Felipe massa

Da Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para a navegação Ir para a pesquisa
Felipe massa
Felipe Massa Le Mans Classic 2018 (cortado) .jpg
Felipe Massa em Le Mans em 2018
Nacionalidade Brasil Brasil
Altura 166 cm
Peso 59 kg
Automobilismo Capacete Kubica BMW.svg
Categoria Stock Car Brasil
Função Piloto
Pelotão Brasil Lubrax Podium
Carreira
Carreira de Fórmula 1
Estréia 3 de março de 2002
Temporadas 2002 , 2004 -2017
Estábulos Sauber 2002, 2004-2005
Ferrari 2006-2013
Williams 2014-2017
Melhor resultado final 2 ( 2008 )
GP disputou 272 (269 partidas)
GPs venceram 11
Pódios 41
Pontos obtidos 1167
Primeira posição 16
Voltas rápidas 15
Carreira na Fórmula E
Estréia 15 de dezembro de 2018
Temporadas 2018 - 2020
Estábulos Monge Venturi Formula E Team 2018-2019
Monge ROKiT Venturi Racing 2019-2020
Melhor resultado final 15 ( 2018-19 )
GP disputou 24
Pódios 1
Pontos obtidos 39
Estatísticas atualizadas para Stock Car Brasil 2021

Felipe Massa ( São Paulo , 25 de abril de 1981 ) é um piloto brasileiro .

Durante sua longa carreira na Fórmula 1 , ele correu ao volante da Sauber , Ferrari e Williams . Ele ganhou 11 vitórias , 16 pole position e subiu ao pódio 41 vezes, marcando mais de 1000 pontos no campeonato. Depois de Michael Schumacher e Kimi Räikkönen, ele é o piloto que correu mais temporadas (8 consecutivas) e mais Grand Prix (139) ao volante da Ferrari na Fórmula 1. [1] Da temporada 2018-2019 ele participou da Fórmula E campeonato com a equipe Venturi Grand Prix . [2]

Biografia

Como sugere seu sobrenome , a família Massa é de origem italiana , pois seu avô emigrou de Cerignola , na Puglia , na década de 1920 . [3]

Em 1º de dezembro de 2007 , na igreja de Nossa Senhora do Brasil em São Paulo , ele se casou com Raffaella Bassi, uma namorada de longa data desde os dias da Fórmula 3000 . [4] O casal tem um filho, Felipe Jr, nascido em 30 de novembro de 2009 . [5]

Carreira

As fórmulas menores

Massa começou a correr karts aos 9 anos, continuando até sua estreia em 1998 no campeonato brasileiro de Fórmula Chevrolet, onde terminou em quinto lugar e venceu na temporada seguinte. Em 2000 mudou-se para a Europa para competir na Fórmula Renault italiana e europeia, vencendo os dois campeonatos. Em vez de continuar com a Fórmula 3, ele preferiu competir no campeonato da Fórmula 3000 Euro-Series dominando o campeonato com 6 vitórias em 8 corridas.

Fórmula 1

2002-2005: piloto de testes da Sauber e Ferrari

Diante dos excelentes resultados obtidos em setembro de 2001, ele foi convidado a participar de alguns testes com a Sauber , equipe de Fórmula 1 , no circuito de Mugello . [6] O piloto brasileiro registrou excelentes tempos por volta, [6] tanto que a equipe suíça decidiu contratá-lo para a temporada de 2002 , oferecendo-lhe um contrato anual com opção pelos próximos dois anos em favor da equipe suíça. [7] Embora a velocidade fosse evidente, Massa mostrou inexperiência na primeira temporada e seu melhor resultado foi um 5º lugar no Grande Prêmio da Espanha .

Em 2003 foi contratado pela Ferrari (com a qual a Sauber mantinha relações de colaboração técnica) como piloto de testes, retornando à equipe suíça em 2004 ao lado do romano Giancarlo Fisichella , obtendo o 4º lugar no Grande Prêmio da Bélgica como seu melhor resultado. Confirmado para 2005 , Massa repetiu o melhor resultado de sua carreira com a 4ª colocação no Grande Prêmio do Canadá , em um ano de poucos resultados para a equipe suíça, que se preparava para se transformar na BMW Sauber .

2006-2013: Ferrari

2006
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1, 2006 .
Massa (à direita) recebeu em 2006 a Medalha do Mérito Esportivo do presidente do Brasil , Luiz Inácio Lula da Silva .

Dado seu passado como piloto de testes, Massa foi escolhido como piloto da Scuderia Ferrari para a temporada de 2006 para substituir o compatriota Rubens Barrichello , ao lado do heptacampeão mundial Michael Schumacher . Com a Ferrari ele conquistou o primeiro pódio (3º lugar em Nürburgring) e posteriormente completou a dobradinha da Ferrari no Grande Prêmio dos Estados Unidos . Ele ainda foi terceiro no Grande Prêmio da França , apenas para obter sua primeira vitória na carreira, acompanhada pela primeira pole position , no Grande Prêmio da Turquia .

Ele venceu a última corrida da temporada de 2006 em Interlagos depois de conquistar a pole position e liderar a corrida sozinho. O último brasileiro a fazer o mesmo em casa foi o legendário Ayrton Senna . No final, ele terminou em terceiro no Mundial, atrás do campeão Alonso e de seu companheiro de equipe Schumacher, na última temporada de sua carreira na Ferrari.

2007
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2007 .

Em2007 , após a aposentadoria de Schumacher, o brasileiro foi acompanhado pelo finlandês Kimi Räikkönen ao volante da Ferrari . Depois de ter tido problemas com a caixa de câmbio [8] na corrida de abertura na Austrália , que o viu terminar em sexto lugar, Massa conseguiu conquistar a pole position na Malásia , mas devido a um erro terminou em quinto. Após as duas primeiras corridas, ele conseguiu vencer no Bahrein e na Espanha e terminar os próximos quatro Grandes Prêmios (com exceção do Canadá ) no pódio.

Massa no degrau mais alto do pódio no Grande Prêmio do Bahrain em 2007 , à frente de Lewis Hamilton e Kimi Räikkönen .

Na segunda metade da temporada, porém, além de um sucesso na Turquia , seus resultados não foram ao nível do primeiro devido a problemas com o carro e alguns erros individuais. Porém, ele conseguiu conquistar 6 poles nesta temporada, a melhor junto com Hamilton, e se mostrou fundamental para a conquista do título de Raikkonen, dando-lhe a vitória no Brasil. Antes do último GP da temporada, sua renovação na Ferrari foi anunciada até2010 . [9] O piloto recebeu a cidadania honorária da cidade de Cerignola .

2008
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2008 .

O ano de 2008 para o piloto brasileiro não começou da melhor maneira, com duas aposentadorias nas duas primeiras corridas. No Bahrein , após conquistar o segundo lugar na qualificação, ele conseguiu ultrapassar o homem da pole Kubica e conquistou sua primeira vitória da temporada. Depois de um segundo lugar na Espanha , atrás de Kimi Räikkönen , na Turquia ele conquistou a pole position e venceu a corrida (na Turquia foi a terceira vitória consecutiva), alcançando 7 pontos do topo do campeonato mundial que viu Räikkönen na liderança, com 35 pontos. Em eventos mundiais subsequentes, no entanto, ele não conseguiu obter resultados significativos: no Grande Prêmio de Mônaco , depois de largar na frente de todos, terminou em terceiro lugar devido a seu erro, enquanto no Canadá , com uma corrida condicionada por inúmeras desistências, incluindo as de Hamilton e Raikkonen, o brasileiro foi vítima de um problema técnico durante o primeiro pit stop que o obrigou a repetir a parada, perdendo algumas posições.

Porém, o brasileiro recuperou várias posições, terminando finalmente em quinto lugar e alcançando a segunda posição no ranking mundial de pilotos, atrás do polonês Robert Kubica, vencedor do Grande Prêmio. O brasileiro voltou à vitória na França , também graças à ruptura de um escapamento do motor de seu companheiro de equipe Raikkonen, e atingiu a terceira vitória da temporada, levando-o ao topo da classificação. No encontro seguinte no Circuito de Silverstone , no entanto, em que chuva e tempo claro se alternavam, ele correu para uma corrida sem cor, terminando em décimo terceiro depois de ter sido o protagonista de cinco giros. No entanto, ele conseguiu manter a liderança na classificação, mesmo em igualdade de pontos com Kimi Räikkönen e Lewis Hamilton .

Massa acelerando com sua Ferrari F2008 no Grande Prêmio da China de 2008 , terminou em 2º lugar.

No Grande Prêmio da Alemanha subsequente, Massa terminou em terceiro lugar e perdeu a liderança do Campeonato Mundial, para vantagem de Hamilton, enquanto na Hungria , depois de dominar toda a corrida, ele foi forçado a se retirar a três voltas do fim devido a uma falha no motor. Assim, ficou em terceiro lugar no campeonato mundial, mas imediatamente conseguiu se levantar no Grande Prêmio da Europa, onde obteve a pole , a vitória e a volta mais rápida , completando assim um Hat Trick , ficando assim na segunda posição na o campeonato a apenas seis distâncias de Hamilton. [10] Também no Grande Prêmio da Bélgica seguinte, no circuito de Spa-Francorchamps , Massa obteve outra vitória, embora devido a uma penalidade infligida a seu rival do campeonato, Hamilton.

A corrida, dominada por Raikkonen até 4 voltas do final, foi caracterizada em sua parte final pelo aparecimento de chuva. Hamilton conseguiu recuperar a desvantagem contra o finlandês, que encerrou a corrida batendo na parede. Lewis Hamilton, o brasileiro e Nick Heidfeld cruzaram a linha na ordem. Após a cerimônia de premiação, a FIA se reuniu para avaliar a conduta das flechas de prata britânicas e de Timo Glock . A decisão tirou a vitória de Hamilton (penalizado em 25 segundos em relação ao resultado real) e o oitavo lugar do piloto da Toyota . Felipe Massa pôde comemorar sua primeira vitória no circuito de Ardennes e ver sua desvantagem na classificação reduzida em relação aos demais candidatos ao título mundial.

O piloto brasileiro se comprometeu com o pit stop , novamente na corrida chinesa de 2008.

Na nova pista da cidade de Cingapura , Massa conseguiu largar da pole novamente e definir um ritmo muito alto na corrida, mas na volta 15 Nelson Piquet Jr. , que estava velejando na parte inferior da classificação, bateu no muro forçando o Safety Car a intervir. O motorista foi então obrigado a voltar para realizar o pit stop, mas um mecânico da Ferrari errou ao acionar o semáforo do box causando uma saída antecipada para Massa que levou toda a bomba de gasolina com ele e correu o risco de colidir com um Force India . Por causa desse erro, ele só terminou em décimo terceiro. A vitória foi para Fernando Alonso, seguido por Nico Rosberg e Hamilton. Agora o Paulista corria atrás com 77 pontos contra 84 de Hamilton, com três corridas restantes no campeonato. No Grande Prêmio do Japão , a qualificação foi amarga para Massa, apenas quinto, enquanto seu rival Hamilton estava na pole. No início, Raikkonen conseguiu passar apenas Hamilton, no entanto, dando a ele a oportunidade de recuperar sua cabeça.

Os dois na bateria se compraram na primeira e na segunda curva, perdendo posições. Hamilton se viu atrás de Massa e conseguiu ultrapassá-lo logo em seguida, mas o brasileiro em duelo acabou acertando o piloto da McLaren ao passar por uma chicane, obrigando-o a seguir o grupo de pilotos antes de retornar à pista. Julgando a manobra muito perigosa, os comissários sancionaram Massa com um Drive Through , um destino que também ocorreu a Hamilton devido ao duelo no início com Raikkonen. A vitória foi assim novamente para Alonso, enquanto Massa não ultrapassou o oitavo lugar, que depois se tornou sétimo após a penalidade de Sébastien Bourdais , devido a uma ultrapassagem perigosa fora das boxes contra Massa que, ao acertar, teve que fazer frente a um giro .

Depois de perder 2 pontos no Grande Prêmio da China , Massa entrou no Grande Prêmio do Brasil 7 pontos atrás de Hamilton: o brasileiro ainda poderia conquistar o título, se Hamilton não tivesse ultrapassado o quinto lugar, ou terminando em segundo com o oitavo inglês. Depois de dominar um Grande Prêmio ousado, a conquista do campeão mundial parecia feita. Hamilton, sexto, acabado de ultrapassado por Vettel , ultrapassou a alemã Glock a quatro curvas do final da corrida. Na verdade, o piloto da Toyota economizou o tempo necessário para o box, mas se viu com pneus secos em pista molhada. Hamilton conseguiu ultrapassá-lo com facilidade e terminar em quinto, mantendo apenas um ponto à frente de Massa no ranking mundial, tornando-se campeão (o mais jovem da história da Fórmula 1 com 23 anos, 9 meses e 26 dias, recorde que então foi superado em 2010 por Sebastian Vettel ).

2009
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2009 .
Massa enfrenta uma curva do Grande Prêmio da Turquia de 2009 ao volante da Ferrari F60

2009 não começou bem, também devido ao carro colocado em campo pela Ferrari (o F60 ) que não correspondeu à fama dos carros de Maranello : na primeira rodada da temporada, ele conquistou um decepcionante sétimo lugar na qualificação e depois se aposentou na volta 45 da corrida por problemas de direção . No Grande Prêmio da Malásia seguinte, chamado para se redimir, obteve excelentes tempos nos treinos livres, mas foi eliminado no primeiro trimestre da qualificação com o 16º tempo; durante a ousada corrida (suspenso devido à chuva após 31 das 56 voltas) conseguiu recuperar algumas posições, mas apenas ficou em 9º lugar. Na terceira rodada da temporada, ele ainda decepciona as expectativas, terminando em 13º lugar na qualificação e coletando a segunda aposentadoria em três corridas devido a problemas na caixa de câmbio .

Mesmo no Bahrein as coisas não melhoraram e Massa terminou a corrida em décimo terceiro devido a um contato no início com Raikkonen. No entanto, nas corridas seguintes a Ferrari parece aos poucos recuperar a competitividade: sempre marca pontos, 6ª na Espanha , 4ª em Mônaco , 6ª na Turquia e novamente 4ª na Grã-Bretanha depois de largar em 11º do grid. O primeiro pódio da temporada chega a Nurburgring , onde Felipe chega em terceiro após uma recuperação de 5 lugares (8º do grid).

Em 25 de julho de 2009, durante a segunda sessão de qualificação do Grande Prêmio da Hungria, Massa, enquanto viaja a cerca de 200 quilômetros por hora dirigindo seu carro, foi atingido na cabeça por uma mola pesando cerca de 800 gramas, que rompeu com a Brawn GP do compatriota Rubens Barrichello [11] . Como resultado deste acidente, o motorista brasileiro sofreu uma concussão com uma fratura na região supraorbital esquerda e um corte na testa [11] . Transportado de helicóptero para o hospital próximo em Budapeste, Felipe foi operado, e seu estado foi definido como "grave, mas estável" pelos médicos e, em qualquer caso, "sem risco de vida". [12] Na manhã de 26 de julho, uma tomografia computadorizada feita ao piloto deu um resultado negativo e nenhuma lesão cerebral foi destacada. No Grande Prêmio da Hungria de 2009, a Ferrari não colocou nenhum carro para substituí-lo. [13]

O brasileiro durante entrevista coletiva em setembro de 2010

Para o resto da temporada, a Ferrari optou por confiar seu carro a Michael Schumacher , [14] que então teve que desistir devido a problemas no pescoço. Luca Badoer [15] assumiu o seu lugar. Dados os maus resultados deste último, a Ferrari decidiu substituí-lo após dois Grandes Prêmios por outro piloto italiano, Giancarlo Fisichella . Após o pós-operatório, Massa passa por uma série de exames neurológicos, coordenados pelo médico delegado da FIA, que ocorreram em Paris no dia 10 de outubro de 2009 . Após os resultados positivos obtidos, Massa retorna no dia 12 de outubro para dirigir um carro de Fórmula 1 , o Ferrari F2007, em testes em Fiorano . [16] No Grande Prêmio do Brasil, ele recebeu a tarefa de agitar a bandeira quadriculada.

2010
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato do Mundo de 2010 de Fórmula 1 .

Para2010 o piloto brasileiro é reconfirmado como piloto titular ao lado do espanhol Fernando Alonso . Em 14 de março de 2010 , por ocasião da corrida inaugural da Fórmula 1 , ele terminou em segundo lugar, atrás de seu companheiro de equipe Fernando Alonso , marcando a primeira vitória dupla para a Ferrari. No Grande Prêmio da Austrália , Massa subiu ao pódio apesar das ultrapassagens sofridas por Lewis Hamilton e Sebastian Vettel . No Grande Prêmio da Malásia , Massa chega à linha de chegada em 7º e ultrapassa seu companheiro de equipe Alonso (retirado por falha no motor) para assumir a liderança, mas no Grande Prêmio da China ele termina a corrida em 9º e dá a liderança da classificação a Jenson Button . Na Espanha e em Mônaco ele terminou em 6º e 4º, enquanto no Grande Prêmio da Turquia alcançou apenas um 7º lugar, à frente de seu companheiro de equipe.

Massa persegue Jenson Button durante o Grande Prêmio da Malásia de 2010 , onde o brasileiro foi protagonista de uma reviravolta da 21ª para a 7ª colocação.

No Canadá , depois de uma boa largada, se envolve em um acidente com Vitantonio Liuzzi e, forçado a substituir a asa dianteira, tenta uma recuperação; a poucas voltas do final está 11º atrás de Michael Schumacher mas, na tentativa de o ultrapassar, danifica a asa dianteira e termina em 15º. Enquanto isso, Massa estende seu contrato com a equipe de Maranello até 2011 . Na Alemanha e na Hungria , o piloto brasileiro conquistou o 2º e o 4º lugar respectivamente, ajudando a somar pontos para a Ferrari no campeonato de construtores. No Hockenheim deve entregar a vitória a Alonso por ordem da equipe, e as relações entre os dois estão irreparavelmente prejudicadas e a atuação de Felipe sofrerá muito nos próximos anos.

Recupere o 4º lugar na Bélgica . Com a Ferrari se mostrando competitiva em Monza , Massa subiu ao pódio ao conquistar o terceiro lugar, seu melhor resultado no Grande Prêmio da Itália , atrás do piloto da McLaren Jenson Button e do companheiro de equipe Fernando Alonso . Não deu muita sorte Massa em Cingapura : devido a um problema com a eletrônica ele não registra nenhum tempo e está classificado na última linha do grid. Graças ao uso da troca de pneus com o Safety Car na pista, Massa vai até o final da corrida terminando em décimo lugar, mas graças à penalidade de 20 segundos de Adrian Sutil e Nicolas Hülkenberg por cortar a curva 7 e ganhar uma vantagem em nono e décimo respectivamente, Felipe classifica-se em oitavo lugar com 4 pontos.

No Japão, depois de largar do décimo primeiro lugar, sai de pista na primeira curva, obrigando o italiano Vitantonio Liuzzi a se retirar. Felipe ficou em terceiro lugar na Coreia, depois de uma corrida caracterizada pela chuva. No Brasil , Massa largou da nona colocação e terminou em 15º depois de uma corrida difícil também causada pelo erro dos mecânicos no primeiro pit stop que parafusou mal o pneu dianteiro direito do carro do brasileiro. Na última rodada do ano, em Abu Dhabi , Massa largou da sexta colocação e encerrou a prova na décima colocação, depois de uma corrida descolorida dentro do grupo, devido a uma estratégia ruim do muro de box que também penalizou o companheiro de equipe Fernando Alonso que na mesma corrida viu o sonho do título mundial desaparecer.

2011
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2011 .
Massa a bordo da Ferrari 150º Itália , em batalha com Mark Webber em um momento decisivo do Grande Prêmio da Malásia de 2011 .

Confirmado na Ferrari também para2011 , Massa começou a temporada obtendo um nono lugar (mais tarde se tornando o sétimo graças à desqualificação dos pilotos da Sauber ) no Grande Prêmio da Austrália , no qual também fez a volta mais rápida da corrida. Nas duas corridas seguintes, na China e na Malásia , o piloto brasileiro terminou em quinto e sexto respectivamente, à frente do companheiro de equipe Alonso nas duas ocasiões. Isso foi seguido por um decepcionante décimo primeiro lugar no Grande Prêmio da Turquia e duas retiradas consecutivas na Espanha e em Mônaco , no primeiro caso devido a uma falha na caixa de câmbio e no segundo devido a um acidente. No animado Grande Prêmio do Canadá , Massa, largando da terceira posição no grid, alcançou o sexto lugar, batendo Kamui Kobayashi na linha de chegada por apenas 45 milésimos. Nas três corridas seguintes o piloto brasileiro conseguiu três quintos lugares e na Hungria , antes das férias de verão, um sexto lugar com volta mais rápida na corrida. Terminou apenas em oitavo lugar na Bélgica, protagonista de um mau desempenho também devido a um furo no pneu e em Monza sexto depois de um contacto com Mark Webber no início da corrida.

No GP mais difícil da temporada em Cingapura , ele terminou em nono após ser ferido por Lewis Hamilton na roda traseira direita e apenas em sétimo no Japão após estar no turbilhão dos melhores na primeira etapa da corrida. Na Coreia, ele foi o sexto pela quinta vez nesta temporada. Na Índia , no Circuito Internacional de Buddh , encerrou a corrida após 32 voltas por quebrar a suspensão dianteira esquerda tirando o meio-fio da curva 9 da chicane . O presidente da Ferrari Luca Cordero di Montezemolo confirma formalmente como piloto de corrida na Ferrari pela Temporada de2012 por ocasião da Final Mundial de Mugello . [17] Termine em quinto lugar em Abu Dhabi , penúltimo teste da temporada. Mesma posição no Brasil , última corrida da temporada e grande prêmio em casa, onde, entre outras coisas, comemorou seu 100º Grande Prêmio com a Ferrari . [18]

2012
Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2012 .
Massa (à direita) participa da coletiva de imprensa do Grande Prêmio da Itália de 2012 com Fernando Alonso , seu companheiro de equipe no Cavallino no quadriênio 2010-2013.

Massa inicia a temporada de2012 já em exame devido às declarações de Luca Cordero di Montezemolo e Stefano Domenicali sobre a possibilidade de renovação do contrato. [19] Nas três primeiras corridas da temporada o brasileiro não consegue somar pontos, mas a situação muda no Bahrein onde, após largar da 14ª posição, consegue terminar em 9º e somar dois pontos. Na Espanha , também graças a um drive trough pelos comissários e uma má estratégia de pit-stop, a situação não é muito otimista com o 15º lugar no final da corrida. No Grande Prêmio de Mônaco, ele consegue pela primeira vez nesta temporada chegar ao terceiro trimestre, se classificando na sétima posição.

Na corrida apresenta um bom ritmo que lhe valeu a sexta posição, o seu melhor resultado nas seis primeiras corridas da temporada. Ele também marca pontos no Canadá , mas desta vez, por estratégia que também penalizará o companheiro de equipe Fernando Alonso , termina em décimo. No Grande Prêmio da Inglaterra , em Silverstone , ele foi o autor de uma corrida brilhante e depois de vários duelos com Schumacher e Räikkönen ele terminou em quarto lugar, tocando o pódio e confirmando o bom momento da Ferrari . Na Alemanha, após um acidente na largada que o fez cair para a vigésima quarta posição, ele começou a se recuperar, ultrapassando 12 pilotos, terminando em décimo segundo.

Um pit stop em Massa durante o fim de semana de Monza

Prova do momento muito difícil de Massa é a comparação com Alonso na qualificação (onde sempre brilhou) após 10 grandes prêmios: 10 a 0 para o espanhol. O brasileiro continua sendo o melhor titular da temporada com 18 posições conquistadas na largada. Enquanto isso, no final de julho expira a opção da Ferrari na renovação do contrato do brasileiro [20] . No Grande Prêmio da Bélgica , ele fez uma boa corrida largando em décimo quarto lugar e terminando em quinto na frente de Mark Webber , levando para casa 10 pontos e ajudando seu companheiro de equipe Fernando Alonso , que se aposentou no início da corrida, na luta pelo título. No Grande Prêmio da Itália, Felipe fez uma excelente qualificação (3ª) à frente do companheiro de equipe Alonso pela primeira vez nesta temporada.

Na corrida fez uma boa largada chegando perto de Hamilton na 1ª colocação. Depois de ter mantido o 2º lugar por muito tempo, foi ultrapassado por Button (que teria abandonado algumas voltas depois) por Alonso e Perez, terminando em 4º lugar e tocando o pódio. No Grande Prêmio de Cingapura o brasileiro foi vítima de um furo no russo Vitalij Petrov . Tale foratura lo costringerà a un immediato rientro ai box, ma poi il ferrarista è autore di una grande rimonta che gli varrà l'ottava posizione in classifica. In Giappone Massa torna sul podio giungendo 2º, dopo essere partito 10º, la prima volta dopo Corea 2010 . Nel successivo Gran Premio in Corea Massa giunge 4º alle spalle del compagno di squadra Fernando Alonso.

I buoni risultati ottenuti nella seconda metà di stagione spingono la Ferrari a confermarlo anche per il 2013. Nelle ultime gare della stagione il brasiliano conferma il buon momento di forma, giungendo a punti sia in India che ad Abu Dhabi . Nel Gran Premio degli Stati Uniti Massa batte per la seconda volta in stagione il compagno di squadra in qualifica, venendo però fatto penalizzare di proposito dalla scuderia per permettere ad Alonso, in lotta per il mondiale, di partire dal lato "pulito" della pista. Il pilota brasiliano conclude la gara in quarta posizione, alle spalle dello stesso Alonso. Anche nella gara di casa Massa risulta più rapido di Alonso in qualifica, aiutando e difendendo l'asturiano nelle prime fasi di gara (memorabile la sua manovra che porta Alonso al doppio sorpasso su Webber e sul brasiliano) chiudendo il Gran Premio in terza posizione e conquistando il secondo podio stagionale. Il titolo però ancora una volta sfugge alla rossa, mentre Massa conclude il campionato in settima posizione, con 122 punti.

2013
Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Campionato mondiale di Formula 1 2013 .
Massa collauda la Ferrari F138 durante i test precampionato del febbraio 2013 sul circuito di Catalogna .

Confermato nella Scuderia Ferrari anche per il 2013, Massa inizia la stagione con un 4º posto in Australia , dopo essere partito in qualifica davanti al compagno di squadra Alonso; con la gara di Melbourne, supera suo malgrado il record di gare consecutive in Ferrari senza ottenere vittorie (68), battendo il precedente record di 67 che apparteneva a Jean Alesi . In Malesia il brasiliano torna in prima fila, qualificandosi ancora davanti ad Alonso (l'ultima volta che Massa era partito in prima fila era stata nel Gran Premio del Bahrain 2010 ); in gara, causa anche una brutta partenza, giunge 5º. Anche in Cina , dopo un avvio di gara all'attacco, deve accontentarsi della 6ª posizione a causa del traffico e della mancanza di grip.

In Bahrein conclude la gara nelle retrovie, per via di due forature. In Spagna , subisce una penalità per aver ostacolato Mark Webber in qualifica, venendo arretrato e costretto a partire 9º in griglia; tuttavia in gara riesce a recuperare fino al 3º posto, conquistando così il primo podio stagionale. Al Gran Premio di Monaco , in seguito a un brutto incidente alla curva Sainte Devote, non prende parte alle qualifiche, partendo dunque ultimo; in gara è costretto al ritiro dopo 30 giri per un incidente dalla dinamica simile, causato da problemi alla sospensione anteriore sinistra. Nel successivo weekend, nel Gran Premio del Canada , si qualifica 16º; in gara Massa, dopo una bella rimonta, conquista l'8ª posizione finale. [21]

Massa (a destra) nel maggio 2013 con il presidente della FIA , Jean Todt , gia suo direttore sportivo a Maranello.

Nel Gran Premio di Gran Bretagna il pilota brasiliano, in qualifica, non va oltre il 12º posto in griglia. In gara, dopo un buon inizio, è suo malgrado protagonista (assieme ad altri piloti) di forature causate da detriti sulla pista, che lo fanno precipitare fino alla 22ª posizione; sfruttando la strategia di gara ei vari ingressi della safety car , riesce a rimontare il gruppo ea concludere la prova britannica 6º. Dopo un ritiro avvenuto durante le prime fasi del GP di Germania, Massa conclude 8 gare consecutive in zona punti conquistando come migliore risultato due quarti posti in Italia e in India . La striscia di gare concluse in zona punti si conclude negli USA con un deludente 12º posto, complice del risultato anche la scarsa competitività della Ferrari F138. Torna in zona punti nel gran premio di casa ma, dopo aver occupato per gran parte della gara la quarta posizione, concluderà solo settimo a causa di una penalità inflitta al brasiliano per aver tagliato più volte la linea che delimita l'ingresso alla pit-lane. La stagione si conclude con 112 punti in ottava posizione finale: termina così l'avventura di Massa in Ferrari, che con la "Rossa" ha conquistato in totale 11 vittorie, 14 giri veloci, 15 pole position, 789 punti e come miglior risultato assoluto un secondo posto ottenuto nel 2008.

2014-2017: Williams

2014
Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Campionato mondiale di Formula 1 2014 .

Il 10 settembre 2013, dopo il Gran Premio d'Italia , annuncia dopo otto anni l'addio alla Scuderia Ferrari, a partire dalla stagione successiva. [22] Circa due mesi dopo, l'11 novembre, la Williams annuncia l'ingaggio del brasiliano a partire dal 2014, in sostituzione di Pastor Maldonado . [23] [24]

Massa scende dal podio del Gran Premio d'Italia 2014 , chiuso al 3º posto.

L'inizio del campionato 2014 è a fasi alterne per il brasiliano, che a Melbourne , sede del primo Gran Premio dell'anno, è costretto al ritiro già alla prima curva dopo essere stato tamponato da Kamui Kobayashi . Seguono due settimi posti in Malesia e in Bahrein ; nella prima occasione Massa è protagonista di un acceso scambio radio con la sua squadra, che gli chiede di cedere la posizione al compagno di squadra Valtteri Bottas , ordine al quale il brasiliano si rifiuterà di obbedire. In Cina il brasiliano è invece rallentato da un problema al cambio gomme, che lo fa sprofondare nelle retrovie mentre si trovava in sesta posizione. Il pilota brasiliano torna a punti a Monaco , dove coglie un altro settimo posto dopo aver rimontato dalla sedicesima posizione in griglia. In Canada , invece, Massa è coinvolto in un violento incidente nelle fasi finali di gara, mentre si contendeva il quarto posto con Sergio Pérez , uscendone illeso. In Austria conquista la sua sedicesima pole position a distanza di sei anni dall'ultima, ottenuta nel Gran Premio del Brasile 2008 . Quella sarà anche l'unica pole conquistata da una scuderia diversa dalla Mercedes in tutta la stagione. In gara non riesce tuttavia a confermare il risultato, venendo scavalcato prima dalle Mercedes di Rosberg e Hamilton e successivamente anche dal compagno di squadra Bottas e concludendo la gara in quarta posizione.

Seguono due ritiri per incidente in Gran Bretagna e in Germania . Nella prima occasione Massa manda la sua vettura in testacoda per non colpire frontalmente quella di Kimi Räikkönen che, priva di controllo, gli attraversa la traiettoria, dovendosi però ritirare per i danni riportati dalla sua monoposto nell'impatto. Nel secondo caso il pilota brasiliano viene a contatto con la McLaren di Kevin Magnussen poco dopo la partenza, dovendosi anche in questo caso ritirare.

Massa torna a punti in Ungheria , dove taglia il traguardo in quinta posizione, conquistando poi il primo podio stagionale nel Gran Premio d'Italia , chiuso in terza posizione. Il pilota brasiliano replica questo risultato nel Gran Premio di casa , chiudendo poi la stagione con un secondo posto nel conclusivo Gran Premio di Abu Dhabi . Questi buoni risultati gli consentono di recuperare posizioni in classifica: a fine anno Massa si piazza al settimo posto assoluto, con 134 punti.

2015
Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Campionato mondiale di Formula 1 2015 .
Massa nell'abitacolo della sua Williams FW37 , nei box di Montmeló, durante i test precampionato del febbraio 2015.

Massa apre il 2015 con un piazzamento a punti dopo un terzo posto in qualifica davanti alle Ferrari e al compagno di squadra Bottas, classificandosi quarto al traguardo nell'inaugurale Gran Premio d'Australia dopo un duello con Vettel. Ottiene punti anche in Malesia, dove taglia il traguardo in sesta posizione dopo essere stato sopravanzato nelle ultime tornate dal compagno di squadra, e in Cina , dove conquista un quinto posto.

In Bahrein Massa è costretto a partire dalla corsia dei box per un problema ad un sensore, che impedisce l'avviamento della sua vettura [25] . La rimonta viene complicata da un contatto nelle prime fasi di gara, nel quale il fondo piatto della vettura viene danneggiato, e il pilota brasiliano deve accontentarsi del decimo posto [25] . Giunge di nuovo sul podio nel Gran Premio d'Austria davanti a Vettel , dopo avergli resistito nel finale. Nel successivo Gran Premio d'Inghilterra giunge quarto dopo aver condotto la gara fino al ventesimo giro, venendo poi sopravanzato da Hamilton e mancando il podio a causa di una strategia sbagliata nel finale di gara, dopo il cambiamento delle condizioni climatiche della pista. Giunge poi 12º in Ungheria dopo aver condotto tutta la gara con un problema alla sua monoposto. In Italia giunge al podio per la seconda volta in stagione arrivando terzo. Dopo due gran premi senza punti, in Russia giunge quarto, dopo una bella rimonta.

Nel Gran Premio di casa vive un week end difficile dettato dalla difficoltà nel trovare un buon setting della macchina dopo le recenti modifiche ai cordoli del circuito. Dopo una qualifica discreta che lo vede conquistare la terza fila viene squalificato dopo la fine della gara, conclusa all'ottavo posto, a causa della pressione della sua anteriore destra che non rispettava i limiti imposti dalla federazione. Nel Gran Premio finale, quello di Abu Dhabi , giunge ottavo. Termina la stagione al sesto posto nella classifica generale, alle spalle del compagno di squadra Valtteri Bottas . Nella stagione ha totalizzato due terzi posti (Austria e Italia) e finisce con 121 punti.

2016
Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Campionato mondiale di Formula 1 2016 .
Massa nel 2016

Nel 2016 Massa apre la stagione con un quinto posto in Australia , dopo essere scattato dalla sesta piazza. In Bahrain , dopo aver occupato la seconda piazza nei primi giri, chiude ottavo per via di una errata scelta delle gomme (la Wiliams ha utilizzato esclusivamente gomme medie). In Cina , nonostante una brutta qualifica, chiusa in undicesima posizione, arriva sesto, grazie a una strategia più conservativa. In Russia chiude quinto, dopo essere partito dalla quarta casella. I successivi tre GP vedono Massa raccogliere solo 6 punti, per via di un ottavo posto in Spagna , un ritiro in Canada e due decimi posti a Monaco e in Azerbaigian , scendendo in nona posizione nella classifica piloti. In Austria e Gran Bretagna chiude fuori dalla zona punti. In Ungheria un'errata strategia della Williams in qualifica lo relega nelle ultime file: in gara il pilota brasiliano non riesce a recuperare posizioni, chiudendo diciottesimo. In Germania , partito decimo, viene urtato da Jolyon Palmer , e danneggiata la sua aerodinamica, Massa si ritira dopo aver passato la gara a centro gruppo. In Belgio chiude decimo.

Il 1º settembre 2016 nella conferenza stampa precedente al Gran Premio d'Italia annuncia la sua volontà di concludere la stagione e poi ritirarsi dalla Formula 1 [26] . Nel fine settimana brianzolo termina la gara al nono posto, dopo essere partito undicesimo. Non ottiene punti a Singapore e in Malesia . In seguito conquista due noni posti in Giappone e in Messico e un settimo negli Stati Uniti . Per il suo ultimo Gran Premio di casa Massa si ritira per un incidente nel rettilineo dei box. Chiude la stagione all'undicesimo posto in classifica generale, con 53 punti.

2017
Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Campionato mondiale di Formula 1 2017 .
Massa in Malesia

Il 16 gennaio 2017 , dopo l'ufficialità del passaggio di Valtteri Bottas alla Mercedes, il brasiliano viene richiamato dalla Williams per un'altra stagione in Formula 1 [27] .

Massa apre la stagione con un sesto posto in Australia , piazzamento bissato in Bahrein ; nel mezzo il quattordicesimo posto in Cina . Nel Gran Premio di Russia chiude al nono posto, dopo essere stato costretto a una sosta supplementare per una foratura. I due sesti posti conquistati a inizio campionato restano i migliori risultati stagionali. A Baku Massa, scattato dalla nona posizione, si trova a lottare per le posizioni di vertice, risalendo ai margini del podio a metà gara: tuttavia, il pilota brasiliano deve ritirarsi per un problema ad un ammortizzatore, perdendo la possibilità di lottare per la vittoria [28] . Dopo due piazzamenti a punti consecutivi in Austria ea Silverstone , in occasione del Gran Premio d'Ungheria Massa è costretto a dare forfait per un malessere avvertito al termine delle prove libere, lasciando il posto a Paul di Resta .

Il pilota brasiliano torna al volante nel successivo Gran Premio del Belgio , chiuso in ottava posizione. Nella parte finale della stagione Massa taglia il traguardo quasi sempre in zona punti: fanno eccezione il Gran Premio di Singapore e il Gran Premio del Messico , nei quali il pilota brasiliano viene penalizzato rispettivamente da un'errata scelta di strategia e da una foratura nelle prime fasi di gara.

Il 4 novembre 2017 Massa annuncia il suo definitivo ritiro a fine stagione dalla Formula 1 con un post su Twitter . [29] Il pilota brasiliano chiude la stagione confermando l'undicesimo posto assoluto del 2016, ma con dieci punti in meno rispetto alla stagione precedente.

Formula E

2018-2019

Dalla stagione 2018-2019 partecipa al campionato di Formula E con il team Venturi Grand Prix , con cui ha firmato un contratto triennale. [2] Dopo un inizio difficoltoso, a partire dall' E-Prix di Città del Messico 2019 giunge a punti in 5 gare su 6, ea Monaco giunge terzo al traguardo, ottenendo il suo primo podio nella serie elettrica. [30] Conclude la stagione con 36 punti.

2019-2020

Nella stagione successiva continua a correre con Venturi nella categoria elettrica. I primi punti arrivano alla terza gara, a Santiago del Chile , in cui conquista un nono posto.

Risultati completi

Euro Formula 3000

( legenda ) (Le gare in grassetto indicano la pole) (Le gare in corsivo indicano il giro veloce)

Anno Scuderia 1 2 3 4 5 6 7 8 Posizione Punti
2001 Draco Junior Team VLL
1
PER
1
MOZ
1
DON
8
ZOL
Rit
IMO
1
NÜR
1
VAL
1
60

European Supertouring Championship

( legenda ) (Le gare in grassetto indicano la pole) (Le gare in corsivo indicano il giro veloce)

Anno Squadra Vettura 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Punti Pos.
2001 Team Nordauto Alfa Romeo 156 MNZ
Italia
BRN
Rep. Ceca
MAG
Francia
SIL
Regno Unito
ZOL
Belgio
HUN
Ungheria
RBR
Austria
NÜR
Germania
JAR
Spagna
EST
Portogallo
71 23º
14 6 5 Rit

Formula 1

2002 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Brazil.svg Flag of San Marino.svg Flag of Spain.svg Flag of Austria.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of France.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of the United States.svg Flag of Japan.svg Punti Pos.
Sauber Sauber C21 Rit 6 Rit 8 5 Rit Rit 9 6 9 Rit 7 7 Rit Rit Rit 4 13º
2004 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of San Marino.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Europe.svg Flag of Canada.svg Flag of the United States.svg Flag of France.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Japan.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
Sauber Sauber C23 Rit 8 12 10 9 5 9 Rit Rit 13 9 13 Rit 4 12 8 9 8 12 12º
2005 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of San Marino.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Europe.svg Flag of Canada.svg Flag of the United States.svg Flag of France.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Turkey.svg Flag of Italy.svg Flag of Belgium.svg Flag of Brazil.svg Flag of Japan.svg Flag of the People's Republic of China.svg Punti Pos.
Sauber Sauber C24 10 10 7 10 11 9 14 4 NP Rit 10 8 14 Rit 9 10 11 10 6 11 13º
2006 Scuderia Vettura Flag of Bahrain.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Australia.svg Flag of San Marino.svg Flag of Europe.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Canada.svg Flag of the United States.svg Flag of France.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Turkey.svg Flag of Italy.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Japan.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
Scuderia Ferrari Ferrari 248 F1 9 5 Rit 4 3 4 9 5 5 2 3 2 7 1 9 Rit 2 1 80
2007 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of the United States.svg Flag of France.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Europe.svg Flag of Hungary.svg Flag of Turkey.svg Flag of Italy.svg Flag of Belgium.svg Flag of Japan.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
Scuderia Ferrari Ferrari F2007 6 5 1 1 3 SQ 3 2 5 2 13 1 Rit 2 6 3 2 94
2008 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Turkey.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of France.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Europe.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
Scuderia Ferrari Ferrari F2008 Rit Rit 1 2 1 3 5 1 13 3 17 1 1 6 13 7 2 1 97
2009 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Turkey.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Europe.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Scuderia Ferrari Ferrari F60 Rit 9 Rit 14 6 4 6 4 3 NP INF INF INF INF INF INF INF 22 11º
2010 Scuderia Vettura Flag of Bahrain.svg Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Turkey.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of South Korea.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Scuderia Ferrari Ferrari F10 2 3 7 9 6 4 7 15 11 15 2 4 4 3 8 Rit 3 15 10 144
2011 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Turkey.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of South Korea.svg Flag of India.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
Scuderia Ferrari Ferrari 150º Italia 7 5 6 11 Rit Rit 6 5 5 5 6 8 6 9 7 6 Rit 5 5 118
2012 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of South Korea.svg Flag of India.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
Scuderia Ferrari Ferrari F2012 Rit 15 13 9 15 6 10 16 4 12 9 5 4 8 2 4 6 7 4 3 122
2013 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of South Korea.svg Flag of Japan.svg Flag of India.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Punti Pos.
Scuderia Ferrari Ferrari F138 4 5 6 15 3 Rit 8 6 Rit 8 7 4 6 9 10 4 8 12 7 112
2014 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Germany.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of Russia.svg Flag of the United States.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Williams Williams FW36 Rit 7 7 15 13 7 12 4 Rit Rit 5 13 3 5 7 11 4 3 2 134
2015 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Malaysia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Japan.svg Flag of Russia.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Williams Williams FW37 4 6 5 10 6 15 6 3 4 12 6 3 Rit 17 4 Rit 6 SQ 8 121
2016 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of Bahrain.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Russia.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Europe.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Hungary.svg Flag of Germany.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Japan.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Williams Williams FW38 5 8 6 5 8 10 Rit 10 20 11 18 Rit 10 9 12 13 9 7 9 Rit 9 53 11º
2017 Scuderia Vettura Flag of Australia.svg Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Bahrain.svg Flag of Russia.svg Flag of Spain.svg Flag of Monaco.svg Flag of Canada.svg Flag of Azerbaijan.svg Flag of Austria.svg Flag of the United Kingdom.svg Flag of Hungary.svg Flag of Belgium.svg Flag of Italy.svg Flag of Singapore.svg Flag of Malaysia.svg Flag of Japan.svg Flag of the United States.svg Flag of Mexico.svg Flag of Brazil.svg Flag of the United Arab Emirates.svg Punti Pos.
Williams Williams FW40 6 14 6 9 13 9 Rit Rit 9 10 SP 8 8 11 9 10 9 11 7 10 43 11º
Legenda 1º posto 2º posto 3º posto A punti Senza punti/Non class. Grassetto – Pole position
Corsivo – Giro più veloce
Squalificato Ritirato Non partito Non qualificato Solo prove/Terzo pilota

Formula E

Stagione Squadra Vettura 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 Punti Pos
2018-19 Venturi Formula E Team Spark-Venturi VFE-05 DIR
17
MAR
18
SAN
Rit
MEX
8
HKG
5
SAY
10
ROM
Rit
PAR
9
MON
3
BER
15
BRN
8
NYC
16†
NYC
15
36 15º
2019-20 ROKiT Venturi Racing Spark-Mercedes-Benz EQ Silver Arrow 01 DIR
12
DIR
17
SAN
9
MEX
Rit
MAR
17
BER
Rit
BER
NC
BER
19
BER
10
BER
13
BER
16
3 22º
Legenda 1º posto 2º posto 3º posto A punti Senza punti Grassetto =Pole position
Corsivo =Giro più veloce
Solo prove/Terzo pilota Non qualificato Ritirato/Non class. Squalificato Non partito
  • G : Pilota col giro più veloce nel gruppo di qualifica.
  • : Non ha terminato, ma è stato classificato in quanto aveva completato più del 90% della distanza di gara.
  • * : Fanboost

Stock Car Brasil

( legenda ) (Le gare in grassetto indicano la pole) (Le gare in corsivo indicano il giro veloce)

Anno Squadra Vettura 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 Punti Pos.
2018 Cimed Team Chevrolet Cruze INT
1

13
CUR
1
CUR
2
VEL
1
VEL
2
LON
1
LON
2
SCZ
1
SCZ
2
GOI
1

22
MOU
1
MOU
2
CAS
1
CAS
2
VCA
1
VCA
2
TAR
1
TAR
2
GOI
1
GOI
2
INT
1
0† NC†
2021 Lubrax Podium Chevrolet Cruze GOI
1

23
GOI
2

17
INT
1

15
INT
2

7
VCA
1
Rit
VCA
2
Rit
VCA
1
16
VCA
2
15
CAS
1
16
CAS
2
13
CUR
1

15
CUR
2

23
CUR
1

CUR
2

SCZ
1
SCZ
2
VCA
1
VCA
2
VCA
1
VCA
2
GOI
1

GOI
2

INT
1

INT
2

56* 21º*

Dato che Massa era un pilota ospite, non era idoneo per i punti.
* Stagione in corso.

Note

  1. ^ Umberto Zapelloni, L'addio di Massa, un pilota migliore di quel che si racconta , La Gazzetta dello Sport , 1º settembre 2016. URL consultato il 3 settembre 2016 (archiviato dall' url originale il 5 settembre 2016) .
  2. ^ a b Felipe Massa in Formula E: contratto triennale con Venturi! , motorsport.com, 15 maggio 2018. URL consultato il 16 maggio 2018 .
  3. ^ Francesco Damiani, Massa, ritorno alle origini. Venerdì la festa a Cerignola , in la Repubblica , 29 agosto 2006.
  4. ^ Massa sposa la sua Raffaella senza i grandi della Formula Uno , in qn.quotidiano.net , 1º dicembre 2007. URL consultato il 22 marzo 2013 (archiviato dall' url originale il 4 marzo 2016) .
  5. ^ F1: nato figlio Felipe Massa [ collegamento interrotto ] , in raisport.rai.it , 1º dicembre 2009.
  6. ^ a b Mario Donnini, È il nuovo Senna? , in Autosprint , 25 settembre 2001, p. 13.
  7. ^ Massa nuovo uomo Sauber , in Autosprint , 16 ottobre 2001, p. 28.
  8. ^ Australia, l'impresa di Kimi. Subito in pole, meglio di Schumi , in gazzetta.it , 17 marzo 2007. URL consultato il 3 marzo 2008 .
  9. ^ Ferrari, Massa fino al 2010 , in gazzetta.it , 16 ottobre 2007. URL consultato l'8 maggio 2008 .
  10. ^ ( EN ) 2008 Grand Prix of Europe results , in formula1.com , 24 agosto 2008. URL consultato il 24 agosto 2008 .
  11. ^ a b Massa critical, in induced coma , su motorsport.com . URL consultato il 27 luglio 2009 (archiviato dall' url originale il 29 luglio 2009) .
  12. ^ La vita di Massa non è a rischio , su it.eurosport.yahoo.com . URL consultato il 27 luglio 2009 .
  13. ^ Incidente a Budapest, Massa operato «Condizioni serie, ma stabili» , su newstin.it . URL consultato il 26 luglio 2009 (archiviato dall' url originale il 2 settembre 2009) .
  14. ^ Ferrari, torna Schumacher "Pronto a prendere il suo posto" , su repubblica.it . URL consultato il 30 luglio 2009 .
  15. ^ Clamoroso: Schumi rinuncia: "Problemi al collo" , in La Gazzetta dello Sport , 11 agosto 2009. URL consultato l'11 agosto 2009 .
  16. ^ Primi giri di pista per Massa , in it.f1-live.com , 12 ottobre 2009. URL consultato il 15 ottobre 2009 (archiviato dall' url originale il 16 ottobre 2009) .
  17. ^ Montezemolo conferma Massa e guarda al futuro della F1 [ collegamento interrotto ] , 422race.com
  18. ^ Felipe Massa, casco d'oro in Brasile: 100 gare in rosso, tra alti e bassi , su f1web.it . URL consultato il 3 dicembre 2011 (archiviato dall' url originale il 30 novembre 2011) .
  19. ^ Ultimo anno di contratto, Massa sotto esame. E se la rossa lo molla… [ collegamento interrotto ] , su f1web.it . URL consultato il 14 gennaio 2012 .
  20. ^ Scade l'opzione su Massa. Radiobox dà Raikkonen alla Ferrari nel 2013 [ collegamento interrotto ] , in F1WEB.it . URL consultato il 16 settembre 2012 .
  21. ^ Massa: "Sono molto contento della gara di oggi" , in f1grandprix.motorionline.com , 10 giugno 2013. URL consultato il 10 giugno 2013 (archiviato dall' url originale il 13 novembre 2013) .
  22. ^ Ferrari, Massa ufficializza l'addio, "Grazie per i momenti bellissimi" , in gazzetta.it , 10 settembre 2013.
  23. ^ ( EN ) Q&A with Felipe Massa on 2014 Driver Line-Up , in williamsf1.com , 11 novembre 2013 (archiviato dall' url originale il 13 novembre 2013) .
  24. ^ Felipe Massa passa alla Williams , in corriere.it , 11 novembre 2013.
  25. ^ a b ( EN ) Williams: it was a race of two halves , in grandprix247.com , 20 aprile 2015. URL consultato il 24 aprile 2015 (archiviato dall' url originale il 21 aprile 2015) .
  26. ^ Formula 1, Felipe Massa annuncia il ritiro , su autosprint.corrieredellosport.it . URL consultato il 1º settembre 2016 (archiviato dall' url originale il 15 settembre 2016) .
  27. ^ F1 | Massa: ufficiale il ritorno alla Williams per il 2017 , su FormulaPassion.it , 16 gennaio 2017. URL consultato il 16 febbraio 2017 (archiviato dall' url originale il 17 febbraio 2017) .
  28. ^ ( EN ) Lowe: Massa should've won F1 Azerbaijan GP without Williams failure , su autosport.com . URL consultato il 20 dicembre 2017 (archiviato dall' url originale il 22 dicembre 2017) .
  29. ^ F1 Ufficiale: Massa annuncia il ritiro a fine anno , su FormulaPassion.it , 4 novembre 2017. URL consultato il 4 novembre 2017 (archiviato dall' url originale il 4 novembre 2017) .
  30. ^ Race Report Monaco 2019 , su fiaformulae.com . URL consultato l'11 maggio 2019 (archiviato dall' url originale l'11 maggio 2019) .

Altri progetti

Collegamenti esterni