inventions , su english-crafts.co.uk , English - Crafts English -Crafts.Inventions & Inventors. URL consultato il 27 dicembre 2015 (archiviato dall' url originale il 15 aprile 2010) .
  77. ^ a b O'Hanlon , p. 205 .
  78. ^ a b c UK Parliament , p. 175
  79. ^ a b White , p. 63 .
  80. ^ 27 September 1825 – Opening of the Stockton and Darlington Railway , su homepage.ntlworld.com , The Stockton and Darlington Railway. URL consultato l'8 settembre 2009 (archiviato dall' url originale il 1º ottobre 2009) .
  81. ^ Delta Expects New Slots To Foster Growth At Heathrow Airport , The Wall Street Journal, 23 febbraio 2011. URL consultato il 23 marzo 2011 (archiviato dall' url originale il 19 maggio 2011) .
  82. ^ a b c Else , p. 781 .
  83. ^ BBC History on William Beveridge , BBC News. URL consultato il 5 settembre 2009 .
  84. ^ NHS Expenditure in England ( PDF ), in House of Commons Library . URL consultato il 5 settembre 2009 (archiviato dall' url originale il 5 dicembre 2009) .
  85. ^ ( EN ) Get help with health costs , su nhs.uk , National Health Service, 3 marzo 2015. URL consultato il 27 dicembre 2015 ( archiviato l'11 novembre 2015) .
  86. ^ Budget 2008, Chapter C ( PDF ), in HM Treasury , 3 marzo 2008. URL consultato il 5 settembre 2009 (archiviato dall' url originale il 1º ottobre 2008) .
  87. ^ Private sector role in NHS , BBC News, 30 giugno 2006. URL consultato il 5 settembre 2009 .
  88. ^ ( EN ) Life expectancy , su statistics.gov.uk , Office for National Statistics, 30 ottobre 2008. URL consultato il 27 dicembre 2015 (archiviato dall' url originale il 25 maggio 2009) .

Bibliografia

  • R. Zanussi San Colombano d'Irlanda Abate d'Europa - Ed. Pontegobbo.
  • Dio è corazza dei forti. Testi del cristianesimo celtico (VI-X sec.) . Rimini, Il Cerchio, 1998.
  • M. Stokes. Six Months in the Apennines in Search of the Irish Saints in Italy . Ed. Belland Covent. London 1892.
  • Abbè Martin. Saint Colomban . Libr. V.Lecoffre, Paris 1905.
  • T. Concannon. The life of St. Columban . Catholic T.Society of Ireland. Dublino 1915.
  • A. Maestri. Il culto di San Colombano in Italia . Archivio storico di Lodi. 1939 e segg.
  • Archivum Bobiense Rivista annuale degli Archivi storici Bobiensi (1979-2008). Bobbio.

Voci correlate

Altri progetti

Collegamenti esterni

Controllo di autorità VIAF ( EN ) 142995804 · ISNI ( EN ) 0000 0001 2293 4507 · LCCN ( EN ) n82068148 · GND ( DE ) 4014770-8 · BNF ( FR ) cb11930575r (data) · WorldCat Identities ( EN ) lccn-n82068148
Regno Unito Portale Regno Unito : accedi alle voci di Wikipedia che parlano del Regno Unito