Budapeste

Da Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para a navegação Ir para a pesquisa
Disambiguation note.svg Desambiguação - Se você estiver procurando por outros significados, consulte Budapeste (desambiguação) .
Budapeste
município autônomo
( HU ) Budapeste
Budapeste - Brasão de armas Budapeste - Bandeira
Budapeste - Ver
A cidade e o Danúbio
Localização
Estado Hungria Hungria
região Hungria Central
província Não presente
Administração
prefeito Gergely Karácsony ( PM ) de 14/10/2019
Data de Estabelecimento 17 de novembro de 1873
Território
Coordenadas 47 ° 29'54 "N 19 ° 02'27" E / 47,498333 ° N 19,040833 ° E 47,498333; 19,040833 (Budapeste) Coordenadas : 47 ° 29'54 "N 19 ° 02'27" E / 47,498333 ° N 19,040833 ° E 47,498333; 19.040833 ( Budapeste )
Altitude 102 m acima do nível do mar
Superfície 525,14 km²
Habitantes 1 752 286 (1-1-2019)
Densidade 3 336,8 habitantes / km²
Outra informação
Código postal 1011-1239
Prefixo (+36) 1
Jet lag UTC + 1
ISO 3166-2 HU-BU
Código KSH 13578
Nomeie os habitantes Budapestiani ou Budapestini
( HU ) budapeste
Apelido A pérola do Danúbio
( HU ) para Duna gyöngyszeme
Cartografia
Budapeste - Localização
Site institucional

Budapeste ( AFI : [ˈbudɒpɛʃt] ; pronúncia italiana moderna: / ˈbudapest / [1] ) é a capital e maior cidade da Hungria .

A cidade e o Danúbio vistos da colina Gellért

Administrado como um município autônomo , também constitui o principal centro do país para a vida política, econômica e cultural; no início de 2019 contava com 1.752.286 habitantes, enquanto a população residente na área metropolitana era de mais de 3.000.000 de pessoas.

Budapeste nasceu oficialmente em 1873 da união das cidades históricas de Buda e Óbuda , localizadas a oeste do Danúbio , com a cidade de Pest , localizada na margem oposta do rio e também de origens antigas; até 1918 foi uma das duas capitais do Império Austro-Húngaro , que se dissolveu no final da Primeira Guerra Mundial .

No século 21, Budapeste se tornou uma metrópole global e se consolidou como um destino turístico popular: em 2011, segundo dados fornecidos pela Euromonitor International, a capital húngara foi a 25ª cidade mais visitada do mundo [2] .

Geografia física

Território

A morfologia de Budapeste é variada. Pest tem vista para a Grande Planície Húngara e é quase totalmente plana. Buda, em vez disso, tem várias colinas que se elevam até a altitude máxima de 527 metros

Clima

A cidade tem um clima temperado continental com invernos rigorosos e temperaturas muitas vezes abaixo de zero, e verões quentes com temperaturas máximas em julho e agosto, os meses mais quentes, muitas vezes excedendo 33 ° C Precipitação, raramente intensa, com acumulações ao redor 500 mm , estão bem distribuídos ao longo do ano com um pico relativo entre maio e junho ( 65 mm ) e um mínimo entre janeiro e fevereiro ( 35 mm ). A neve é ​​um fenômeno frequente no inverno, enquanto o outono é nebuloso.

Mês Meses Temporadas Ano
Jan Fev Mar Abr Mag Abaixo Jul Atrás Definir Out 11 de novembro Dez Inv Pri leste Aut
T. máx. meioC ) 2,1 4,7 10,6 16,7 22,0 25,2 27,5 27,1 22,6 16,1 8,3 3,7 3,5 16,4 26,6 15,7 15,6
T. min. meioC ) -2,7 -1,3 2,4 6,9 11,5 14,6 16,4 15,9 12,2 7,5 3,1 -0,6 -1,5 6,9 15,6 7,6 7,2
Precipitação ( mm ) 38,5 36,7 37,4 47,2 64,5 69,8 50,4 49,5 42,7 46,9 59,9 49,3 124,5 149,1 169,7 149,5 592,8

História

O palácio real de Buda em 1930

O primeiro assentamento no território de Budapeste foi por volta do século 1 aC pelos celtas . Mais tarde, foi ocupada pelos romanos . O assentamento romano, Aquincum - que suplanta o celta Akink - tornou-se a principal cidade da Baixa Panônia . Um assentamento civil e militar permanece da era romana, cada um com um anfiteatro , banhos termais , mithraeums , um aqueduto , algumas vilas e numerosos castra de guarnição dos limões do Danúbio .

As tribos húngaras chegaram lá durante o século 10 e fizeram dela uma das primeiras sedes dos príncipes e depois dos reis. Naquela época a cidade era chamada de Buda.

Pest foi fundada na margem oposta do Danúbio . Já um local de alguma importância, foi rapidamente reconstruído após sua destruição pelos invasores mongóis em 1241 , mas foi Buda, sede do Palácio Real desde 1247 , que se tornou a capital da Hungria.

A conquista pelos turcos de grande parte da Hungria no século 16 interrompeu o crescimento da cidade: após a batalha de Mohács, Pest caiu nas mãos dos invasores em 1526 e Buda a seguiu quinze anos depois. Enquanto Buda permaneceu a sede do governo turco, Pest acabou em ruínas antes da reconquista em 1686 pelas tropas dos Habsburgos .

Foi Peste, sede administrativa do reino desde 1723, que experimentou a maior taxa de crescimento entre os séculos XVIII e XIX , também graças à incorporação de centros habitados adjacentes. Em 1800, Pest era maior do que Buda e Óbuda combinados e, ao longo do século, cresceu vinte vezes para chegar a 600.000 habitantes.

A fusão das três cidades de Buda, Óbuda e Pest em uma única administração, implementada pela primeira vez pelo governo revolucionário húngaro em 1849, depois revogada pela autoridade restaurada dos Habsburgos, foi finalmente efetivada pelo governo autônomo húngaro estabelecido com o Império Austro-Húngaro compromisso. de 1867. a população total da área unificada cresceu entre 1840 e 1900 para 730.000 habitantes.

Durante o século XX, a maior expansão populacional ocorreu nos subúrbios, com Újpest mais do que dobrando de tamanho de 1890 a 1910 e Kispest quíntupla de 1900 a 1920 , devido ao fato de a maior parte das indústrias do país estarem concentradas na cidade. As perdas humanas da Primeira Guerra Mundial e as resultantes da perda de dois terços do território do país ( 1920 ) causaram uma desaceleração temporária, deixando Budapeste a capital de um estado menor, mas finalmente soberano. Em 1930, a cidade tinha uma população de um milhão, além de outros 400.000 nos subúrbios. Naqueles anos, um dos jornais de maior circulação foi o Budapesti Hirlap , um jornal nacionalista e conservador que deixou de ser publicado em 1939.

Durante a ocupação alemã na Segunda Guerra Mundial, mais de um terço dos 250.000 habitantes de Budapeste de origem judaica perderam suas vidas no Holocausto [3] . A situação tornou-se dramática, especialmente entre outubro de 1944 e o início de 1945, quando os nazistas e a polícia húngara (controlada pelo governo colaboracionista do partido Arrow Cross ) deportaram 76.000 judeus de Budapeste para campos de concentração e extermínio, forçando o resto da população judaica dentro do Gueto de Budapeste e sujeitou-o a numerosos massacres. [4] O diplomata sueco Raoul Wallenberg , o diplomata suíço Carl Lutz , o italiano Giorgio Perlasca (que se fez passar por diplomata espanhol) e o núncio apostólico Angelo Rotta destacaram-se heroicamente contra os assassinatos e deportações. Apesar do enorme massacre, Budapeste ainda é a cidade europeia com a maior porcentagem da população judia.

A cidade, gravemente danificada durante o cerco soviético no início de 1945, foi reconstruída após a guerra. Em 1956 a cidade foi um dos principais palcos do levante húngaro e dos consequentes confrontos entre a população e as tropas soviéticas , que culminaram na derrota dos insurgentes e na repressão. Nos anos 60, a capital tornou-se, de certa forma, uma vitrine das políticas mais pragmáticas empreendidas pelo governo do país após os acontecimentos de 1956 . Após a queda do regime comunista ( 1989 ), Budapeste restabeleceu seus laços econômicos e culturais tradicionais com a Europa Ocidental, colocando-se como líder na tumultuada transição para o capitalismo dos antigos países socialistas da Europa Central. Desde os anos noventa , seguindo uma tendência comum a toda a Hungria, Budapeste sofreu um declínio demográfico causado pela emigração e pela diminuição natural da população.

Vista da Budapeste moderna

Sociedade

Evolução demográfica

Gráfico de População
Pirâmide populacional por idade e sexo

Crescimento populacional:

Ano Habitantes
1800 54 200
1830 102 700
1850 178.000
1880 370 800
1900 733 400
1925 957 800
1990 2 016 100
2003 1 719 342
2006 1 698 106 (aglomeração urbana 2 571 504 [5] )

População dividida por grupo étnico de acordo com o censo de 2001 .

Grupo étnico Quantia
Húngaros 1 631 043 (91,2%)
Alemães 18 097 (1%)
Ciganos 14 019 (0,8%)
Eslovacos 4 929 (0,3%)
Gregos 3 410
Romenos 2 637
chinês 2 289
Ucranianos 2 055
Poloneses 2 044
Outros 4 327
Desconhecido 93 071

línguas

De acordo com o censo de 2011, 1 712 153 pessoas (99,0% da população da cidade) falam húngaro , das quais 1 692 815 (97,9%) o falam como primeira língua e 19 338 (1,1%) como segunda língua . No mesmo ano, as principais línguas estrangeiras faladas na cidade são: Inglês (536 855 falantes, 31,0%), Alemão (266 249 falantes, 15,4%), Francês (56 208 falantes, 3,3%) e Russo (54 613 alto-falantes, 3,2%). [6]

Língua nativa 1715 1737 1750 1851 1880 1890 1900 1910 1920 1930 1941
húngaro 19,4% 22,5% 22,2% 36,6% 56,7% 67,1% 79,6% 85,9% 90,2% 94,3% 97%
alemão 55,6% 57,8% 55,2% 56,4% 34,3% 23,7% 14% 9% 6,5% 3,8% 1,9%
Eslovaco 2,2% 5,6% 6,5% 5% 6,1% 5,6% 3,4% 2,3% 1,5% 0,7% 0,3%
De outros 22,8% [7] 14,1% 16,1% 2% 2,9% 3,6% 3% 2,8% 1,8% 1,2% 0,8%

[8] [9] [10]

Religião

População dividida por religião professada:

Boroughs of Budapest

Os distritos de Budapeste

Os círculos eleitorais de Budapeste são vinte e três e consistem em áreas muito grandes que têm sua própria organização e administração local.

Tabán , Vár (Castelo) - I Distrito
Ele está localizado na margem direita do Danúbio e tem mais de 30.000 habitantes. É mais conhecida pelo nome de “Castelo” e é a mais visitada pelos turistas. No território deste distrito existem vestígios de povoamentos humanos que datam da Idade da Pedra.
No bairro do Castelo existe também a chamada "Cidadela", uma fortaleza no cimo de uma colina sobranceira à cidade. Dentro do forte existe também um museu dedicado ao bunker construído durante a Segunda Guerra Mundial.
Rózsadomb , Pasarét - Circunscrição II
Localizada ao norte do "Castelo" em um bairro elegante e tranquilo, é conhecida como Rózsadomb , que significa "colina das rosas", nome derivado da presença do dervixe turco Gül Baba que preenchia os espaços verdes com jardins de rosas . Durante o período do comunismo, muitos oficiais importantes mudaram-se para Rózsadomb .
Óbuda - III Circunscrição
Neste local, sempre a norte, foi estabelecido o acampamento romano que deu origem a Aquincum , o núcleo do que hoje é a cidade de Budapeste e, originalmente, a fronteira mais setentrional do Império Romano . Dos anfiteatros , palácios e colunatas típicas da arquitetura do Império Romano, hoje pouco resta e os poucos vestígios salvos dos ataques da história encontram-se quase todos na praça principal, Fö tér , perto das escavações arqueológicas de Aquincum e seu museu .
Újpest - IV Circunscrição
Basílica de Estêvão , no coração de Pest
O distrito de Újpest (New Pest) foi fundado pela comunidade judaica antes de ser anexado a Budapeste. Situa-se na margem esquerda do Danúbio e, segundo os dados do censo de 1990 , tem 115.000 habitantes. Entre os bairros é o mais recente da cidade com a primeira casa construída em 1832 . Em 1940 a área foi declarada vila e entre 1907 e 1929 tornou - se município e depois tornou-se, em 1950 , cidade e foi anexada a Budapeste como capital tornando-se o 4º Distrito.
No bairro está a entrada pela margem esquerda da ponte Megyeri , inaugurada em 2008, que liga Újpest à margem direita do Danúbio.
Belváros , Lipótváros - 5º distrito
Belváros é o verdadeiro centro de Peste, com um estilo barroco que se estende ao longo do rio em frente à colina do castelo. A área que abrange é aquela entre o Kiskörút (Pequeno Percurso) e o Danúbio, existe também o mercado coberto de Vásárcsarnok que pode ser considerado um dos maiores da Europa. Aqui está o verdadeiro centro comercial, econômico e administrativo da cidade e também a área mais elegante de Peste.
Terézváros - VI Distrito
Terézváros, a "Cidade de Teresa", é formada por ruas muito elegantes onde se concentram os escritórios de várias embaixadas e grandes edifícios.
Erzsébetváros - distrito VII
Fachada da Grande Sinagoga de Budapeste , a maior da Europa
O bairro judeu também está incluído no bairro e atrás da Sinagoga , que serve de ponto de referência para os visitantes, o que restou do antigo gueto judeu ainda é visível. É um local sossegado e ainda é possível ver os vestígios das antigas sinagogas, bem como pequenos comércios que mantêm a aparência de muitas décadas atrás. Um dos temas arquitetônicos que se repetem neste bairro são os pequenos pátios e vielas interligadas entre os vários edifícios. Por extensão territorial, é o menor distrito de Budapeste e também o mais densamente povoado.
Józsefváros - VIII distrito
Józsefváros, a "Cidade de José", é um bairro popular, parcialmente reformado, com muitas bibliotecas e universidades.
Ferencváros - IX Distrito
O bairro Ferencváros, "Cidade de Francisco", é um bairro popular onde vivem muitos alemães , e por isso foi apelidado de "Franz Stadt". Todos os fãs de futebol conhecem este bairro pelo time de mesmo nome . É habitada principalmente por trabalhadores e funcionários públicos.
Kőbánya - Distrito X
Aqui existe uma importante área industrial, uma prisão e um cemitério. Nesta área existem muitas minorias étnicas , ciganos , gregos, polacos, arménios, romenos e existe uma elevada densidade populacional, com cerca de 90 000 habitantes. Este território tornou-se parte da cidade de Pest em 1705 e anexado a Budapeste em 1873 .
Újbuda - XI Distrito
Distrito de Kelenvölgy , Kelenföld , Lágymányos , Albertfalva , Gellérthegy , Sashegy , Gazdagrét , Őrmező .
Ele está localizado a oeste do Danúbio e, portanto, faz parte de Buda. É o bairro universitário que mais se destaca como espaço cultural e musical e que concentra em suas ruas grande parte das universidades da cidade. Muitas das atividades deste distrito giram em torno do "Moricz Zsigmond Korter", que é a encruzilhada de muitas linhas de transporte público . As pontes " Szabadsag " e "Lagymanyosi" conectam o distrito com a parte além do Danúbio.
Hegyvidék - Circunscrição XII
O bairro está localizado atrás da colina do castelo; Em particular, ricos húngaros e russos , ucranianos , sérvios e até "homens de negócios" ocidentais residem em vilas cercadas por vegetação.
Angyalföld - Circunscrição XIII
Angyalföld (Campo dos Anjos) está localizado em frente à Ilha Margaret e Újlipótváros, uma parte do bairro foi reconstruída nos anos trinta do século XX . Durante o período socialista, a intelectualidade viveu lá, especialmente a judia.
Zugló - Distrito XIV
Castelo Vajdahunyad, reconstrução do século XIX no "Millennium Park".
Zugló é um bairro que combina belas construções com áreas populares. Há também o zoológico e o Museu de Belas Artes . Aqui estavam os estúdios de cinema húngaros agora ocupados pela televisão.
Até 1935 o território de Zugló foi dividido em três distritos e só em 1935 foi unificado com o nome de Rákosváros e depois assumiu o nome atual em 1950 .
O distrito de Istvánmező é um bairro bastante elegante e verde, tanto que sua rua principal, Stefánia út , é mencionada em algumas canções populares do início dos anos 1900 e há inúmeras embaixadas , incluindo a italiana. Há também o grande parque da cidade de Városliget e o estádio Népstadion (agora renomeado Puskás Ferenc Stadion ) construído em 1954 e que pode acomodar até cerca de 100.000 pessoas (hoje o número de assentos foi reduzido).
Rákospalota , Pestújhely , Újpalota - Distrito XV
O bairro não tem interesses turísticos. Consiste exclusivamente em habitação pública.
Mátyásföld , Sashalom , Cinkota - 16º distrito
À semelhança do anterior, este também é constituído essencialmente por habitações públicas.
Ao contrário de Sashalom e Cinkota, onde predominam cortiços com jardins, no distrito de Màtyàsföld também existem vilas e algumas vilas construídas na viragem dos séculos XIX e XX, outrora consideradas uma residência de campo e hoje, com a enorme extensão da cidade, consideradas habitações suburbanas.
Rákosmente - XVII Circunscrição
Município de Rákoskeresztúr , Rákoscsaba , Rákosliget , Rákoshegy , Rákoskert .
Neste distrito, junto à habitação pública, encontra-se a zona industrial. Antes da queda do Muro de Berlim , ficavam aqui as oficinas da fábrica de transporte (ônibus e trólebus) "Ikarus". Esta fábrica foi construída durante os primeiros anos da República Popular da Hungria e foi uma das mais importantes da época, pois abastecia todas as repúblicas socialistas e muitas outras nações não alinhadas.
Pestszentlőrinc - 18º distrito
Este distrito, que se situa na periferia sudeste da cidade, é composto por um conjunto de antigas fábricas e bairros populares e está dividido em duas partes: "Pestszentlőrinc" e "Pestszentimre". O aeroporto está localizado lá. Geminada com o município italiano de San Nicola la Strada .
Kispest - Distrito XIX
O bairro, afastado do centro, foi projetado por Kós Károly , um importante arquiteto Art Nouveau húngaro. Até 1948 foi um município autônomo.
Pesterzsébet Rainha Elizabeth (Sissi) - Distrito XX
É um bairro muito grande constituído apenas por habitações públicas.
Csepel - XXI Circunscrição
O distrito leva o nome da ilha Csepel e está localizado no meio do Danúbio, entre Buda e Peste. No período comunista, foi uma das áreas siderúrgicas e industriais mais importantes da Hungria. Agora, no lugar dos prédios que abrigavam importantes indústrias, ficam apenas galpões e estruturas em estado de abandono total. A área está agora a estabelecer-se como um local de férias, especialmente para os amantes da pesca e dos desportos náuticos.
Budatétény , Nagytétény , Budafok - Distrito XXII
Este é um subúrbio da cidade. Nele encontra-se o "Parque Museu das Estátuas" que alberga as estátuas e monumentos da era comunista, que se espalharam pela cidade antes de serem brutalmente removidos poucos anos após a queda do sistema socialista.
Soroksár - XXIII Circunscrição
O distrito está localizado em uma área muito grande, sem interesse turístico. Era originalmente uma aldeia alemã.
Panorama de Budapeste

Monumentos e locais de interesse

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: arquiteturas de Budapeste .

«Budapeste é a cidade mais bonita do Danúbio ; uma auto-encenação habilidosa, como Viena , mas com uma substância robusta e vitalidade desconhecida para o rival austríaco. Budapeste dá a sensação física da capital, com a elegância e a grandeza de uma cidade que é protagonista da história. ”

( de "Danubio", Claudio Magris , 1986 )

Parque Memento

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Memento Park .

O parque está localizado dez quilômetros ao sul do centro de Budapeste e reúne estátuas e monumentos da era comunista , incluindo estátuas de Karl Marx , Lenin , Iosif Stalin , Béla Kun , heróis do Exército Vermelho retirados de praças e locais públicos de Budapeste a poucos anos após a queda do sistema socialista.

Museus

Museu Nacional

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Museu Nacional Húngaro .
O "Palácio Real", sede da Galeria Nacional Húngara .

Em 1808, a Dieta criou o Museu Nacional Húngaro, com o objetivo de coletar os achados históricos, arqueológicos e naturais da Hungria e o Museu foi integrado à Biblioteca .

Em 1846 foi construída a nova sede do Museu de Pest e a Biblioteca também foi para lá. Somente em 1949 a Biblioteca foi separada do museu.

Museu de Belas Artes ( Szépművészeti Múzeum )

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Museu de Belas Artes de Budapeste .

É considerado um dos mais ricos museus de arte do mundo e conta com obras de Tiepolo , El Greco , Velázquez , van Dyck , Goya , Leonardo , Rafael , Marco Palmezzano , Dürer , Renoir , Van Gogh , Cézanne e Toulouse-Lautrec .

Museu de Arte Aplicada

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Museu de Arte Aplicada .

O museu ilustra a história do comércio e artesanato e exposições, em um edifício que é um dos exemplos mais significativos do início do século XX , em puro estilo Art Nouveau húngaro, uma riquíssima coleção de móveis , vasos , tapeçarias , objetos de arte floral e secessionista , bem como artefatos das culturas islâmica , hindu e persa .

Museu da Música

Ilustra a tradição musical húngara com uma exposição de instrumentos de diferentes épocas, incluindo os típicos húngaros, acompanhados por pinturas e desenhos da época com temas musicais.

Uma seção é dedicada ao compositor Béla Bartók , com uma coleção de seus escritos e partituras .

Museu Franz Liszt

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Museu Franz Liszt .

Está sediada no apartamento onde o grande compositor viveu entre 1879 e 1886 . Quatro dos cômodos que compõem o apartamento são decorados com instrumentos musicais , móveis e outros objetos. Há também uma sala de concertos menor, onde os alunos do conservatório realizam suas redações.

Museu Judaico

O museu, localizado na Grande Sinagoga , quer relembrar o cotidiano dos judeus húngaros e as perseguições durante a Segunda Guerra Mundial . Fica no local onde nasceu Theodor Herzl , o pai do sionismo e da ideia de um estado judeu .

Museu da Agricultura

Nesta área é considerado o maior museu da Europa.

Museu do Vinho ( Bormúzeum )

Ícone da lupa mgx2.svg O mesmo tópico em detalhes: Casa dos Vinhos Húngaros .

O museu está instalado em uma adega que se estende por 250 m² onde são organizados cursos de vinho, degustações e conferências. A vinícola oferece mais de mil rótulos de 22 regiões vinícolas da Hungria.

Museu do Metrô de Budapeste

A estação Deák Ferenc tér abriga um museu no qual se encontram veículos históricos, fotografias e mapas.

Hospital no Rock Museum e Atomic Bunker

Abaixo do castelo de Buda está o Hospital do Museu da Rocha e o Bunker Atômico .

Outros museus

Universidades e academias

In ambito artistico l'istruzione superiore è offerta dall' Accademia musicale Franz Liszt e dall' Università ungherese delle belle arti .

A Budapest ha sede anche l' Accademia ungherese delle scienze .

Biblioteche e archivi

Musica

Fra le orchestre sinfoniche di Budapest si devono ricordare l'"Orchestra filarmonica di Budapest", l'"Orchestra filarmonica nazionale ungherese", la " Franz Liszt Chamber Orchestra ", l'"Orchestra Sinfonica di Budapest" (appartenente alla Radio ungherese) e la "Budapest Festival Orchestra". Un repertorio particolare, attento alla musica rom , è quello della "Budapest Gypsy Symphony Orchestra".

Architetture religiose

Interno della grande Sinagoga di Budapest

Monumenti e palazzi storici

Piazze e strade

Isola Margherita ( Margit Sziget )

Magnifying glass icon mgx2.svg Lo stesso argomento in dettaglio: Isola Margherita .

È un' isola lunga 2500 metri e larga fino a 500 metri posta in mezzo al Danubio , composta in gran parte da un parco . È affollatissima nei mesi estivi. Tra le attrazioni, la Zenélő Szökőkút (fontana musicale) con getti d'acqua alti fino a 25 metri che funziona in sincronia con l'orologio che batte le ore con la diffusione di pezzi musicali, inoltre di particolare interesse il Zenélő kút (gazebo musicale) e la chiesa dedicata a Janus Pannonius . L'isola, il cui perimetro è spesso utilizzato dai podisti, deve il suo nome alla presenza dei ruderi di una chiesa con annesso convento dove, secondo la tradizione, visse santa Margherita d'Ungheria .

Isole

Possiamo contare sette isole sul Danubio: Isola Shipyard, isola Margherita , isola Csepel , Palotai-sziget (adesso una penisola ), Népsziget, Háros-sziget, e Molnár-sziget.

Le isole più significative:

  • Isola Margherita che consiste principalmente in un parco ed è una zona di svago per turisti e abitanti locali. L'isola si trova tra il ponte Margherita (a sud) e il ponte Árpád (a nord). Nell'isola si trova un club di danza, una piscina , un parco acquatico , un centro di fitness e atletica , una pista per biciclette . Durante il giorno si riempie di gente che fa sport o semplicemente riposa. In estate è frequentata da giovani anche nelle ore notturne.
  • Isola Csepel è la più grande isola del Danubio in Ungheria. E lunga 48 km e larga 6- 8 km e la sua area comprende 257 km² , mentre solo la punta settentrionale è dentro i limiti della città.
  • Hajógyári-sziget è un'isola artificiale situata nel terzo distretto. L'isola ospita numerose attività tra le quali: stazione d'imbarco, moto d'acqua durante il giorno e discoteche durante la notte. Questa è l'isola dove il famoso Sziget Festival ha luogo e che ospita centinaia di spettacoli con circa 400 000 visitatori nella sua ultima edizione. Molti progetti sono in corso per rendere questa isola uno dei più grandi centri di divertimento d'Europa. Si progetta di costruire appartamenti, alberghi , casinò e un porto turistico .
  • Luppa-sziget è la più piccola isola di Budapest, situata nella regione nord.

Terme

Uno dei motivi per cui i Romani colonizzarono la zona a ovest del Danubio e stabilirono qui la loro capitale regionale a Aquincum (ora parte di Óbuda, nel nord di Budapest) è stato per la possibilità di utilizzare e godere delle sorgenti termali . Ancora oggi sono visibili le rovine delle enormi terme costruite in quel periodo. I bagni più moderni sono stati costruiti durante il periodo turco ( 1541 - 1686 ) e alcuni di essi sono ancora in uso oggi. Budapest ha guadagnato la sua reputazione di città delle terme nel 1920 dopo che ha iniziato a sfruttare il potenziale economico legato alle terme.

Oggi i bagni sono per lo più frequentati dalla vecchia generazione con l'eccezione del Magic Bath e Cinetrip , discoteche d'acqua, frequentate da giovani.

La costruzione dei bagni Király è iniziata nel 1565 e la maggior parte della struttura attuale appartiene al periodo turco, in particolare la piscina e la cupola che la ricopre.

I bagni Rudas non solo si trovano in una superba posizione centrale, in una stretta striscia di terra compresa tra la collina Gellért e il Danubio, ma sono anche uno straordinario esempio di architettura risalente al periodo turco. L'elemento centrale è una piscina ottagonale su cui è presente una cupola di 10 m di diametro , sostenuta da otto pilastri.

I bagni Gellért sono stati costruiti nel 1918 , anche se vi erano stati dei bagni turchi precedentemente e nel Medioevo un ospedale. Nel 1927 le terme sono state ampliate per includere la piscina a onde e un bagno effervescente è stato aggiunto nel 1934 . Con la sua impeccabile conservazione dell'interno in stile Art Nouveau , tra cui troviamo mosaici colorati, colonne di marmo, vetrate e statue, è senza dubbio il complesso balneare tra i più belli di Budapest.

I bagni Lukács si trovano a Buda e sono anch'esse di origine turca. Dal 1950 sono state considerate come un centro per intellettuali e artisti.

I bagni Széchenyi sono tra i più grandi complessi termali di tutta l' Europa . Le tre piscine all'aperto sono aperte tutto l'anno, compreso l'inverno. All'interno ci sono altre dodici piscine separate ed è possibile ottenere una serie di trattamenti di benessere.

Sport

Presso il parco cittadino esiste una delle più grandi superfici di ghiaccio artificiale del mondo ed è anche sede del bandy ungherese.

Le squadre di calcio cittadine sono:

Campionato Squadra Fondato Stadio Capienza
Nemzeti Bajnokság I Ferencváros 1899 Groupama Arena 23 700
Honvéd 1909 Bozsik Stadion 9 500
MTK Budapest 1888 Nándor Hidegkuti Stadion 12 700
Újpest 1885 Ferenc Szusza Stadion 9 300
Vasas 1911 Stadion Rudolf Illovszky 9 000
Nemzeti Bajnokság III Csepel 1912 Béketéri Stadion 12 000

La nazionale ungherese gioca nella moderna Puskas Arena , inaugurata nel 2019 nello spazio dove prima sorgeva il vecchio Stadio Ferenc Puskás . Entrambi gli impianti furono dedicati al leggendario calciatore ungherese Puskás .

Budapest è anche sede del Gran Premio d'Ungheria di Formula 1 che si svolge nel circuito automobilistico dell' Hungaroring .

Infrastrutture e trasporti

Trasporti urbani

La città è dotata di una rete ferroviaria metropolitana , di un servizio ferroviario suburbano ( BHÉV ), di una rete tranviaria , oltre che di una rete di autobus, filobus e navette fluviali sul Danubio. Esiste inoltre un treno a cremagliera , la ferrovia dei bambini , una seggiovia ( Libegő ) e una funicolare ( Budavári Sikló ).

Metropolitana

Mappa della metropolitana
Particolare della stazione Batthyány tér

La metropolitana di Budapest è la più antica dell'Europa continentale.

La prima tratta tra Vörösmarty tér - Széchenyi fürdő (oggi linea M1) è stata aperta nel 1896 in concomitanza delle celebrazioni per il millennio dello Stato ungherese. Attualmente è costituita da 4 linee: M1 (gialla), M2 (rossa), M3 (blu), M4 (verde).

  1. Budapest M1 Metro.svg ( 5 km ) aperta nel 1896, è la prima linea metropolitana dell'Europa continentale, è stata estesa nel 1973 al nuovo capolinea di Mexikói út. Questa linea differisce dalle altre a causa della sagoma molto ridotta ( 6 m x 2,75 m ). Nel 1996 le stazioni, di gusto squisitamente liberty , sono state riportate all'antico splendore grazie a interventi di restauro.
  1. Budapest M2 Metro.svg ( 10 km ) corre di direzione est-ovest ed è l'unica linea che si estende nella parte occidentale della città ( Buda ), attraversando il Danubio. Corre in superficie nella tratta tra Pillangó utca e il capolinea orientale Örs vezér tere (interscambio con i treni suburbani HÉV ).
  1. Budapest M3 Metro.svg ( 18 km ) corre da nord a sud nella parte orientale della città, tutta in sotterranea, a parte il capolinea meridionale Kőbánya-Kispest (interscambio con le ferrovie ungheresi MÁV ). La prima tratta è stata aperta nel 1976 ( Deák tér - Nagyvárad tér ) successivamente estesa in entrambe le direzioni. Nel 1990 ha raggiunto il capolinea nord di Újpest-Központ . È previsto che la linea venga prolungata a sud fino all' aeroporto Ferihegy 2 ea nord fino a Középső körút .
Particolare della stazione Móricz Zsigmond tér - M4
  1. Budapest M4 Metro.svg ( 7,5 km ) È stata realizzata (l'apertura di un primo troncone è avvenuta a fine marzo 2014) la nuova linea che va dalla stazione di Keleti a quella di Kelenföld (interscambio con la linea M3 a Kálvin tér e con la linea M2 a Keleti ) per un totale di dieci stazioni. La seconda sezione (con 4 stazioni), tra la stazione orientale e piazza Bosnyák, per una lunghezza di 3 km , sarà invece completata nel 2017.

È in fase di progettazione la linea BKV metro.svg BKV h5 jms.svg tra i capolinea di Varga Jenő tér e Pomázi út , con doppio attraversamento del Danubio e dell' isola Margherita .

Aeroporti

Area partenze Terminal 2

A Budapest vi sono diversi aeroporti, ma solo uno dedicato al traffico civile di linea: l'aeroporto di Ferihegy con tre terminali "1", "2A" e "2B".

Il Terminal "1" del Ferihegy, il più vecchio, era dedicato alle compagnie aeree low-cost e ai voli charter , mentre gli altri voli di linea utilizzano i terminal "2A" e "2B" più moderni. In realtà dal 2012 i terminal utilizzati per il traffico passeggeri sono soltanto il 2A e il 2B. La compagnia aerea di bandiera, la Malév , non è più attiva dal 2012. L'aeroporto è invece diventato uno degli hub di riferimento per la compagnia low cost Wizz Air.

L'aeroporto di Ferihegy è collocato a 16 km a est-sud est dal centro di Budapest. Nel corso del 2007 l'aeroporto ha avuto un traffico di circa 8,6 milioni di passeggeri. L'aeroporto offre collegamenti, oltre che con le principali città d' Europa , anche con Medio Oriente , Asia e Nord America .

Il collegamento tra l'aeroporto di Ferihegy e il centro della città è in particolare assicurato da un pullman navetta, il bus 200E, che raggiunge il capolinea Kőbánya-Kispest della linea 3 della metropolitana con cui si può proseguire. La linea ferroviaria ha una stazione nelle vicinanze del Terminal 1; quest'ultimo però non è attualmente usato per il traffico passeggeri internazionale.

Ferrovie

Keleti pályaudvar , stazione ferroviaria est

La rete ferroviaria nazionale è gestita dalla società MÁV .

Budapest ha tre stazioni ferroviarie principali, tutte collegate con la metropolitana:

  1. Keleti pályaudvar (stazione dell'Est): serve principalmente le linee dirette verso l'Ungheria nord-orientale, occidentale, meridionale e le principali destinazioni internazionali: Vienna , Bratislava (via Komárom ), Varsavia (via Žilina ), Cracovia (via Košice ), Mosca (via Záhony ), Bucarest (via Arad ), Belgrado , Zagabria (via Kaposvár ), Lubiana e Venezia (via Trieste );
  2. Nyugati pályaudvar (stazione dell'Ovest, opera dei fratelli Eiffel ): serve principalmente le linee dirette verso l'Ungheria meridionale e orientale, Oradea e Bratislava (via Vác e Štúrovo );
  3. Déli pályaudvar (stazione del Sud): serve principalmente le linee dirette verso l'Ungheria occidentale e meridionale, Vienna, Graz .

È presente anche un sistema ferroviario suburbano , chiamato HÉV , gestito dalla società di trasporti pubblici di Budapest, BKV . Il sistema è organizzato su quattro linee che collegano Csepel (direzione sud), Ráckeve (estremo sud), Gödöllő (direzione nordest) e Szentendre (direzione nord), con vari punti di Budapest centrale. Per alcune di queste linee è prevista la trasformazione in metropolitana o metropolitana di superficie. Dal 2007 un collegamento ferroviario dedicato collega la stazione Nyugati al terminal 1 dell'aeroporto internazionale di Budapest-Ferihegy .

Amministrazione

Gemellaggi

Panorama sul Danubio con il " Ponte delle Catene " e il Parlamento .
Panorama sul Danubio.

Budapest è gemellata con:

Galleria d'immagini

Note

  1. ^ Luciano Canepari , Budapest , in Il DiPI – Dizionario di pronuncia italiana , Zanichelli, 2009, ISBN 978-88-08-10511-0 .
  2. ^ Top 100 Cities Destination Ranking in 2011 by the Euromonitor , su blog.euromonitor.com , gennaio 2013. URL consultato il 26 aprile 2018 .
  3. ^ Dopo l'emanazione delle leggi di discriminazione razziale, intervennero anche, fin quando fu possibile, associazioni ebraiche come la OMIKE (vd. Pázmány Péter Katolikus Egyetem, 2002 ) nel tentativo di aiutare alcune categorie.
  4. ^ " Budapest ", Holocaust Encyclopedia , United States Holocaust Memorial Museum .
  5. ^ World Gazetteer , su world-gazetteer.com (archiviato dall' url originale il 12 aprile 2013) .
  6. ^ Hungarian census 2011 / Budapest adatai / 1.1.1.1. A népesség számának alakulása, népsűrűség, népszaporodás (Numero totale di abitanti, densità di popolazione, crescita demografica naturale), 1.1.4.2 A népesség nyelvismeret és nemek szerint (popolazione per lingue parlate), 1.1.6.1 A népesség anyanyelv, nemzetiség és nemek szerint (popolazione per lingua madre ed etnicità), 1.1.7.1 A népesség vallás, felekezet és nemek szerint (population by religion), 2.1.2.2 A népesség születési hely, korcsoport és nemek szerint (popolazione per luogo di nascita) (in ungherese)
  7. ^ Soprattutto Serbo-croato
  8. ^ Budapest statisztikai évkönyve 1943 (Annuario statistico di Budapest, 1943), p. 33, Hungarian Central Statistical Office
  9. ^ A Pallas nagy lexikona , su mek.iif.hu .
  10. ^ Censimento ungherese del 2001, statistiche demografiche dettagliate del Budapest
  11. ^ Il gemellaggio tra Firenze e Budapest , in La Nazione Firenze , 17 maggio 2008. URL consultato il 2 marzo 2021 (archiviato dall' url originale il 4 giugno 2016) .
  12. ^ città gemellate con Pechino dal sito ufficiale , su ebeijing.gov.cn . URL consultato il 7 novembre 2010 .
  13. ^ Gemellata con il XVIII distretto

Voci correlate

Altri progetti

Collegamenti esterni

Controllo di autorità VIAF ( EN ) 154759119 · ISNI ( EN ) 0000 0001 1551 6585 · LCCN ( EN ) n79091691 · GND ( DE ) 4008684-7 · BNF ( FR ) cb119334051 (data) · NDL ( EN , JA ) 00629139 · WorldCat Identities ( EN ) lccn-n79091691
Ungheria Portale Ungheria : accedi alle voci di Wikipedia che parlano dell'Ungheria